08.12

cassie_padrao

Cassie tirou a noite para responder longamente uma ask que começava com um questionamento sobre a diferença entre Izzy dos livros e a Izzy que veremos no seriado – e terminou com Cassie falando bastante sobre o papel que teve na produção do seriado: nenhum.

Sabemos que um seriado inspirado em livros que tanto amamos é algo que deixa a ansiedade em alta, mas pedimos, mais uma vez, que não questionem Cassie sobre isso, justamente por ela não ter qualquer poder na produção. Agora ela mesma decidiu não falar mais sobre o seriado até ele ir ao ar e encaminhou todas as perguntas para Ed Decter, o showrunner do seriado.

Confiram a tradução de toda a resposta:

Shadowhunters

“Cassie, você disse que Isabelle é quem ela é porque ela cresceu sabendo sobre o caso de Robert (porque Maryse contou pra ela e também disse pra ela para nunca confiar em um homem, especialmente com seu coração) e que Isabelle não seria Isabelle sem saber isso. Mas eu li em algum lugar que no seriado Isabelle não sabe do caso de Robert e é, na verdade, a garotinha do papai. Você acha que vai mudar a forma como ela é retratada? E você acha que irá mudar quem ela é como pessoa no seriado e que ela será diferente da Isabelle do livro (Quero dizer, diferente emocionalmente, mentalmente e de personalidade; ela não sendo retratada como durona)? Porque essa vulnerabilidade de saber, tão nova e ter Maryse lhe dizendo para nunca confiar em um homem é o que fez Simon realmente vê-la e ver porque ela é do jeito como ela é, ou pelo menos é assim que eu vi. É também o que a fazia parecer mais real e menos do tipo ‘fantasia’. – avalonsterling18”

Então, uma vez que o especial “Além das Sombras” foi ao ar, eu fui inundada com esse tipo de perguntas, bem como, naturalmente, as coisas de sempre sobre como eu poderia ter “deixado” “eles” mudarem os livros, etc.
Eu pensei que hora de reiterar o que está no meu site, só porque eu quero que vocês entendam que esta foi a minha posição antes, e a situação antes, que é a mesmo, já nada mudou.

Sim, Isabelle não saber enquanto ela crescia sobre o caso de seu pai muda bastante a Isabelle, e a altera substancialmente da personagem que eu criei. Não apenas na forma como Simon a vê, mas na forma como a personalidade de Isabelle foi moldada e formada: somente crescendo com o conhecimento que ela tem, e não adquirindo mais tarde, criaria Isabelle como nós a conhecemos. Você está certa.

Eu acho que está muito claro para todos, neste ponto, que tem havido muitas mudanças dos livros para a adaptação da TV, e que os personagens são diferentes, como é a história e como se desenrola. Até mesmo a maneira como Isabelle se veste no seriado não é o jeito Isabelle se vestiria ou é vestida nos livros. (Eu tenho um gráfico de cada vez que roupas de Isabelle são mencionadas nos livros. Em grande parte são saias longas, vestidos, jeans e roupas de luta).

Eu não posso falar das alterações que foram feitas para este seriado, a sua extensão ou suas repercussões, porque eu não estava envolvida de jeito nenhum na criação deste seriado. Isso não é porque eu não queria ter qualquer contribuição. Eu me ofereci para me envolver, tentei estar e teria gostado de ter estado, mas infelizmente isso não foi oferecido, e, eventualmente, eu parei de olhar os scripts, porque parecia não haver razão se eu não pudesse comentar de um jeito com significado ou ter efeito de qualquer mudança. (Há uma cena, no piloto, que está lá por causa de uma discussão que tive com McG, e eu suspeito que quando vá ao ar, vocês saberão que a cena é).

Eu tomei a decisão de manter a atitude positiva e esperança pelo melhor do seriado, porque nada poderia vir da minha negatividade. O seriado é o seriado, e nada que eu diga aqui ou em qualquer lugar vai mudar nada disso. Enquanto eu sei algumas coisas sobre o seriado, há muito que eu não sei, e eu não acredito em formar minha opinião sem todo contexto, ou enganar os outros com opiniões que não são baseadas em toda a história.

Mais uma vez sobre o tema de contribuir: é normal e não é incomum para o autor do material de origem que uma adaptação se baseia não ser consultado sobre a adaptação. As exceções obtém mais atenção: “Game of Thrones”, “Outlander”. Mas são exceções. Aqui está uma discussão sobre “O quanto envolvido Thomas Harris está, o autor de “O Silêncio dos Inocentes”, com “Hannibal”. A resposta: “ Nem um pouco envolvido”. E ele é um escritor muito mais famoso e poderoso do que eu sou.

Hollywood é construída com base em hierarquia. No caso de programas de televisão, as decisões são tomadas pelo show runner. Tenho notado uma coisa interessante, e talvez seja porque o seriado ainda não foi ao ar, mas a maioria das perguntas sobre o seriado ainda são dirigida a mim, e a discussão sobre as mudanças dos livros vagamente faz referências “aos escritores”. A pessoa que vocês estão pensando é Ed Decter. Ele é o showrunner.

Pelo que tenho visto, os nomes de showrunners estão centralmente e apaixonadamente conhecidos no tumblr. Todo mundo sabe que Jeff Davis é responsável por “Teen Wolf”. Julie Plec é responsável por “The Vampire Diaries”. Bryan Fuller é responsável por “Hannibal”. Da mesma maneira, Ed Decter é responsável por “Shadowhunters”. (Eu tenho visto as pessoas se referirem a ele como Ben Decter. O nome dele é Ed.)

Então, sim, você está certa sobre Isabelle, mas eu não sei se realmente ajuda algo por mim confirmar que eu concordo. Eu entendo por que você quer saber a minha opinião e se eu compartilho seus medos e preocupações, e é claro que eu tenho minhas próprias preocupações. Mas eu acho que o que falar com sou sobre confirma a ideia errada de que eu tenho algum controle, ou alguma palavra, ou contribui e não o tenho.*

Portanto, com a esperança de redirecionar as pessoas para os reais criadores desse seriado, eu não vou comentar sobre o seriado novamente até depois que vá ao ar. Eu não vou responder perguntas, sejam elas sobre a cor do cabelo dos personagens ou das mudanças na trama ou se o show vai ao ar na Antártida. Eu não posso, porque eu não quero ser a pessoa que fala por um seriado de televisão cuja história eu não tive nenhuma participação – quando você está falando de uma criação artística, você deve estar falando para/sobre o criador, e essa não sou eu.

Eu não quero dizer que eu vou ignorar que o seriado existe; Eu estou sempre feliz em reblogar gifsets, e postar no Instagram quando estou com o elenco ou equipe para que vocês possam ver o que está acontecendo. Mas eu não vou responder questões que envolvam decisões feitas por pessoas que não são eu. Principalmente porque eu estou aqui para falar sobre livros: Eu estou sempre animada para falar com vocês sobre os personagens, e sobre os livros antigos e futuros, e eu estou super ansiosa com “Dama da Meia Noite” e mal posso esperar pra vocês lerem!

Aconteça o que acontecer com o seriado, eu sempre fui primeiro uma escritora, e compartilhar o mundo dos Caçadores de Sombras com todos vocês tem sido um dos grandes prazeres da minha vida. 🙂

*Na verdade, eu tive alguma palavra na escolha dos atores dos personagens principais, e eu gosto bastante dos atores e acredito no compromisso deles com seus papéis. Se a pergunta for: “Por que você pode contribuir na escalação do elenco e não na história?” – Bem, escalação e roteiros são departamentos diferentes.

Ed Decter: @edecter no twitter
Shireen Razack, edição da história: @shireenwhynot no twitter

[ATUALIZAÇÃO]

A Cat, membro do TMI Source, postou em seu twitter uma lista (segundo ela mesma não 100% completa) das descrições das roupas da Izzy em todos os livros de Instrumentos Mortais:

Cidade dos Ossos:

– Capítulo 1: Vestido branco até o chão com mangas de renda seabrindo por seus braços finos. Botas que iam até a coxa (página 15).

– Capítulo 5: Jeans e camiseta azul justa (p. 65).

– Capítulo 11: Saia longa meio prateada e uma blusa de lantejoulas (p. 202).

– Capítulo 18: Um roupão cor-de-rosa (p.315).

– Epílogo: Saia longa vermelha (p. 450).

Cidade das Cinzas:

– Capítulo 5: Jeans e um casaco lilás (p. 98).

– Capítulo 8: Longo vestido preto com botas e um casaco ainda mais longo, de veludo verde macio, cor de musgo (p. 144).

– Capítulo 9: Casaco azul de veludo com capuz com borda de cetim (que ela dá para Clary, p. 178).

– Capítulo 16: Roupa de caça, calças pretas e saia justa com símbolos prateados quase invisíveis. Botas abotoadas até os joelhos (p. 297).

– Capítulo 18: Jaqueta preta justa (p. 355).

Cidade de Vidro:

– Capítulo 1: Isabelle sempre usa vestidos (p.14).

-Capítulo 2: Saia de camadas prateadas. Blusa marfim estilo espartilho que deixava os braços e ombros, marcados com símbolos, à mostra (p. 45).

– Capítulo 14: Uma coberta preta, os cabelos caídos sobre os ombros, descalça, os cabelos despenteados, sem maquiagem (p. 290).

– Epílogo: Lindo vestido dourado de cetim que abraçava seu corpo como pétalas fechadas de uma flor (p. 455).

Cidade dos Anjos Caídos:

– Capítulo 1: Casaco, um vestido curto e justo de veludo, meia arrastão e botas (p. 12).

– Capítulo 1: Cachecol preto de seda (p. 15).

– Capítulo 2: luvas de veludo vermelho brilhante (p. 41).

– Capítulo 8: Vestido prateado curto que parecia cota de malha e botas esmagadoras de demônios (p. 150).

– Capítulo 11: Botas e vestido preto (p. 192).

– Capítulo 14: Longo vestido vermelho com uma abertura na lateral que mostrava boa parte da perna, decotado (p. 251/252).

Cidade das Almas Perdidas:

– Capítulo 1: Calça skinny preta e blusa justa de veludo cinza (p. 18).

– Capítulo 3: Longo vestido de seda verde-garrafa com um casaco bordado preto e prateado por cima (p. 60).

– Capítulo 6: Botas pretas até o joelho, jeans justo e blusa vermelha de seda (p. 110).

– Capítulo 12: Jeans e uma camiseta velha que ela deve ter emprestado de Alec (p. 237).
– Capítulo 18: Casaco roxo (p.348).

– Epílogo: Botas que batiam no meio da coxa, jeans justos e um suéter vermelho que deixava um dos ombros expostos (p. 413).

Cidade do Fogo Celestial:

– Capítulo 8: Jaqueta, blusa regata branca, calças e boy shorts preto (p. 159).

– Capítulo 9: Camiseta larga escura e jeans, os pés pálidos descalços (p. 190).

– Capítulo 24: Botas de cano alto cobrindo a calça jeans (p. 491).

– Epílogo: Vestido prateado de festa, curto, que mostrava suas marcas (p. 501).

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

E então, shadowhunters, o que acham? Gostariam que Cassie estivesse mais envolvida no seriado? Agora já sabem para quem devemos cobrar qualquer coisa relacionada ao seriado.

Lembrando que “Shadowhunters” irá estrear dia 12 de janeiro de 2016 e iremos fazer as legendas dos episódios em parceria com a Thoth Subs.

Fonte 1
Fonte 2

Arquivado nas categorias: Cassandra Clare , Shadowhunters com as tags:
Postado por:
Você pode gostar de ler também
02.04
Cassie enviou uma newsletter hoje e vocês precisam ler porque está HILÁRIA. Escrevendo como se fo...
26.03
Cassie enviou uma newsletter no dia de ontem (25/03) em que ela confirmou que estará na YALLWest de...
16.02
No último domingo, dia 14 de fevereiro, Cassie fez uma live com a Cat, do TMI Source! A live é ót...
13.02
Cassie enviou uma nova newsletter e nela tem uma nova imagem de header, assim como as datas das turn...
06.02
Cassandra Clare editou um post de junho de 2019 falando sobre as datas de publicações de suas futu...
21.01
Cassie fará uma turnê virtual para o lançamento de “Chain of Iron” e a EW divulgou todos os d...

Deixe seu comentário

1 comentário em “[ATUALIZADO] Cassandra Clare comenta sobre as mudanças da história dos livros para o seriado pela última vez”



  1. Claudia Carvalho disse:

    Eu acho incrível como os fãs têm uma péssima tendência a culpar os autores dos livros pelas alterações e contratempos nas adaptações de suas obras. É doentio. Está acontecendo com Lauren Kate, e quase aconteceu com a Cassie. As pessoas acham mesmo que os autores deixariam tranquilamente alguém mudar os personagens e a história que eles criaram como se fossem seus filhos? Não. As pessoas precisam parar com isso.





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook