02.12

Cassie respondeu mais asks em seu tumblr onde ela falou mais sobre dicas de escrita e também falou sobre “Segredos da Mansão Blackthorn”, leia tudo traduzido pela nossa equipe:

gavrielscuppies: Oi, Cassie! Como você decide para quem dará o ponto de vista em cenas onde tem duas pessoas conversando ou algo parecido? É devido a quem tem uma melhor visão em uma certa situação? Ou é sobre quem tem mais segredos, tipo a pessoa mais misteriosa é quem fica sem o ponto de vista?

Muitas vezes você deixará decidida a quantidade de personagens que tem ponto de vista no seu livro — personagens que nós vamos ver os pontos de vista e os que não vamos. Então você escolhe entre os personagens na sua lista de personagens com ponto de vista ativo.

Eu diria que você sempre dá o ponto de vista para o personagem que tem mais em jogo na cena. Quem quer que tenha mais a perder, mais em risco, o investimento emocional maior no que está acontecendo. Dê a cena para ele.

wtf-is-reality: Hey, Cassie. Espero que esteja bem, eu realmente AMO seus livros e todo conteúdo que estamos recebendo agora <3

Eu tenho uma pergunta sobre o consul Alec. Como ele está? Como ele reagiu às cartas de Magnus? Como ele conseguiu sua camisa? Como estão Max e Rafe?

Rá! Alec está bem e eu imagino que a reação dele para as cartas de Magnus foi “isso é a cara de Magnus”. Ele está bem acostumado com Magnus hoje em dia e não ficaria surpreso se uma pequena viagem ficasse longa porque Magnus quis ajudar alguém!

Max e Rafe querem suas próprias camisas havaianas. De patinhos de borracha. Alguém?

mrswilliamherondale: Oi, Cassie! Espero que esteja bem! Eu tenho uma pergunta sobre “Segredos da Mansão Blackthorn”, espero que esteja tudo bem perguntar porque não é sobre escrita/publicação. Eu só queria saber porque Emma e Jules não passam por todos os retratos dos Blackthorns para descobrir quem o fantasma é? Eu mal posso esperar para saber a identidade dele! Aliás, parabéns aos tradutores de ‘Segredos’ 😀 Feliz dezembro!

Está tudo bem, eu ainda tenho algumas perguntas sobre escrita e publicação para responder, mas vou misturar com as coisas de “Segredos”.

Bom, eles não tem todos os retratos de todo Blackthorn que já existiu, e não ajudaria muito se tivessem. Eles tem alguns retratos em Los Angeles, que eu tenho certeza que eles sabem, mas —

1) Eles não tem motivo para pensar que o fantasma é um Blackthorn — eles apenas sabem que o fantasma reage ao nome Blackthorn. O número de Blackthorns que viveram na casa em Chiswick é muito menor do que as gerações de Lightwoods que viveram ali. Decidir que o fantasma é um Blackthorn nesse ponto, iria deixar a atenção deles focada em algo que não parece muito promissor.

2) Se eles passassem por todos os retratos, eu ainda estou tentando entender que bem isso traria! Eles não sabem com o que o fantasma se parece, então o retrato não ajudaria ali. Eles não sabem quando o fantasma viveu, então eles não podem usar isso para diminuir nada. Eles acabariam com um monte de nomes (que eles poderiam ter pego facilmente de uma árvore genealógica dos Blackthorns), mas…

3) Se eles tivessem um monte de nomes, o que eles fariam? Ou seja, não tem nenhuma razão para acreditar que o fantasma vai lembrar de quem ele é de toda forma. Eles poderiam ficar pela casa gritando “Mortimer Blackthorn! Esmerelda Blackthorn! Gustavio Blackthorn!” e esperando o fantasma responder “aqui!”, mas… Mesmo se o nome do fantasma estiver certo, não tem motivo para acreditar que o fantasma reagiria a isso, então eles não saberiam se estão certos.

4) O fantasma está dando a eles direções — tipo “vá a Taverna do Diabo” — então parece que a coisa mais prática a se fazer é seguir essas direções? Mesmo apenas saber que o fantasma conhece a Taverna do Diabo é mais útil do que passar por retratos ou árvores genealógicas quando eles não sabem nem o sobrenome do fantasma. Realmente, as coisas que eles tem feito — como pedir para Ty olhar sobre quem já morou na casa para ver quem poderia assombrar — são perfeitamente sensatas; “Quem tem motivos para estar conectado a Mansão Blackthorn?” é uma melhor pergunta do que “quais são os nomes de todos Blackthorns que já existiram?”

Nós todos gostaríamos que eles resolvessem o mistério mais rápido para sabermos quem é o fantasma, mas mistérios são mais complicados do que parecem. 😉 Não se preocupe, a Taverna do Diabo não é uma pista sem saída. Eles ainda não descobriram o que exatamente eles precisam olhar…

fair-but-wilde-child: Hey, Cassie! Só tenho uma rápida pergunta sobre escrita, especificamente sobre romances. Todo mundo sabe que você escreve algumas das melhores histórias de romance por aí (cofcofWESSAcofcofMALECcofcof), e eu queria saber como você cria todas essas dinâmicas entre os personagens para esses relacionamentos. Quando escrevo meus livros, eu sou bem inconsistente sobre criar casais e então alguns dos meus melhores me surpreendem depois que a história já está desenhada. Você tem um jeito mais metódico de fazer a magia acontecer?

Eu acho que depende muito de que ângulo você se aproxima da história deles. Eu geralmente pego eles tendo um tipo particular de relacionamento ou dinâmica que eu quero escrever, e então a história corre em torno daquela dinâmica. (Com “As Peças Infernais”, era “um triângulo amoroso em que todos se amavam igualmente”, com “Os Artifícios das Trevas” era “amigos se tornando amantes” e com “Sword Catcher” é mais “inimigos se tornando amantes”).

Eu diria também que, saber uma dinâmica, não é o mesmo que saber todos os pequenos detalhes que fariam as pessoas amarem um casal. Com Alec e Magnus, eu comecei querendo mudar o tão-popular-em-todos-os-tempos “homem mágico imortal se apaixona por uma garota humana” para o “homem mágico imortal se apaixona por um cara”. Mas isso não te diz todas as coisas sobre Magnus e Alec que fazem deles quem eles são e que faz o relacionamento deles tão especial. Eu diria que 1) Conheça a dinâmica que você quer e então 2) realmente viva naquela dinâmica por um tempo — pense nas pequenas coisas que seus personagens compartilham, as coisas que eles concordam e que não concordam, o jeito único que cada personagem preenche o outro de um jeito que mais ninguém consegue. 3) Eu não diria que tem um método de fazer isso acontecer, mas eu diria que um exercício rápido é imaginar três situações de alto risco e coloque seus personagens nela. (Jane e Lynette acabaram de descobrir que a melhor amiga delas pode entregar os maiores segredos para o vilão que quer destruir a galáxia. Se elas falarem, elas podem salvar o mundo, mas condenar a amiga delas, se elas não falarem, o universo pode ser destruído. Se uma delas diz ‘mas isso é errado’, elas podem ser mortas pela polícia da galáxia. Elas discordaram do que fazer! Quem pensa o que, e como elas lidam com a situação?) Passe eles por alguns cenários assim para ter uma ideia melhor de como o par funciona junto, e como você quer que eles funcionem, então você pode alterar o que quer alterar.

Também, esta é a única ficção científica que eu vou escrever, e acho que nós podemos ver bem o porquê.

Além de responder essas perguntas em seu tumblr, Cassie também respondeu em seu twitter sobre a pausa que fará entre as postagens de “Segredos da Mansão Blackthorn”:

Corrente de Ferro”, o segundo livro da trilogia “As Últimas Horas” é o último livro dos Caçadores de Sombras lançado aqui no Brasil e vocês podem garantir o seu na Amazon com brindes. Ou então vir aqui no nosso post completo sobre a pré-venda para garantir sua cópia em outra loja.

Toda segunda-feira é lançado um post de uma pequena série chamada de “Os Segredos da Mansão Blackthorn” que você pode ler gratuitamente vindo aqui. Essa página é atualizada conforme os posts são lançados.

Fonte: [01]; [02]; [03]; [04]

Postado por:
Você pode gostar de ler também
25.01
Cassie enviou sua nova newsletter ontem (24/01/2022) e nela Cassie fala sobre a volta de “Segredos...
24.01
Cassandra Clare postou mais uma entrada oficial de “Os segredos da Mansão Blackthorn”, o projet...
28.12
Nós, do Idris, estamos fazendo um Sorteio Solidário para doar para a cidade de Itabuna, que sofreu...
25.12
Cassandra Clare postou mais uma entrada oficial de “Os segredos da Mansão Blackthorn”, o projet...
20.12
Cassandra Clare postou mais uma entrada oficial de “Os segredos da Mansão Blackthorn”, o projet...
18.12
Cassie enviou uma newsletter onde ela fala sobre “Segredos da Mansão Blackthorn” e manda de nov...

Deixe seu comentário



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook