12.05

padrao_tsa

Um leitor perguntou para a autora Cassandra Clare através de seu Tumblr por que Stephen Herondale não saiu do Ciclo quando notou as verdadeiras intenções de Valentim, e Cassie explicou todos os motivos e medos que Stephen teve antes de ser assassinado. Confiram!

Stephen Herondale era um completo idiota de ponta a ponta? Me pergunto se tem alguma razão específica para a completa estupidez. Ele ainda escreveu para Amatis e escreveu sobre como o plano de Valentim era tão extremo. Por que ele não saiu? Havia alguma razão sensata pra ele ter permanecido no Ciclo? — cl0ckworkprincess

“Razão razoável.” Hmmm. Tenho certeza de que, em vários pontos, Stephen pensou que estava sendo bem sensato. Suas circunstâncias saíram muito de seu controle quando ele percebeu o tamanho da encrenca em que ele havia se metido. Antes de ser assassinado, Stephen reconheceu seus erros, e os lamentou. Eu não caracterizaria seu problema como “completa estupidez.” Faltava-lhe integridade, mas isso é diferente de falta de inteligência.

Olhe as pessoas em volta dele. Ele foi criado por Imogen Herondale. Nós a conhecemos como a Inquisidora, empenhada em vingança depois de uma série de tragédias devastadoras. Mas mesmo antes dessas perdas, é fácil perceber que ela nunca foi um amor. Nós podemos apenas imaginar quais tipos de expectativas ela e o marido dela tinham em Stephen (que se refere aos pais como “sufocantes”). Depois, tem o próprio Valentim: um manipulador nato. Ele tirou vantagem de muitas pessoas, e ele estava especialmente inclinado àqueles que se sentiam como se nunca tivessem pertencido a nenhum lugar antes. A vida difícil de Stephen em casa e a família abusiva de Celine os fizeram alvos. Assim como os sentimentos de Luke de que não pertencia a nenhum lugar. Valentim ganhou a confiança deles e depois tentou destruí-los quando eles não eram mais úteis para ele (e no caso de Stephen e Celine, ele obteve sucesso). Seria Stephen Herondale responsável pelo fato dele ter terminado dessa forma? Sim, porque ele fez escolhas que o levaram a isso. Mas ele estava sendo manipulado. Valentim tinha uma forte influência sobre ele. Stephen não saiu porque ele sentia que ele não tinha outra opção. Ele não tinha outro lugar para ir onde Valentim não o encontrasse. Ele temeu por Celine, e o filho deles, e até mesmo por Amatis. Stephen sabia que, se ele partisse sozinho, Valentim descontaria exatamente nas pessoas com quem ele se importava. Stephen não imaginou que fugir com todos que ele amava fosse uma opção realista, porque não era. Ao mesmo tempo que ele queria escapar, ele não tinha os recursos ou o apoio para tramar algo assim. Valentim era um expert em isolar as suas vítimas.

Como eu disse antes, Stephen era um babaca, e intolerante. Ele não era um ótimo homem. Mas ele não era “burro”. Ele acabou em uma terrível situação da qual ele não conseguira escapar. Seu comportamento não era um exemplo glorioso a se seguir, mas nem todo personagem é um herói. Nem todo personagem pode salvar as pessoas que ama. Nem todo personagem podem se salvar.

(Aguarde para mais Stephen nos “Contos da Academia de Caçadores de Sombras” em “The Evil We Love.” (O Mal Que Amamos em tradução livre)

FONTE

Postado por:
Você pode gostar de ler também
26.06
Cassie enviou uma newsletter nova, onde ela fala sobre a viagem que fez a Paris para pesquisas e tam...
12.05
Cassie anunciou hoje em seu instagram que a loja de produtos literários “Lit Joy” dos Estados U...
02.04
Cassie enviou uma newsletter hoje e vocês precisam ler porque está HILÁRIA. Escrevendo como se fo...
15.12
Conforme falamos anteriormente aqui, Cassie ficou de enviar um PDF repleto de extras Clace, em vári...
04.12
Cassie postou em seu tumblr hoje falando sobre uma coleção com mais de 60 páginas de extras de Cl...
16.10
A Editora Galera Record anunciou a volta do box “Os Instrumentos Mortais” com as novas capas met...

Deixe seu comentário



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook