07.11

padrao_cp2

Há algum tempo em seu tumblr, Cassandra Clare postou comentários juntamente com Holly Black, sobre uma determinada cena de Princesa Mecânica, o terceiro livro da trilogia Peças Infernais, que você pode ver a tradução aqui. Agora pouco, ela voltou a comentar decorrente as perguntas sobre o assunto continuarem. O texto, obviamente, contém spoilers então se você não leu Princesa Mecânica, não continue.

Princesa Mecânica: Perguntas e respostas (spoilers), com a convidada Holly Black.

nineteen-seventysix disse: Ei, Cassie! Seus livros são bombásticos <3 eu só estava me perguntando por que você optou por Will e Tessa terem relações sexuais em “Princesa Mecânica” quando eles fizeram. Foi logo depois deles pensarem que Jem tinha morrido. Eu estava furiosa. Eu tive que parar de ler por alguns dias porque eu estava tão irritada com os dois! Perdi todo o amor e admiração que eu tinha por Tessa. Eu tentei perdoar, mas… mas Jem…
Isso é interessante: eu pensei que eu gostaria de relembrar este post antigo que eu fiz sobre isso, porque ainda me perguntam sobre isso. E eu tive muito tempo para pensar sobre ter escrito dessa maneira – é claro que nós  sempre olhamos para trás em nossos livros e pensamos sobre coisas que teríamos mudado ou feito de forma diferente (embora eu tente não pensar, porque faz você fica louco e mais, leva a lugar nenhum – você não pode desfazer o que está feito).
Não que eu iria desfazer essa cena, nunca. O livro foi em partes envolta disso, eu adorava escrever ela, e eu não acho que a história funciona sem ela.
Mas eu tive pensamentos, porque essas reações, muitas vezes seguem um padrão muito específico, que é: “Eu odeio Tessa agora.” Eu quase nunca obtive qualquer negatividade sobre Will. O que é interessante, porque a “culpabilidade” de Will aqui não é menos do que Tessa e provavelmente mais. Ele é o homem em uma situação e do tempo em que as mulheres mal sabiam nada sobre sexo. Will tem o conhecimento e a experiência, da qual sem ela, provavelmente, eles não poderiam ter tido sexo no final. Tessa não saberia o que fazer. E eles foram claramente tomando sugestões um do outro. Em nenhum momento isso pareceu algo como que Tessa queria, mas Will estava relutante sobre. Na verdade, ele disse que ele teria queimado no inferno por essa chance.
Eu nunca pensei em deixar a cena fora. Eu pensei em fazer Tessa chorar por Jem por horas a mais do que as horas que ela já tinha chorado. Será que as pessoas teriam a perdoado então? Quantas horas isso levaria? Eu deveria ter feito mais claro que ela ia ser estuprada por Mortmain e esta era sua única chance de uma experiência sexual positiva, na medida em que ela sabia, para o resto de sua vida? Caso Jem realmente ter falado, quando viu Tessa depois, “Eu não me importo que você teve relações sexuais com Will porque vocês dois precisavam do conforto, porque ele nunca poderia ter sido eu, porque eu não sou egoísta, e porque sei que as pessoas expressam sua dor e que se você teve relações sexuais com alguém três horas depois de eu morrer ou três anos, na verdade, não faz diferença?”
Exceto que pessoas realmente não falam assim. 🙂 Mas é como ele se sentia.
No final, eu estou contente com a cena do jeito que está, no entanto, (embora eu provavelmente altere algumas palavras aqui e ali), porque eu acho que provocar uma reação de chateação (embora seja raro – Me perguntam muitas vezes porque eu não expando a cena para algo mais longo e R-rated***) isso não é sempre uma coisa ruim. Se as pessoas têm de enfrentar a ideia de que Tessa, que é uma pessoa honrada, honesta, também é uma pessoa sexual e essas coisas não se anulam mutuamente,talvez isto esteja bem. Se as pessoas têm de enfrentar a ideia de que o sexo não é uma coisa imunda que desonra, mas pode ser um ato espiritual, tudo bem também. Se talvez as pessoas têm de enfrentar por que não pode perdoar uma mulher para ter relações sexuais, mas eles podem perdoar um homem, talvez isso não seja ruim.
E eu não acho que alterando a cena alteraria as reações, porque a reação significa para mim assim: “Esta é a primeira vez que eu tive que enfrentar a ideia de que o sexo e a morte estão conectados, e isso faz me desconfortável.”
E isso é incompreensível, porque é desconfortável. É um fato incontestavelmente desconfortável sobre a vida. As pessoas têm um monte de sexo em funerais e durante velórios e quando as pessoas morrem. O sexo é uma reação à morte. Parte do que aquela cena é sobre (e Holly fala sobre isso abaixo) a compreensão de que, sentir uma profunda dor não é realmente ficar por perto e ficar muito muito triste e silencioso. Profunda dor é uma coisa que estimula a ação. Tessa e Will estão preso em uma cela juntos. Eles se amam. Eles estão sendo dilacerados pela dor e, em vez de arrancar sua própria pele, eles fazem sexo.
Porque isso é o que as pessoas fariam. Se isso mata sua admiração e amor por Tessa, então eu acho que ela morreu, mas para mim foi a coisa mais real que ela já fez, juntamente com queimar a mão naquele poker. As pessoas nem sempre são perfeitas; às vezes elas fazem inevitáveis falhas humanas. Se você encontra essas coisas imperdoáveis em personagens, isso faz de difícil amar pessoas reais? Às vezes me pergunto.
Minha editora não é alguém que não mantêm um olhar rígido nas cenas de sexo. Estes são os livros YA, afinal. Eu não acho que eu já escrevi um sexo ou uma cena sexy que não conseguiu vermelho-encerrado, exceto esta. Porque, segundo ela, não era sobre sexo. Tratava-se de luto. E foi o que as pessoas reais fariam. Se você quiser ler sobre pessoas que agem como pessoas ou pessoas que agem perfeitamente o tempo todo é a sua escolha. 🙂 Eu acho que você pode se sentir mal por Jem (que não está machucado e não me sinto mal por ele mesmo), se quiser, mas como diz Holly abaixo “Eu não acho que exista nenhuma outra coisa que a Tessa poderia ter feito que me mostrasse exatamente o quanto ela amava o Jem do que dormir com o Will. “.

Ela encerrou reblogando outra ask respondida previamente sobre o mesmo assunto, a qual vocês podem encontrar completamente traduzida por nossa equipe no começo desse post.

***R-rated: proibido para menores.

Fonte.

Arquivado nas categorias: Cassandra Clare , Princesa Mecânica com as tags:
Postado por:
Você pode gostar de ler também
16.06
A newsletter do mês de Junho de Cassie chegou com fotos, ainda com bastante informações e nós j...
01.06
Como já informado, Cassandra Clare esteve presente na BookCon 2019, o maior evento literário dos E...
29.03
Mais um ano, mais uma BookCon, mais uma participação de Cassandra Clare no já conhecido evento! O...
20.03
Durante o evento que aconteceu em Londres da turnê “King and Queen”, com Cassandra Clare e Holl...
28.02
Cassandra Clare e Holly Black estão fazendo uma turnê na Europa, chamada de “The King and Queen ...
28.02
A newsletter de Cassandra Clare do mês de Fevereiro chegou e temos informações sobre todos os 3 l...

Deixe seu comentário



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook