Cassie responde sobre The Last Hours em seu tumblr

Livros, The Last Hours, The Shadowhunter's Chronicles

Cassie respondeu duas perguntas em seu tumblr sobre The Last Hours, confiram abaixo a tradução!

luluherondale: Olá, Cassie! Eu sou do Brasil e nós te amamos tanto aqui! Seus livros são muito importantes para mim. Bem, eu queria saber … os personagens de TLH, os jovens, eles se conhecem? Eles agem como uma grande família ou apenas … conhecem os nomes de uns aos outros? É um pouco estranho: mal os conheço, mas já os amo. Beijos do Brasil!

Os personagens de The Last Hours são, em geral, extremamente próximos. Alguns são obviamente mais próximos do que outros (Matthew e James são parabatai, e eles também são amigos inseparáveis de Christopher e Thomas, Lucie e Cordelia são BFF) Anna, Alastair e Charles são um pouco mais velhos do que os outros, então às vezes fazem os papéis de irmãos mais velhos com eles; O pequeno Alex tem apenas 3 anos e não sai muito – mas, em geral, eu diria que eles são um grupo unido que cresceram juntos. A única exceção pode ser os Blackthorns, que cresceram em Idris (bem, talvez Jesse não tenha exatamente “crescido”) e são bastante separados dos outros.

fan-of-all-trades: Oi! Eu só quero dizer-lhe o quão grande fã eu sou de seus livros. Tenho certeza que você ouve isso muito, mas você é uma autora incrível, e seus livros e personagens são tão bem escritos e interessantes. Eu só queria perguntar se você já pensou em incluir ou incluirá uma família/personagem Shadowhunter árabe/muçulmano em um de seus livros? Eu sou um muçulmano árabe, e seria bom ver bons muçulmanos árabes na mídia ocidental, considerando todos os estereótipos contra nós. Obrigado por ler esta mensagem.

Obrigado pelas suas palavras gentis!

Em The Last Hours, a mãe de Cordelia e Alastair, Sona é Persa. Seus filhos são miscigenado e nasceram no que era então a Pérsia. (TLH é ambientado em 1903.)

A coisa é, Shadowhunters tem sua própria religião. Eles adoram Raziel e, como tal, não podem ser muçulmanos ou católicos ou pertencer a outras religiões da maneira que os humanos mundanos podem. No entanto, eles vivem espalhados em um mundo que contém muitas crenças diferentes, e pedaços de cultura regional sangram sobre as vidas dos Nephilim. Jem fala freqüentemente de crenças (reencarnação, a Roda da Vida) que são específicas do budismo. Apesar de Cristina rezar pro Anjo Raziel literalmente, há muito sobre suas crenças que é tingida com o catolicismo e ecos da cultura que ela cresceu ao redor. Assim, em essência, Cordelia e sua família absorveram parte da cultura e da religião circundantes, como Jem fez quando cresceu em Xangai. Então você não estará vendo Shadowhunters muçulmanos, mas você verá Shadowhunters cujas vidas são entrelaçadas com Islam e histórias do Alcorão.

Espero que você goste de Cordelia e sua família!

E se você tiver a chance de ler Magisterium, a personagem feminina, Tamara, é uma garota muçulmana iraniana-americana.

FONTE, FONTE