07.08

padrao_TDA

Em época de estreia de seu primeiro filme, e de tensão pelo ultimo livro, ambos da série Os Instrumentos Mortais; Cassandra Clare postou em seu tumblr algo que nos deixou muito tensos.

A imagem postada é uma belíssima ilustração feita por Julian Peters para o poema “Annabel Lee“,  o ultimo poema completo escrito por Edgar Allan Poe.

O que nos deixou assustados é o que vem depois do poema, Cassandra diz:

“This poem is part of the basis for The Dark Artifices.”

Este poema é parte da base para The Dark Artifices.”

Sendo assim…. o que podemos esperar para a série Pós Instrumentos Mortais? Veja abaixo o poema e sua tradução:

  e1 e2 e3

e4 e5 e6

ANNABELLE LEE

It was many and many a year ago,
In a kingdom by the sea,
That a maiden there lived whom you may know
By the name of Annabel Lee;
And this maiden she lived with no other thought
Than to love and be loved by me.

I was a child and she was a child,
In this kingdom by the sea;
But we loved with a love that was more than love –
I and my Annabel Lee;
With a love that the winged seraphs of heaven
Coveted her and me.
And this was the reason that, long ago,
In this kingdom by the sea,
A wind blew out of a cloud, chilling
My beautiful Annabel Lee;
So that her highborn kinsman came
And bore her away from me,
To shut her up in a sepulcher
In this kingdom by the sea.
The angels, not half so happy in heaven,
Went envying her and me
Yes! that was the reason
(as all men know, In this kingdom by the sea)
That the wind came out of the cloud by night,
Chilling and killing my Annabel Lee.

But our love was stronger by far than the love
Of those who were older than we
Of many far wiser than we
And neither the angels in heaven above,
Nor the demons down under the sea,
Can ever dissever my soul from the soul
Of the beautiful Annabel Lee.
For the moon never beams without bringing me dreams
Of the beautiful Annabel Lee;
And the stars never rise but I feel the bright eyes
Of the beautiful Annabel Lee;
And so, all the night-tide, I lie down by the side
Of my darling, my darling, my life and my bride,
In the sepulcher there by the sea,
In her tomb by the sounding sea.

Versão em Português

Há muitos, muitos anos, existia
num reino à beira-mar
uma virgem, que bem se poderia
Annabel Lee se chamar.

Amava-me, e seu sonho consistia
em ter-me para a amar.
Eu era criança, ela era uma criança
no reino à beira-mar;

mas nosso amor chegava, ó Annabel Lee
o amor a ultrapassar,
o amor que os próprios serafins celestes
vieram a invejar.

Foi por isso que há muitos, muitos anos,
no reino à beira-mar,
de uma nuvem soprou um vento e veio
Annabel Lee gelar.

E seus nobres parentes se apressaram
em de mim a afastar,
para encerrá-la numa sepultura,
no reino à beira-mar.

Os anjos, que não eram tão felizes,
nos vieram a invejar.
Sim! Foi por isso (como todos sabem
no reino à beira-mar)
que um vento veio, à noite, de uma nuvem
Annabel Lee matar.

Mas nosso amor, o amor dos mais idosos,
de mais firme pensar, podia ultrapassar.

E nem anjos que vieram nas alturas,
nem demônios do mar,
jamais minha alma da de Annabel Lee
poderão separar.

Pois, quando surge a lua, há um sonho que flutua,
de Annabel Lee, no luar;
e, quando se ergue a estrela, o seu fulgor revela
de Annabel Lee o olhar;

assim, a noite inteira, eu passo junto a ela,
a minha vida, aquela que amo, a companheira,
na tumba à beira-mar,
junto ao clamor do mar.

Fonte

 

Arquivado nas categorias: Cassandra Clare , The Dark Artifices com as tags:
Postado por:
Você pode gostar de ler também
30.06
Algum tempo atrás, Cassie abriu uma caixinha de perguntas em seu Instagram. Avisamos no twitter (ve...
26.06
Cassie enviou uma newsletter nova, onde ela fala sobre a viagem que fez a Paris para pesquisas e tam...
05.05
Algumas semanas atrás, Cassie abriu uma caixinha de pergunta em seu Instagram @CassieClare1 e agora...
16.04
Cassie enviou a newsletter especial de “Sword Catcher”, cheia de novidades sobre o livro adulto ...
03.04
Cassie enviou uma newsletter bem pequena e sem muitas novidades, só pra falar sobre o atraso da new...
02.04
Enfim começou a pré-venda do Box da trilogia “Os Artifícios das Trevas” que foi anunciado ano...

Deixe seu comentário

4 comentários em “Cassandra Clare mostra informação sobre a base para The Dark Artifices”



  1. Arthur Herrera disse:

    Que lindo 🙂 SERÁ QUE A EMMA MORRE JÁ NO FIM DE LADY MIDNIGHT (1ºLIVRO)??? SERIA MT LEGAL, PQ A CASSIE NUNCA FEZ A PRINCIPAL MORRER 😀

    1. Virna disse:

      só que não. Não sei da onde veio essa coisa de que matar a personagem principal é algo legal ou bom. Não, né.

      1. Rafaela Lopes disse:

        concordo Virna, fala sério pra que matar a Emma, ela já deve sofrer demais…

  2. Philipe Daluz disse:

    Acho que não se trata da morte da Emma, mas do desenvolvimento da história. Se querem saber minha opinião, o poema sobre a Annabel deve se referir ao vilão de Lady Midnight. Imagino que talvez seja sobre alguém que viveu um amor proibido, tipo um Caçador de Sombras e sua parabatai, dai ela morreu e ele decide se vingar matando fadas e outros Caçadores de sombras. Em TMI e TID nenhum dos vilões foi um integrante do Submundo (Mortmain era um mundano e Valentin e Sebastian eram Caçadores de sombras). Pelo menos não ainda. Também acho que talvez possa estar se referindo à Rainha Seelie e Sebastian, mas não acho que ela esteja matando fadas :/





Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook