21.08

padrao_jemima

Jemima West, nossa Isabelle Lightwood, anda um pouco sumida. Porém, para compensar essa ausência nas premières e eventos de divulgação de Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos ela concedeu uma entrevista, dividida em três partes, para os sites Fangirlish, TMI Source e Mundie Moms.

A entrevista foi traduzida pelo Lightwoods Brasil, e vocês conferem abaixo.

P: Você teve que chutar seriamente algumas bundas nesse filme. O quanto você se divertiu com toda essa ação e usando esse chicote?

J: Esse foi um trabalho realmente intenso. Foi tudo bem divertido todo o tempo, porque nós éramos um ótimo time trabalhando todos juntos. Mesmo nos momentos difíceis nós demos suporte uns aos outros em todos os momentos do dia. Foi muito intenso. Eu não me preparei como os outros com antecedência, mas foi muito intenso pra todo mundo. Logo que cheguei em Toronto, comecei treinando várias horas por dia e nós todos estávamos juntos nisso. No final do dia, isso era divertido e desafiador, e quando você vê os resultados, eles realmente pagam o esforço, eu acho. Quando pessoas como o Jamie (Campbell Bower) fazem seus próprios arremeços e coisas do tipo, isso é muito mais empolgante/excitante e legal do que ter alguém fazendo isso.

P: Qual foi sua cena preferida de filmar?

J: Pegadinha aqui. Todas foram muito divertidas. Minha favorita – e a mais difícil – foi a cena a do (Hotel) Dumort. E eu gostei das cenas do Instituto. Elas foram algumas das primeiras cenas que filmamos e nós estávamos começando a nos conhecer. Isso foi realmente bem divertido.

P: O que te atraiu mais na Isabelle?

J: Ela ir à luta e proteger os dela – família e amigos. Ela fiel e determinada.

P: Como foi trabalhar com Robbie (Sheehan) e o tipo inusitado de relação futura que virá a acontecer entre Isabelle e Simon?

J: (Risadas) Isso foi bem divertido. Robbie é um ótimo cara. Ele é muito divertido de se trabalhar. Ele é um ótimo ser humano, e ele é um grande ator. Isso foi simplesmente ótimo. Nós nos divertimos muito, mas eu realmente estou ansiosa para trabalhar mais com ele, definitivamente. Grande garoto.

P: Tem alguma cena específica de Cidade das Cinzas que você está mais ansiosa?

J: Tudo em Cidade das Cinzas é incrível. Isso é muito difícil de saber porque são muitas. Mas eu só estou ansiosa para fazer isso de novo, de verdade. Eu tenho que ser honesta. Tudo isso. Todas as lutas, todas as cenas mais íntimas, há muita coisa. Muita coisa vai acontecer e eu estou ansiosa por tudo isso.

P: Você interpreta um dos personagens favoritos dos fãs. Qual foi o momento de fã preferido que você teve?

J: É muito engraçado você me perguntar isso, porque você pode ver que eu vivi em Paris e eu sou loira, então eu não pareço a mesma no filme. Eu não tenho Facebook, não tenho nenhuma rede social. Eu sei que muitas coisas estão acontecendo, mas como eu estou trabalhando nesse momento é muito difícil pra mim me relacionar com toda essa loucura que os outros estão passando. Eu realmente lembro, logo quando começamos o filme, eu sabia e tinha consciência que esses livros eram um verdadeiro sucesso. Mas meio que levei um choque quando eu estava saindo do meu trailer e uma jovem menina veio até mim, me tocou e disse “Você é Isabelle. Você é Isabelle.” Isso foi muito esmagador. Eu quase saí correndo porque eu estava muito intimidada. (risadas) Eu realmente estou animada e eu espero encontrar os fãs logo, porque é muito frustrante pra mim não ser capaz de ver as pessoas que são tão comprometidas com esses livros e animados pelo filme.

P: Qual foi a coisa que fez você realmente passar a admirar o papel da Izzy?

J: Eu tenho dito, atualmente, que eu amo a Izzy porque ela é super comprometida e muito forte, disposta e fiel. Ela faria qualquer coisa por quem ela ama. É algo que eu relato de imeditato. Eu acho ela muito engraçada e isso foi o que tentei mostrar. Eu acho que ela no fundo é muito insegura, mas ela tem que vestir essa armadura de pequena soldada e isso é realmente interessante de se trabalhar.

P: Você tinha um chicote, um lança chamas e você arrasou com aquelas botas. Com o que foi mais divertido atuar: chicote ou lança chamas?

J: O chicote foi bem legal. Eles dois eram igualmente perigosos, mas quando eu estava usando o chicote isso foi feito com efeitos especiais, então isso é um segredo. Eu treinei com um chicote de verdade, é claro, para ver o como realmente era. E depois nessas cenas eu estava fingindo ter um chicote. Isso foi ótimo porque ter todos esses momentos e ter todos esses dublês que eu fingi pegar e arrastar com meu chicote foi realmente muito legal (risadas). E depois o lança chamas foi realmente uma boa diversão. Me amedrontou um pouco, de início. Depois eu comecei a usar ele e foi como “Wow, no segundo que essa coisa liga, eu literalmente estou tacando chamas por metros nessa sala cheia de gente.” Obviamente eles tinham equipamentos de segurança e essas coisas, mas isso dá um pouco de medo. Pra ser honesta com você, eu fiquei emocionada depois de algumas tentativas. Eu realmente fiquei emocionada. (risadas) Mas isso foi difícil, isso foi difícil. A verdadeira tinha em torno de 40 quilos, eu acho, então isso foi algo difícil de carregar.

P: Izzy também arrasa com as roupas e acessórios maravilhosos. Você tem alguma roupa ou acessório favorito que a Izzy usou no filme?

J: Para ser honesta, não, porque eu amei vestir todo aquele couro. As botas foram doloridas, mas elas realmente fazem parte do visual da Isabelle e à isso devemos agradecer ao vestuário da Gersha Phillips que era incrível. Eu também amei o vestido branco, mesmo. Eu amei todo o vestuário. Eles eram todos os diferentes lados da Isabelle, fosse roupa de luta ou de glamour.

P: Nós estamos realmente ansiosas para ver o que você faz com a Izzy em Cidade das Cinzas porque esse é o livro em que ela realmente brilha. Nós estamos ansiosas em ver você chutar algumas bundas nesse filme na telona.

J: Bom, eu realmente estou ansiosa em começar a trabalhar de novo com todos os outros, eu devo dizer. É realmente animador termos uma segunda chance para isso. É super legal.

P: Nós esperamos por várias outras chances!

J: (Risadas) É, eu também! Me fale sobre isso. Isso é muito, muito bom.

P: Você sente muita pressão por que isso tem uma grande base de fãs ou era algo que você realmente não se preocupou?

J: Obviamente você quer agradar os fãs, e os fãs são super envolvidos nos livros e amam os livros demais, e você meio que quer fazer o melhor trabalho possível. Mas como uma atriz eu assinei para o projeto porque eu quero defender o personagem e o filme, e eu quero fazer o melhor que posso. Eu coloquei muita pressão em mim mesma antes de pensar sobre o que estava acontecendo lá fora, e quando o filme for lançado, de fato, eu acho. “Oh, sim, outras pessoas estão indo assistir ele agora. Uh oh.” (risadas) Mas eu tentei não pensar na pressão enquanto filmava porque eu tinha minha própria pressão, mas uma vez que isso já foi filmado, sim, definitivamente, especialmente nesse filme. Eu realmente estou curiosa em ver a reação das pessoas e o que elas pensam disso.

P: Quando você lançou o seu pequeno vídeo falando com os fãs, vários de nós tivemos uma reação esmagadora. Nós estávamos recebendo e-mails e comentários tipo “Oh meu Deus, ela é tão maravilhosa. Ela é tão linda. Ela realmente se importa conosco.” Então as pessoas realmente compreenderam que realmente te amam.

J: Aww.

P: Você tem perdido as Mall Tours. E isso tem sido uma coisa constante para nós, onde fãs ficam tipo “Cadê a Jemima? Cadê a Jemima?”. Então nós dizemos que você está filmando algo.

J: Na verdade, eu comecei a filmar no começo de agosto e eu estou fazendo um filme que é realmente animador para mim e é aqui na França. Isso não tem nada a ver com o mundo dos Caçadores de Sombras (risadas). É um filme de época com Gerard Depardieu… É uma organização. Acontece em um momento entre a década de 1920 e a de 1990. Eu estou no primeiro segmento, de 1920 a 1950. Eu interpreto a filha do Gerard. Eu não sei se você ouviu sobre ele, ele é um grande ator francês e eu sempre sonhei em trabalhar com ele. Eu realmente estou triste em não poder estar nessas premières, mas estou trabalhando. Isso é uma desculpa para tudo isso.

P: Eu só queria saber no que você vai trabalhar em seguida, porque nós estamos realmente animados. Mesmo que seja algo que eu precise assistir com legendas, eu realmente estou animada para ver isso.

J: Na verdade é Francês, mas nós estamos filmando em inglês, então você não vai precisar de legendas.

P: O elenco – vocês todos são muito próximos. Acho que é uma das coisas que a gente encontra quando está fora de cena, mas também, nós vemos você em cena. Qual foi sua memória favorita da gravação?

J: São muitas e muitas memórias. Estávamos sempre juntos e esperando entre as tomadas e passando por dias realmente longos e difíceis. Eu acho que o momento mais louco que passamos foi quando filmamos as cenas do Dumort, porque era apenas ação e foram dias realmente cansativos. Nós estávamos fazendo de tudo e era muito divertido, mas estávamos todos juntos nesse estranho e abandonado hotel fora de Toronto. E nós apenas – eu não sei se algo aconteceu ou se havia algo no ar que estava nos deixando loucos [risadas]. Nós tivemos muitos momentos engraçados. Era uma loucura! Muitos momentos ótimos. Nós éramos uma família mesmo. Eu cheguei e Lily foi tão gentil comigo e tão aberta, assim como Jamie. Senti como nos conhecessemos desde sempre e agradeço a eles por isso. Eles são os principais e abriram os braços para nós. Nós somos realmente gratos a eles.

P: Em relação a interpretar Isabelle, o que achou mais difícil de mostrar em sua personalidade ou o que levou mais tempo em termos de colocar na telona?

J: A ação [risadas]. As lutas eram difíceis porque eu nunca fiz isso antes, mas também um dos aspectos mais animadores. Acho que o mais difícil foi fazer sentir como algo natural e inato; que ela era uma lutadora.

P: Isabelle é uma das favoritas dos fãs e ela também é uma grande inspiração para as leitoras. O que você acha disso e por que você acha que Isabelle significa tanto para as fãs?

J: Ela tem um grande apelo para mim. Sua força, e ela é tão leal e comprometida, e ela está nesse mundo dos homens e ela tem que lutar por ela mesma, lutar pelos outros. E ela vai fazer de tudo. O que eu gosto nela é que ela vai a luta e algumas vezes esquece quem é e o quão sensível é. E é isso o que acontece quando ela se apaixona e o seu lado sensível vem à tona. E é isso o que faz ser engraçado, porque ela é cheia de contradições. Ela quer ser essa Izzy durona, mas no fundo está morrendo por afeição e carinho. Ela é um modelo porque ela luta por quem ela ama.

P: Como Izzy, sua relação com seus irmãos e sua família no geral, é uma grande coisa para ela, e como você disse, algumas vezes ela esquece sobre si e se foca em sua família. Você pegou algo da sua própria personalidade ou de algum papel que interpretou anteriormente, e colocou na Izzy?

J: Me desculpe, eu realmente não entendi. Você quer saber se eu usei algo dos meus outros personagens e coloquei na Isabelle?

P: Sim, na parte do quanto ela ama a sua família.

J: Os outros personagens que interpretei eram um pouco diferentes da Izzy. Eu acho que o amor que ela tem por sua família é o mesmo amor que eu tenho pela minha própria família, como um ser humano, como Jemima. É engraçado, porque eu estava falando sobre isso e me lembrei do quanto Lily é próxima a sua mãe e Clary vai procurar a sua mãe, e eu acho que todos os atores que interpretaram esses personagens são próximos as suas famílias. E esse também é o tipo de vínculo que nós temos como atores e nos ajudou bastante a trazer nossos personagens a vida e criar os laços entre eles.

P: Os fãs constantemente nos enchem de perguntas sobre você e o Robbie.

J: [risadas] desculpa, isso é engraçado.

P: Eles amam! Eles realmente amam você e o Robbie. Eles estão loucos por fotos.

J: Quem não amaria o Robbie? Eu amo o Robbie! Ele é ótimo. Ele é o melhor.

P: Qual foi a sua cena favorita com ele no filme? Apenas em termos de brincadeiras e química.

J: Há várias! Há vários pequenos momentos. Muitas vezes, nós estávamos juntos, correndo pelos corredores, e ele vinha correndo atrás, e ele me fazia rir muito. Mas nós tivemos uma cena engraçada, eu estava com ele andando pelo Instituto, e foi realmente divertido. Há muito mais por vir, o que torna ainda mais animador.

P: Eu percebi que você disse que nunca trabalhou com ação antes, ação como a de Os Instrumentos Mortais. Quando eu assisti o filme, você roubou a cena para mim, e isso foi inacriditável, porque era a primeira vez que estava fazendo algo como isso.

J: Bem, essa foi a minha primeira vez, e foi muito divertido. Nós tivemos um ótimo coordenador de coreografia e equipe. Nós tivemos um treinador de aptidão física. Nós fomos muito duros com nós mesmos. Mas nós fomos muito bem cuidados e ensinados, e estávamos nas melhores mãos possíveis.

P: Nós falamos sobre modelos anteriormente e Isabelle é um ótimo modelo. Ela é perfeita em sua força e lealdade. Há definitivamente poder feminino acontecendo. O que você pode dizer para as garotas mais novas que olham para você e veem você como um exemplo para elas?

J: Eu poderia dizer para não se espelhar em mim. Eu poderia falar para você ser feliz ou ir para onde te faz feliz. Escute você mesmo e permaneça forte. Mantenha-se fiel a você mesmo e pense nisso todos os dias. Faça você feliz todos os dias. Seria estranho se eu tivesse qualquer influencia sobre alguém para dizer isso, mas esse é o meu conselho para mim e eu tento manter isso em mente.

P: Nós temos algumas perguntas feitas por fãs – e nós perguntamos para Lily, Kevin e Jamie. Então eles realmente querem saber, quem foi ou é a primeira celebridade que foi realmente fã?

J: Nossa, é uma pergunta difícil. Antes dos atores, eu realmente queria fazer parte das Spice Girls. Uma vez eu escrevi uma carta enorme para as Spice Girls. E eu ainda adoro elas.

P: Você conhece todas as letras das músicas?

J: Sim! Eu cantava, mas não sei cantar, e isso seria bem estranho. Mas eu amo as Spice Girls.

P: O que mais você procura aprofundar na sua personagem Izzy? Ela realmente arrasa. Nós vemos muita ação, mas o que você está animada para revelar da Izzy para os fãs no âmbito mais pessoal da Izzy?

J: Eu acho que, talvez, sua sensibilidade. Ela vai se abrir para o amor e para novas amizades e também para uma nova irmã. Vai mais fundo em sua relação com os outros e eu estou me aprofundando nisso.

P: Terá uma conta no twitter no futuro?

J: Eu não tenho twitter e eu não sei. Não posso dizer. Não agora. Talvez. É uma pergunta difícil. Eu não tenho certeza do que acho do twitter e facebook ainda. Mas, pode ser. Vamos ver.

P: Minha próxima pergunta é sobre o Robbie. No futuro, terá alguma cena especial? Eles tem muitas cenas do Robbie fazendo vocês racharem de rir?

J: Possivelmente. Bem eu tenho muitas memórias, de qualquer forma. Eu não sei se eles colocaram no filme, mas nós tivemos muitos momentos engraçados. Não apenas o Robbie, para ser honesta, Lily é hilária. Kevin e Jamie são muito engraçados também. Éramos todos nós sem parar, mas sim, o Robbie nunca para. Ele é a pessoa mais engraçada de todas, mas os outros também são muito engraçados.

P: Você falou sobre o seu amor por sua família e como trouxe isso para o filme. Como eles se sentem por você fazer parte de uma franquia aqui nos Estados Unidos?

J: Eu acho que eles estão felizes e orgulhosos. Porque eu acho que eles sentem que estou vivendo meu sonho como uma atriz, que, você sabe, é para ser capaz de interpretar qualquer personagem. Mas se eu fosse fazer qualquer outra coisa, eles ficariam igualmente felizes se soubessem que eu estaria feliz. Meus irmãos estão espalhados pelo mundo e eles veem pôsteres de Os Instrumentos Mortais e ficam “Oooooooh, oohh”. É realmente fofo.

Pergunta: Se você tivesse que vender esse filme para alguém que não sabe nada sobre ele, como você venderia?

Jemima: Eu venderia dizendo para ir e assistir. Ele está cheio de, como posso dizer, cheio de ação. Cheio de ótimas atuações, e quando eu falo ótima atuação, me refiro a Lily e ao Jamie, que tem feito um ótimo trabalho com um monte de coisas diferentes. É um filme realmente animador, com muita ação e bem intenso. Tem tudo o que as pessoas querem ver em um filme. Tem emoção, ação e animação. E também tem comédia. Ótima estética e uma emoção ao extremo, é realmente legal. Como vender para outras pessoas? Porque tem tanta coisa para falar sobre isso?!

P: Lily com botas até as coxas, eu acho que essa foi uma das outras respostas.

J: Essa é uma boa resposta. Lily com botas. Muito fácil. Eu deveria ter pensado nisso.

P: Isabelle tem o melhor senso de estilo e eu sou totalmente obcecada pelas roupas usadas em todo o filme. Como você pode descrever seu próprio estilo?

J: Hm, pra ser honesta, quando eu estava filmando em Toronto eu fui até um Urban Outfitters e comprei algumas leggins de couro, então ela inspirou meu estilo naquele momento. Eu diria que eu sou um pouco mais casual do que ela. Eu uso sapatos baixos e eu amo vestir calças skinny e “thick jumpers” (uma espécie de suéter) e eu estou um pouco mais chata atualmente.

P: Isabelle é obviamente uma personagem muito forte e poderosa. Como você se preparou para saltar para o papel? Você ouviu algum tipo específico de música? Pintar seu cabelo ajudou?

J: É, quer dizer, é como eu disse antes, quando você trabalha em um papel, todas as coisas você faz pessoalmente, como preparar e pensar em seu personagem e depois conhecer todos do time de criação: o cabelereiro, o maquiador e o designer e tudo isso junto te dá uma idéia. E então, de forma repentina você tem seu cabelo pintado de preto, veste couro, usa botas de salto alto e pensa “Estou ótima!”, isso ajuda muito a construir e dar um toque final no personagem e, você sabe, isso realmente inspira o que todo mundo vai trazer para seu personagem e, hm, como eles me inspiraram bem.

P: Quem é seu modelo de atuação? Qual ator você usa pra se inspirar?

J: Hm, existem várias atrizes que eu sou realmente louca, mas eu já disse que Cate Blanchett é definitivamente minha número um, simplesmente porque ela vai de um trabalho para o outro e ela faz personagens completamente diferentes a todo momento, sempre fazendo escolhas verdadeiramente arriscadas e isso é o que admiro nela. E ela é apenas incrivelmente linda, uma atriz talentosa e eu sou muito, muito apaixonada por atores como Daniel Day Lewis também.

P: Mais uma pergunta pra você! Alguém perguntou para Lily em alguma dessas Mall Tours e eu simplesmente amei isso – se você pudesse interpretar mais alguém no filme Os Instrumentos Mortais, quem você gostaria de interpretar?

J: Hmm… *risadas* Quem eu interpretaria? Eu provavelmente interpretaria… Eu não sei, talvez um dos meninos?

P: É, ela escolheu Magnus, então acho que se você quiser escolher um dos meninos…

J: É, Magnus! Magnus é super legal, porque ele veste a cueca e tem uma festa realmente ótimo. E ele é super casual. Talvez eu interpretaria o papel do Robbie, Simon, porque ele vira um vampiro e isso é super legal!

P: É, definitivamente.

J: Existem vários personagens, ou uma das fadas!

P: Isabelle, nos livros, é descrita por como a melhor caçadora de sombras e ela definitivamente prova isso no filme. Você aprendeu alguma coisa da Isabelle para interpretar a personagem?

J: Como lutar. Sério, eu aprendi como isso é cansativo para os Caçadores de Sombras.

P: Além de que, como atriz, percebi que você leva um pouco de você para qualquer coisa que tenha interpretado no passado. Você descobriu algo que não sabia sobre você antes de interpretar esse papel?

J: Eu aprendi como usar um lança chamas, por exemplo. Para ser honesta com você, toda a ação teve realmente influência sobre mim. O aspecto físico do filme foi muito novo e desafiador para mim, e muito animado. Isto é ótimo quando você começa a trabalhar no papel, ter esse monte de coisas novas para aprender e essa foi a grande parte da experiência de Os Instrumentos Mortais para mim.

P: Se você fosse um ser do submundo, ou pudesse escolher entre ser um ser um ser do submundo de qualquer espécie ou uma caçadora de sombras, o que você seria e por quê?

J: Bem, essa é o tipo de pergunta de qual personagem eu interpretaria. Eu gosto do fato do Simon ser um vampiro e ainda poder andar fora de casa, porque ele tem sangue de caçador de sombras. Então, eu seria um vampiro como o Simon ou uma fada. Caçadores de sombras são legais, mas eles têm muitas responsabilidades.

P: Você já leu os livros e viu o filme?

J: Para ser honesta com você, eu estava na metade do quinto livro quando saí do set. Eu tenho planos para terminá-lo e quero terminar antes de retornar para filmar o segundo. Isso é ótimo! Há muita ansiedade e eu mal posso esperar para começar a trabalhar de novo. Eu espero que nós possamos fazer o melhor possível.

P: Vocês eram cobertos por runas e isso é uma grande parte de ser um Caçador de Sombras. Qual é a sua runa favorita e por quê?

J: Eu vou ser um pouco sem graça, mas eu acho que a minha runa favorita é a Poder Angelical, porque é o símbolo de quem eles são. Elas são todas muito legais e todas têm muitos poderes. E eu amo o fato de você poder desenhar sua própria runa e Clary é muito sortuda por poder criar runas e dar elas para todos. Seria bem legal se você pudesse fazer isso. Ohh, eu tenho a visão. Ohh, eu estou invisível. Seria ótimo! Há tantas para escolher a partir disso e é tudo tão incrível, mas eu tenho que dizer que Isabelle é definitivamente a minha favorita. Ela é a única que eu gostaria.

P: Sim, eu também fico com a Isabelle, para ser honesta.

J: Ela é a que mais chuta bundas e ninguém mexe com ela, eu amo isso. (ela ri de novo).

Postado por:
Você pode gostar de ler também
25.03
Em uma nova entrevista para a Teen Vogue, Cassandra Clare falou sobre “Chain of Gold”, o 1º liv...
27.02
O site publishersweekly postou uma matéria que eles fizeram com Cassandra em especial para o lança...
20.03
Durante o evento que aconteceu em Londres da turnê “King and Queen”, com Cassandra Clare e Holl...
23.01
Cassandra Clare deu uma longa entrevista falando sobre o que podemos esperar de seus próximos livro...
17.01
Cassie deu uma entrevista ao Writer's Digest onde ela fala bastante sobre o processo de escrita dela...
27.11
Com o lançamento de "Queen of Air and Darkness" se aproximando, Cassie deu uma entrevista para ...

Deixe seu comentário



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook