04.11

padrao_tmi1
Com a notícia de que a série Os Instrumentos Mortais terá uma sobrevida na TV, o site TMI Source  e o Fangirlish resolveram listar cinco razões do porque a adaptação dos livros de Cassandra Clare se sairá melhor na TV! Confiram:

Toda terça-feira, TMI Source e Fangirlish estão trazendo o TMI TV Tuesdays, onde discutimos diferentes aspectos relacionados com a próxima adaptação televisiva de Os Instrumentos Mortais.

Se não conseguir na primeira, tente de novo. Essa é a mentalidade de que Constantin tem em relação a reviver Os Instrumentos Mortais como uma série de televisão. Enquanto a série falhou como uma franquia de filme, há renovada esperança no que diz respeito a ele acendendo à tela pequena. E, francamente, isso é uma coisa boa.

Embora tenha havia várias franquias de filmes YA de sucesso, incluindo Jogos Vorazes, Divergente e Crepúsculo, tem havido mais do que o dobro de falhas, Os Instrumentos Mortais incluído. Mas às vezes um filme de duas horas e meia não funciona quando adapta um livro de 500 páginas repleto de construção de mundo e desenvolvimento de caráter. mas o importante é que Os Instrumentos Mortais pode ter encontrado vida nova no mundo da televisão.

Aqui estão cinco razões por que acreditamos que os Instrumentos Mortais vai funcionar melhor como um programa de televisão.

1. Mais tempo para a construção do mundo
Um dos problemas com Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos foi a falta de construção de mundo para aqueles não familiarizados com o material. Mas mesmo assim, os fãs estavam ainda muito ansiosos para ver o mundo a vir à vida através de um meio diferente. Não é que eles tentaram, mas não houve tempo para fazê-lo de uma forma que o material de origem era devido. É um dos desafios enfrentados com adaptação não só um livro de 500 páginas em uma duas e meia hora filme, mas com tanta história rica que pode se perder na confusão. Com um programa de televisão está dado no mínimas 13 horas ou no máximo 23 horas por temporada. Existe tanto tempo à disposição do showrunner Ed Decter quanto ele precisa para elaborar uma forma de introduzir este mundo e completá-lo através dos olhos da nossa heroína Clary Fray.

2. Concretizar os personagens
Uma das coisas que eu amo tanto sobre a televisão é a quantidade de tempo que você tem para se dedicar a seus personagens. É a mesma coisa que se aplica em livros e é por isso que a série tem um grande impacto em seu leitor ou espectador. Quando bem feito, é como se estivesse sendo tratado como um curta-metragem de uma hora a cada semana e você começa a conhecer os personagens em um nível muito mais profundo do que você jamais chega no filme. Não só vamos começar a mergulhar a fundo com o nosso principal elenco de personagens, mas os personagens secundários que nós aprendemos a amar terão a sua chance de brilhar. E lembre-se de como eles cortaram Raphael no filme? Isso não precisa ser um problema na série, onde Decter pode ter um episódio inteiro, não só para concretizar seu personagem no presente, mas, assim como no passado. Ele também fornece uma oportunidade para explorar não vistas — bem, neste caso não lidas — histórias envolvendo os personagens. Os personagens são o coração e a alma dos livros da Cassie e para a série realmente brilhar, eles vão ter que ser o coração e a alma da série, também.

3. Contar a história direito

Quando você trabalha sozinho com a elaboração de um filme baseado em um livro de 500 páginas, é óbvio que algumas partes da história serão deixadas de lado. E essa afirmação foi bem presente em Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos, que contou com condensações extremas ou uma eliminação completa de cenas em sua adaptação para o cinema. Enquanto não há nenhuma promessa de que tudo o que acontece nos livros vai acontecer na série, terá muito mais tempo para concretizar certas partes da história e realmente ter tempo para contar a história da forma correta. Não há necessidade de apressar ou ignorar completamente certas cenas devido a restrições de tempo. E, ao contrário de um filme onde você não pode desfazer um erro, se algo não está funcionando na série você pode corrigi-lo nos próximos episódios.

4. Trabalhar mais com o material de origem

Nos filmes você tem muito para se trabalhar e pouco tempo para fazê-lo. Com a televisão, haverá mais tempo para utilizar completamente o material de origem de toda a série e não apenas de Cidade dos Ossos. Nas entrevistas já indicaram que eles vão começar com Cidade dos Ossos e então lentamente se aprofundar nos outros cinco livros. Há tanta história para trabalhar apenas com Cidade dos Ossos  e você tem, no máximo, 22 horas para trabalhar e contar um arco inteiro em uma temporada. Além disso, como a Constantin detém os direitos de todas as obras de Cassie, quem pode nos dizer que não haveria flashbacks insinuando os acontecimentos de As Peças Infernais ao longo da série? As possibilidades são infinitas quando você tem tanto tempo e história para trabalhar.

5. Menos pressão para ter sucesso

O fator de  tudo ou nada para os aspirantes a franquias no cinema – sendo Jovem Adulto ou não – é o dinheiro. Esse é o objetivo para os estúdios de grande orçamento. É o mais importante. E você normalmente tem uma chance com o fim de semana de abertura. Agora, com a televisão, é mais sobre os espectadores do que o dinheiro. Os telespectadores ditam os anunciantes e os custos de publicidade. Mas você vê, os dois estão destinados a fazer dinheiro – é o que faz este mundo girar – mas não é sobre o dinheiro dos telespectadores (na maioria dos casos), e sim sobre o dinheiro dos anunciantes. Quanto eles vão pagar por um anúncio que passará durante o intervalo de uma série popular? Mas não vamos confundir isso, a pressão ainda é um fator determinante. Só não é tão intensa quanto bater o fim de semana de abertura com $ 60 milhões. E ao contrário de filmes que você recebe mais de uma chance para o sucesso. Com os filmes ou você arrasa no fim de semana de abertura ou fracassa. Para a televisão é a audiência semanal ou o fracasso, mas às vezes o sucesso da série nas mídias sociais é  o suficiente eles lhe dão outra temporada.

E então Shadowhunters, empolgados com os nossos Caçadores de Sombras Melhores em Preto na TV?!

 

FONTE

Postado por:
Você pode gostar de ler também
10.11
Cassandra Clare postou agora há pouco, em seu tumblr, uma ordem de publicação de seus próximos l...
10.11
Em novas respostas em seu tumblr agora à tarde, Cassandra Clare falou sobre os personagens dos “A...
05.11
O Goodreads, a maior rede social literária do mundo, promove uma votação anualmente para premiar ...
28.10
Cassie respondeu algumas asks em seu tumblr onde ela falou sobre George Lovelace, sobre algumas cois...
20.10
Na sexta-feira dia 18 de outubro, em seu instagram, a Galera Record abriu para perguntas. Claro que ...
22.09
Cassie enviou uma nova newsletter e nela nós vemos mais sobre a Graphic Novel de “Os Instrumentos...

Deixe seu comentário

3 comentários em “Cinco razões do porque “Os Instrumentos Mortais” será melhor como série de TV”



  1. Gabriel Apolonio disse:

    Tomara que a serie faça sucesso.

  2. Re Campos disse:

    Tomara que sigam o livro, porque serio, o livro é perfeito, cada detalhe que a cassandra colocou faz os leitores irem para outro mundo, o mundo dos caçadores de sombras, os personagens são a peça chave, e espero que encontrem de acordo com o livro, porque no filme serio, o Jace que eu imaginei e que foi pronunciado no livro.. pelo amor, sem comentarios, simplesmente ridiculo ! parece que pularam a parte que falaram as caracteristicas dele, e colocaram um ator aleatorio só porque é loiro ! estou muito anciosa.

  3. NaBoa disse:

    Gente, realmente, já comentei isso, mas vou comentar de novo. Adorei os filmes, e não queria que eles deixassem de lado para fazer a serie. Claro que poderia acontecer melhorias em alguns personagens , como Jace por exemplo, porem eu adorei o elenco e queria que eles mantivessem assim.





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook