20.02

cohf-spoilers
Para quem não conhece, Holly Black é a autora de “Gata Branca” e amiga pessoal de Cassandra Clare. Sarah Rees Brennan é a autora de “Unspoken”, ainda inédito no Brasil, que além de escrever junto com Cassie alguns contos de “As Crônicas de Bane”, é uma de suas amigas pessoais também.

Alguns dias atrás, Holly recebeu no tumblr uma pergunta sobre o final de “City of Heavenly Fire” (“Cidade do Fogo Celestial”, em tradução livre), o último livro de “Os Instrumentos Mortais”, o que levou a várias perguntas sobre isso, culminando com Sarah também responder a uma pergunta sobre o assunto.

Avisamos que há spoilers à frente, então se você não deseja ficar mais ansioso anda pela chegada do livro, melhor aprar por aqui.

Lembrando que “City of Heavenly Fire” (“Cidade do Fogo Celestial”, em tradução livre) será publicado em março de 2014 nos países de língua inglesa, ainda sem data de previsão no brasil.

A primeira pergunta de todas foi para Holly Black, no dia 18 de fevereiro.

Q: Você sabe o final CoHF (City of Heavenly Fire – Cidade do Fogo Celestial, em tradução livre)?

Claro que sei!

Eu sei como “Unbroken” (terceiro e último livro de “Lynburn Legacy”, saga de Sarah Reees Brennna) termina também. E eu acho que sei como “The Dark Artifices” ( “Os Artifícios das Trevas” em tradução livre) termina, embora tenha que admitir, é muito cedo e eu imagino que muita coisa vai mudar. Ambas Cassie e Sarah sabe como meu novo livro de fadas acaba, mesmo que ele não tem sequer um título ainda.

Como escritores, nós mostramos coisas umas as outras. Perguntamos: isso é bom? isso faz sentido? eu fui longe demais? Eu não fui longe o suficiente? Isso partiu seu coração? você vai ler de novo e eu o fiz melhor dessa vez? Quebrar seu coração dessa vez? Você já os ama? Você os ama o suficiente? eu posso fazer você os ama mais? isso é bom? poderia ser melhor? É ótimo ainda?

Não há maneira de responder sem saber que o fim.

Então hoje de madrugada, veio esse post, também de Holly Black, em seu tumblr:

Então, desde ontem, muitos Caçadores de Sombras parecem jogando em minhas costas muitas perguntas. Vou tentar responder a algumas delas em um post de respostas rápidas.

P: Olá, Holly! Eu sou outra nephilim que quer lhe fazer uma pergunta, esperando ter uma resposta. Bem, você disse que sabe como “Os Instrumentos Mortais” e “The Dark Artifices” (“Os Artifícios das Trevas” em tradução livre) terminam. Você sabe o fim de “As peças Infernais”? E eu adoraria ler a sua opinião (sem spoilers, obviamente)

Sim, eu também sei como termina “As `Peças Infernais” (e vocês também saberão, muito em breve). Tenho muitas vezes me referido a série como tendo o “Kobayashi Maru” dos triângulos amorosos e eu acho que o final é perfeito para a história, mas não há nada mais que eu possa realmente dizer sem spoilers.
* Kobayashi Maru: é um teste de Star Trek, aonde não há como se vencer, ou seja, não há nenhum vencedor nesse triângulo.

Q: Eu tenho visto recentemente fãs perguntando pra você e Cassandra Clare a questão do “Você sabe como _____ termina?”. Como uma escritora novata, eu tenho perguntar isto: É ruim eu realmente não saber como a minha história vai terminar antes de eu a termine? É assim que eu tenho escrito (na verdade é fan fiction, mas mesmo minha história original é assim)

Quando eu comecei “Tithe”, eu não sabia como o livro terminaria. Porque eu não sabia como terminaria, eu também não sabia o que aconteceria no meio. Porque eu não sabia o que aconteceria no meio, passei anos escrevendo e reescrevendo o início. E assim, uma vez que eu havia terminado, eu jurei que nunca iria começar um livro sem ter um final em mente.
Então eu sempre tenho um plano de como um livro vai acabar, mesmo que o plano não venha a ser o caminho certo. E isso não me incomoda em nada – eu só quero a segurança de ter um final possível.

Mas tenho amigos que acham que idéia de ter um final desde o começo é realmente sufocante. Eles querem ir na viagem de descoberta enquanto eles escrevem e parte de entrar nessa jornada, para eles, é não ter limitações, sem protetores, sem barreiras.

E eu tenho outros amigos que sabem o final desde o começo e quando chegam no final, tudo funciona perfeitamente. Eles não mudam as coisas ao longo do caminho ou reavaliam, do jeito que eu faço. Eles têm um plano e ficam com o plano.

Enquanto o processo está funcionando para você, então é exatamente o que você deve fazer e exatamente como você deveria estar fazendo. Não se preocupe se é diferente da forma como outros escritores fazem as coisas. Todo mundo é diferente.

P: Os livros de Cassandra Clare te inspiraram a escrever o seu novo livro sobre fadas?

Não, eu tenho medo que eu esteja escrevendo sobre fadas há muito tempo.

Q: Então, quantas pessoas morrem em CoHF (City of Heavenly Fire – Cidade do Fogo Celestial, em tradução livre)? Eu estou com tantoooooo medo!

Milhares. Tá vendo, isso realmente não ajudou saber…

Q: Não me admira que você e Cassie Clare são amigas. Você duas absolutamente adoram torturar a gente, seus fãs, não é?

Sim, mas não da maneira que você quer dizer.
Nós gostamos que se vocês se preocupem com nossos personagens (e os personagens uma da outra). Às vezes é solitário ser um escritor, porque você conhece um monte de pessoas que não são reais e, portanto, não podem ir a jantares e conhecer o resto de seus amigos. E nós nos preocupamos com nossos personagens. Nós preocupamos sobre eles e nós os machucamos, nós os redimimos e os condenamos, nós os recompensamos por delitos e os punimos por atos heróicos. Nós pensamos sobre eles em nossos momentos de ócio. Ocasionalmente, nós pensamos sobre eles quando deveríamos estar fazendo outra coisa e somos repreendidos por isso. Eles são uma grande parte de nossas vidas e muitas vezes uma parte secreta também.

Então, quando você está curioso ou angustiado ou com medo ou sem fôlego com antecipação, nisso nos faz feliz, porque não estamos sendo cruéis e queremos beber um rio de lágrimas dos leitores, mas porque significa que vocês se preocupam com essas pessoas que nós tanto nos importamos e vocês querem saber o que acontece a seguir com eles.

Não há realmente nenhum elogio maior e não há maior prazer para um escritor.

E para terminar, depois Sarah Rees Brennan respondeu essa pergunta, também em seu tumblr:

P: Ok, me diga uma coisa: você sabe o fim de CoFH, quantos personagens irão morrer? E vai haver alguma perda importante? Beijos, Eu te amo Sarah (:

Enfim, uma pergunta sobre a Cassie! (É, eu não sei, Holly recebe um monte e eu estava tipo, todas as minhas perguntas são sobre a estupida eu! Então Holly me bateu na cabeça com um cálice. Mas eu imaginei que seria mais fácil escrever uma coisa para outra pessoa, então eu não teria que ser toda “Naturalmente você está interessado no meu fabuloso eu! “)

Ahem. Você veio a PESSOA CERTA. Eu sei TUDO. (É verdade que Holly também sabe, mas eu sou obviamente menos confiável do que Holly.)

a) Milhares.

b) Sim. Entre a matança, só parecia justo. Um em particular eu especialmente fiz campanha pela sua morte. Eu queria sangue e eu consegui. Eu devo Cassie uma morte.

UPDATE: Sarah respondeu a outra pergunta sobre o que se deve passar em TID, e agora sobre algumas mortes.

P: Outra pergunta sobre Cassie Clare… qual final você acha que será mais doloroso para os fans, TMI ou TID? 

Eu diria TID … mas só para mim.

A dor é subjetiva, como na vida.

Se uma tragédia acontece com alguém, era alguém que você gostava? Era alguém que você amava? Era alguém que você não gostava, então você fica tipo, ‘Uau, Jeremy era um idiota, mas ele não merecia isso? “Ou era um estranho?

E que tipo de tragédia era – um coração partido, um afogamento, algo precioso perdido que você lembra de quando um dos brincos de sua avó caiu nas tábuas e você se sentou e chorou e chorou, e ainda tem o outro brinco , como se um dia o brinco perdido vai voltar a encontrar o seu parceiro ainda pacientemente esperando?

Nós todos amamos amores diferentes, e todos nós sentimos dores diferentes. É o trabalho do escritor fazer você amar e sofrer, mas o amor e o sofrimento ainda é seu: mas você vai ter uma escolha dentro da história sobre onde dirigi-lo. Se a morte te chateia mais ou menos do que romances destruídos: depende da maneira que um personagem aloja em seu coração diferente de qualquer outro.

O que fazemos é contar as histórias: você escolhe seguir junto com a gente, e se sentir bem com a gente, de qualquer maneira que você quiser. Nós somos apenas ficaremos privilegiados de termos você junto.

P: Ok, uma pergunta sobre a Cassie para você Sarah. E uma que  você pode responder, eu acho! Você diz que fez campanha para a morte de personagens em COHF, então devo perguntar se Cassie planejou sozinha a morte de Max em CoG ou foi esse grupo de assassinos que você participam?

Independente do que acontece no livro de um escritor é, claro, em ultima analise, mérito dele. Eu me lembro de Holly convencer alguém a não matar um personagem … mas geralmente, nós somos um bando de assassinos felizes. A morte é uma maneira de tornar a história  a seguir um rumo totalmente diferente, e assumir um significado totalmente diferente.

Quando um personagem importante morreu no livro de Maureen Johnson, “the Madness Underneath”, foi idéia de Maureen, mas a gente derramou elogios e incetivos para ela.

E, claro, já que a dor leitor é um grande elogio, eu acabei de levantar uma maneira de ser regada em elogios.

Eu assumo a responsabilidade por todas as mortes em todos os livros, sempre.

Incluindo Beth, em Little Women. Essa foi eu.

Você encontra as perguntas originais em inglês, na ordem cronológica aqui, aqui e aqui

Arquivado nas categorias: Cassandra Clare , Cidade do Fogo Celestial com as tags:
Postado por:
Você pode gostar de ler também
30.01
Mais um mês chega ao final e mais uma newsletter do site oficial de Cassandra Clare! A newsletter c...
14.01
Como já é de costume, Cassandra Clare irá sair em tour de lançamento de seu mais novo livro, ...
10.11
Cassandra Clare postou agora há pouco, em seu tumblr, uma ordem de publicação de seus próximos l...
05.11
O Goodreads, a maior rede social literária do mundo, promove uma votação anualmente para premiar ...
20.10
Na sexta-feira dia 18 de outubro, em seu instagram, a Galera Record abriu para perguntas. Claro que ...
16.06
A newsletter do mês de Junho de Cassie chegou com fotos, ainda com bastante informações e nós j...

Deixe seu comentário

1 comentário em “[ATUALIZADO] Holly Black e Sarah Rees Brennan contam spoilers de CoHF e CP2”







Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook