28.08

padrao_cassie

Hoje a Cassie respondeu uma pergunta sobre uma edição especial em inglês de Cidades dos Ossos na Barnes&Noble, e através da resposta resolveu revelar um snippet de uma cena extra, confira:

“Oi, Cassie. Nesse post (http://cassandraclare.tumblr.com/post/119021125674/cover-questions) você falou de uma edição especial de Cidade dos Ossos com o ponto de vista do Jace. Você tem alguma novidade sobre isso? Ps. Muito obrigada pelo amoroso encontro Sizzy e aquele beijo tão doce em Shadowhunters Academy!”– catreadsbooks

*saudações* Sizzy! Bem, as novas capas dos livros de TMI saem nessa semana e na próxima — espere para ver elas nas livrarias mais próximas de vocês. A edição especial de Cidade dos Ossos é a única nova capa que vai ser capa dura.
Ela só está disponível pela Barnes&Noble. Só se as pessoas decidirem vender pelo Ebay, se não, nunca vai estar disponível em outro lugar.
Todas as novas capas tem mapas de NY (TMI) e Londres (TID) e pequenos extras escritos por mim sobre como comecei a escrever as séries e porque. Apenas a B&N é 1) capa dura 2) um livro que contém a primeira cena de Cidade dos Ossos do ponto de vista do Jace.
É chamada “Acordado”, dessa frase: “Era como se sempre estivesse meio dormindo no que se referia a outras pessoas. E depois a conhecemos, e foi como se ele tivesse acordado.” – Isabelle para Clary em Cidade de Vidro.

Um trecho:

Jace olhou para Alec e Isabelle. Matar um demônio na frente de um mundano, sem ter uma ameaça imediata, era um grande não. Mundanos não deviam saber sobre demônios. Na primeira vez em sua vida, Jace se encontrou perdido. Eles não poderiam deixar a garota com o Eidolon; ele mataria ela. Se eles deixassem o Eidolon sozinho, ele escaparia e mataria outra pessoa. Se eles ficassem e o matassem, seriam expostos.

“Apaga ela,” Alec murmurou. “Apenas… bata na cabeça dela com algo.”

“Apenas vá,” Jace disse para a garota. “Dê o fora daqui se sabe o que é melhor para você.”

Mas ela apenas firmou mais os pés no chão. Ele podia ver o jeito do olhar dela, como pontos de exclamação: Não! Não!

“Eu não vou pra lugar nenhum,” ela disse. “Se eu for, vocês matam ele.”

Jace teve que admitir que aquilo era verdade. “Porque você se importa?” Ele apontou para o demônio com sua faca. “Isso não é uma pessoa, garotinha. Isso pode parecer uma pessoa, falar e sangrar como uma, mas é um monstro.”

“Jace!” os olhos de Isabelle brilharam. Eles eram profundos, escuros e irritados. Isabelle nunca ficava mais irritada do que quando Jace se arriscava ficando em problemas ou em perigo. E ele estava arriscando eles agora. Quebrando a Lei — falando sobre o mundo dos caçadores de sombras com uma mundana — e, o que era pior é que ele estava gostando. Algo sobre essa garota, nessa nuvem de cabelos vermelhos e seus olhos verdes, fazia ele sentir como se tivesse pólvora em suas veias e como se ela fosse o fósforo.

Como se, se ela tocasse nele, ele iria explodir. Mas bem, ele gostava de explosões.

FONTE

Arquivado nas categorias: Cassandra Clare , Cidade dos Ossos , Livros , Os Instrumentos Mortais com as tags:
Postado por:
Você pode gostar de ler também
08.06
Cassie respondeu perguntas em seu tumblr onde ela fala sobre Jem, os tempos entre as sagas e mais. V...
16.05
Cassie respondeu algumas perguntas em seu tumblr onde ela fala sobre personagens de "As Últimas Hor...
06.05
Grandes chuvas atingiram o Estado do Rio grande do Sul e afetaram diretamente centenas de milhares d...
02.05
Cassie postou em seu instagram hoje uma cena em quadrinho de "O Ultimo Rei das Fadas" que mostra Dru...
08.04
Cassie mandou uma newsletter hoje, dia 08/04, falando sobre publicações e editoras. Logo depois el...
06.04
Depois do anúncio sobre a data de lancamento de "The Wicked Powers" ontem (você pode ler clicando ...

Deixe seu comentário





Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook