Q&A: Matthew Fairchild

Ghosts of the Shadow Market, Livros, The Last Hours, The Shadowhunter's Chronicles

Cassie respondeu várias asks sobre Matthew em seu tumblr, falando dele com Lucie, com Charlotte e mais. Lembrando que tem SPOILERS de “Cast Long Shadows”, então leia por sua conta e risco:

Perguntas e respostas: Matthew

Tantas perguntas sobre o Matthew! Então, muito Matthew, um pouco de Lucie e Will e James

famouslightpersonstatesman: Como é que a fada mentiu e disse que o frasco estava cheio de soro da verdade, quando as fadas não podem mentir?

Se lembre de que as fadas, embora não mintam, adoram enganar e você sempre tem que observar suas palavras com muito cuidado. Jem está muito ciente disso, como quando a fada diz que outra poção vai cegar seus inimigos, e Jem fica tipo “Claro que vai, é areia cor de carvão”, que, sim, vai cegar seus inimigos – por um breve tempo. Da mesma forma que a fada não diz que Matthew É superficial, mas faz Matthew pensar que ele é, a fada não diz “Essa é uma poção da verdade”, ela pergunta “Que necessidade você teria de ter uma poção que faria quem tomar lhe contar toda a verdade?” Matthew pensa nisso como uma poção de verdade, mas não é uma, e ela não disse que era.
Essa fada definitivamente queria fazer um estrago – ela não gosta de Caçadores de Sombras, e Matthew muito descuidadamente se identificou para ela como o filho da Consulesa. Ela sabe tudo sobre ele e aqueles que ele ama.

fernshadow: Após o infeliz incidente em “Cast Long Shadows”, parece que muito das festas/bebidas de Matthew é uma maneira de escapar de sua dor. Mas imagino que essas atividades não necessariamente lhe trariam verdadeiro alívio ou conforto. Matthew tem algum passatempo ou interesse que ele possa procurar para encontrar alguma forma de felicidade ou distração agradável?

Muitas, muitas pessoas não entenderam que beber e festejar não trará felicidade ou alívio. É a queda de um gênio e do artista, o ordinário e o extraordinário. Por que com Matthew seria diferente?

Dito isto, certamente Matthew tem hobbies e interesses. Matthew gosta muito de teatro e de ópera. Ele quer ir morar em Paris, se James vier com ele! Matthew realmente gosta de festejar com os seres do submundo. Ele e Anna fazem isso o tempo todo: ele se diverte com Anna. Ele se dá bem com Catarina Loss. Todos os dias que ele não consegue conhecer Magnus Bane é um dia de decepção, mas a esperança é eterna! Ele ama muito a família e eles trazem conforto, assim como dor. Ele ama James e se apega a James: James é a pessoa que ele mais ama e que ele não machucou. Ele está mais feliz com James, Thomas e Christopher: eles trazem mais conforto e esquecimento. Matthew realmente tem uma ótima vida de muitas formas. Mas agora sempre há aquela sombra fria atrás da luz.

carolfm28: Olá! Como você está? Devo dizer que o GotSM está me deixando tão animada para TLH, eu simplesmente mal posso esperar. O comportamento de Matthew sendo um festeiro selvagem vai ser um problema para Charlotte porque ela é a Consulesa? Os outros personagens perceberão que o comportamento dele mudará depois de “Cast Long Shadows”? Obrigado pelas histórias incríveis! Te amo 🙂

Estou bem e espero que você também esteja. 😉 Estou tão feliz por você estar empolgada com TLH! O comportamento de Matthew vai ser um problema, mas não se manifesta imediatamente como um. Os garotos já eram todos travessos e corriam pelos lugares causando caos, e isso continua: só que agora Matthew está indo mais e mais no limite. A sociedade de 1903 não está equipada para lidar com o que está acontecendo. Diferencie alguém que está festejando porque gosta de um bom tempo de alguém que, até certo ponto, está se automedicando. As pessoas dizem que “meninos serão meninos” e “ele vai se acalmar” e “o que ele precisa é conhecer uma bela Caçadora de Sombras”. Alguns Caçadores de Sombras consideram que Matthew se juntando com os seres do submundo é muito pior do que ele bebendo muito. Charlotte tem que lidar com rumores, mas ela não quer que isso interfira na vida de Matthew, então ela dá a ele muita liberdade. Charlotte e Henry tentam acreditar no melhor dos dois filhos o tempo todo. Charles Buford fica horrorizado com o comportamento de Matthew, mas “APENAS SE COMPORTE, PELO AMOR DO ANJO” vindo da boca de Charles é basicamente um ruído branco para Matthew.

Matthew não está sendo mau ou cruel com ninguém: toda a raiva e o ódio dele são dirigidos a ele mesmo. Seus amigos e familiares querem que Matthew seja feliz, e Matthew continua dizendo que está bem. Às vezes eles acreditam nele. Às vezes eles não têm certeza… mas, mesmo assim, mesmo que ele não esteja bem, eles não podem ajudar Matthew quando eles não sabem o que está acontecendo.

jonginflicted: Eu estou meio que tendo um ataque cardíaco. Eu estou shippando Lucie com MUITAS pessoas e estou me engasgando com todos meus sonhos para esses ships, mesmo que apenas um deles possa ser real no final (ou nenhum também)… o que me leva a Jesse. Jesse não morre em alguma parte de “The Last Hours”? Porque eu estou tentando entender como LH + JB encaixam nisso e não consigo pensar em nada.

Ter muitos ships é um sinal de coração quentinho e boa imaginação. 😉
Todo mundo em “The Last Hours”, assim como Magnus em “Midnight Heir”, pensam que Jesse está morto quando TLH começa. Eles estão certos? Estão errados? Eles estão meio certos, o que é uma possibilidade também preocupante? Não sabemos!

Ao mesmo tempo, nós sabemos que tem algo acontecendo. Nós sabemos que Lucie vê e fala com Jesse Blackthorn. Nós sabemos que Jesse é um mistério, e eu quero que os leitores resolvam junto com Lucie. É divertido escrever Lucie como uma personagem bem diferente do que eu já escrevi antes, e muito diferente das pessoas em torno dela – uma falante, intrépida solucionadora de mistérios. Ela é uma das mentes mais curiosas do mundo das Sombras, junto com Ty Blackthorn.

congratu-freakin-lations: Eu sinto que Matthew é muito paralelo com Will especialmente com todo o “eu não posso ficar perto das pessoas por causa de algo ruim que eu fiz”. Isso foi intencional e é um paralelo que vai ser mais aprofundado?

Um pouco, mesmo que a ficção seja cheia de pessoas que sentem que não podem ficar próximas dos outros por causa de pecados de seu passado. (Lymond, da série Lymond Chronicles de Dorothy Dunnett, culpa a si mesmo pela morte de um parente, mesmo que ela tenha morrido por causa de um prédio desabando quando ele estava em um país diferente).
O que Matthew fez não foi matar um irmão ou irmã que ele conhecia pessoalmente. É bem diferente dele vilmente empurrar Charles das escadas. (“Ha ha ha Charles Buford!” Matthew exclamou com uma risada selvagem. “Agora meu cachorrinho vai sentar em sua cadeira no café da manhã todos os dias!” – não é um trecho real.) Will sentiu que ele não podia chegar perto das pessoas porque pelo que ele sabia, ele estava com uma maldição terrível que mataria todo mundo que amasse ele. Não que Will não se culpasse pela morte da irmã dele, e muitas outras coisas, mas a maldição que era o problema!

Matthew não está amaldiçoado, ele não está afastando as pessoas violentamente: ele quer ficar perto das pessoas que ele ama. Todo o ponto do comportamento de Will foi para fazer as pessoas não gostarem dele. Matthew está desesperado para não ser odiado: ele quer manter o amor das pessoas.

É apenas o segredo que ele não está contando para ninguém, e a culpa secreta que ele sente que acaba criando uma distancia entre ele e aqueles que ele ama. Eles não sabem o que é, mas podem dizer que tem algo diferente. É mais traiçoeiro do que o que acontece com Will. Mas, é claro, pode terminar sendo tão trágico quanto.

Para comprar “Cast Long Shadows”, que já a venda na Amazon por R$ 9,68 e você pode comprar clicando AQUI. Os contos foram publicados pela própria Cassandra e comprando pela Amazon, você pode ler em qualquer dispositivo (celular, notebook, tablet) baixando o aplicativo gratuito do kindle – para baixar, basta vir AQUI. O livro foi comprado pela Galera Record no Brasil, mas ainda não há data de publicação para a versão física e nem a publicação dos e-books em português.

Para comprar o próximo conto “Every Exquisite Thing”, que vai ser lançado dia 12 de junho e está em pré-venda na Amazon por R$ 11,86, é só clicar AQUI.

Para saber tudo sobre “Ghosts of the Shadow Market”, clique AQUI.

Para saber tudo sobre “The Last Hours”, clique AQUI.

Fonte [x]

Assuntos