Cassie publicou em seu tumblr, em comemoração ao Mês do Orgulho LGBT+, um trecho de “Red Scrolls of Magic”, o primeiro livro da trilogia “The Eldest Curses” em que podemos ver Alec e Isabelle conversando no celular. Confira:

O que foi esse barulho?” Alec perguntou, um tanto alarmado.

Oh, é apenas Jace”, Isabelle disse desdenhosamente. “Tira as mãos, Jace! Ele ligou pra mim.

Não, o som como de mil tampas de lixo caindo do céu.

Oh, Jace estava balançando um grande machado em uma corrente quando você ligou”, Isabelle disse. “Jace! Seu machado está preso na parede. Não se importe com coisas que não são importantes, Alec. Me atualize em coisas que importam. Como está Magnus, e eu não estou falando sobre o bem estar dele?

Alec tossiu.

Quero dizer, como são as habilidades dele, e eu não estou falando sobre magia”, Isabelle explicou.

Eu entendi o que você quer dizer!” disse Alec.

Alec não sabia exatamente como responder Isabelle nesse tópico em particular. Quando ele e Magnus estavam namorando em Nova York, teve várias vezes em que Alec quis levar as coisas adiante, mas ele não tinha certeza de como se sentia. Ele estava assustado pela imensidão do que ele sentia. Eles apenas davam amassos. Magnus nunca pressionou. Então a guerra veio, e depois da guerra Magnus o convidou para umas férias na Europa, e Alec disse sim. Alec presumiu que eles dois tinham entendido que isso significava que Alec estava pronto para ir para qualquer lugar e fazer qualquer coisa com Magnus. Ele estava nervoso, mas ele queria tentar tudo: ter um futuro juntos, indo o mais longe que pudessem, em todos os sentidos da palavra.

Só que Magnus não tentou nada. Magnus sempre era cuidadoso com Alec. Nesse caso, Alec queria que ele fosse menos cuidados, porque Alec não era muito bom com conversas, especialmente conversas estranhas sobre sentimentos – o que eram todas as conversas sobre sentimentos – e ele não sabia como perguntar.
Certamente Magnus queria. Não queria?

Para saber mais sobre “The Eldest Curses“, clique AQUI.

Fonte [x]