09.02

E chegamos no segundo mês do ano. Parece que o mês passou bem rápido, não foi? Esperamos que todos vocês continuem bem, seguros e com saúde tanto física quanto mental, e por isso estamos aqui com mais uma coluna com as novidades literárias aqui no Brasil no mês!

Antes, alguns cupons e promoções pra vocês:

• Desconto progressivo em TODOS OS LIVROS no Submarino! Leve 2 livros com 15% de desconto, 3 ou mais com 20% de desconto com o cupom LEITURAEMDIA: Clique AQUI e aproveite!

• Para eBooks gratuitos na Amazon, clique AQUI e passe um tempo procurando livros porque tem MUITOS títulos a disposição em diversas linguas. Além disso, estamos sempre postando links de mais livros gratuitos que ficamos sabemos lá no nosso twitter @IdrisBR.

• A nossa parceria com a Starlight Montra continua a todo vapor e agora a melhor lojinha bookstan está vendendo starpacks também (são basicamente um conjunto de brindes – leia AQUI para saber mais) e usando nosso cupom IDRISBR15 você ganha 15% de desconto! Aproveita!

• Todos os livros abaixo podem ser comprados com FRETE GRÁTIS na Amazon pelo Amazon Prime, o programa que além de dar frete grátis e rápido para todo país, ainda concede acesso aos filmes e séries do Prime Video (que agora terão os filmes da Marvel e Disney até o final de 2020 e séries como “How I met your mother”, “Grey’s Anatomy” e muito mais), música sem propaganda no Amazon Music, centenas de livros e revistas para leitura, jogos e promoções exclusivas, tudo com teste de 30 dias GRÁTIS: isso mesmo, você pode testar por 30 dias sem custo algum, e se depois desses 30 dias você decidir ficar, o valor é de R$ 9,90 por mês! Para começar a aproveitar agora mesmo, clique no link e quando a página abrir, clique em “Teste grátis por 30 dias”: clique AQUI.

E agora vamos ao que interessa: os livros!

É assim que se perde a guerra do tempo
Amal El-Mohtar e Max Gladstone (08/02/2021)
Tradutora: Natalia Borges Polesso
Suma

Uma história que atravessa tempo e espaço para narrar o destino de duas viajantes do tempo rivais que se apaixonam e precisam mudar o passado para garantir um futuro juntas.

Entre as cinzas de um mundo em ruínas, uma soldada encontra uma carta que diz: Queime antes de ler.

E assim tem início uma correspondência improvável entre duas agentes de facções rivais travando uma guerra através do tempo e espaço para assegurar o melhor futuro para seus respectivos times. E então, o que começa como uma provocação se transforma em algo mais. Um romance épico que põe em jogo o passado e o futuro.

Se elas forem descobertas, o destino será a morte. Ainda há uma guerra sendo travada, afinal. E alguém precisa vencer.

Virna: Em uma edição capa dura, temos o livro que ganhou os prêmios Nebula, Hugo e Locus, tudo de uma vez só, então acho que podemos afirmar que vem coisa boa por ai, hein? Estou começando a leitura e o que estou lendo está me deixando de queixo caído. Em breve, resenha aqui dessa maravilha!

Ju: Eu achei a sinopse desse livro bem interessante e a edição parece ser feita com uma delicadeza sem fim. Estou bem curiosa!

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon, com brindes (pôster e cartela de adesivos).
Magazine Luiza.
Submarino, com brindes (pôster e cartela de adesivos).
Travessa.

O visconde que me amava (Os Brigertons 2 – Edição de luxo)
Julia Quinn (09/02/2021)
Arqueiro

Anthony Bridgerton herdou o título de visconde aos 18 anos, depois da morte repentina de seu pai. Na década seguinte, dividiu seu tempo entre as responsabilidades perante a família e a busca do prazer sensual – atividade que lhe conferiu a fama de Libertino (com “L” maiúsculo). Agora, ele é o solteiro mais cobiçado da temporada de 1814… e está pensando em se casar.

O visconde que me amava é um dos livros mais queridos dos leitores de romance de época. Além de protagonistas apaixonantes, traz cenas memoráveis, envolvendo abelhas e um jogo de pall mall que mostra muito bem o lado competitivo da família Bridgerton.

Virna: Depois do sucesso da série “Bridgertons”, que já foi renovada para a 2º temporada, vem o 2º volume da série em sua versão luxo, pequena, capa dura e com pintura trilateral. A 2º temporada da série vai se inspirar nesse livro, e você não conhece Kate, também conhecida como A PATROA, você precisa porque é um dos melhores livros da série. Sem brincadeira. Deixo a palavra com uma Kathony stan agora:

Ju: Como eu posso começar a explicar meu amor por Kathony? Não tem como explicar, simplesmente não tem. Eles tem aquele romance tão maravilhoso de enemies-to-lovers e mesmo depois que eles ficam juntos tem tanta química envolvida ali no meio que te faz morrer de amor. Eu já sabia desde o minuto um que eu comecei a ler que shipparia eles dois e eu faço mais sobre isso na minha resenha aqui, não deixe de ler – e de morrer de amor junto comigo!

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Submarino.
Travessa.

Sim, Não, Quem Sabe
Becky Albertalli e Aisha Saeed (10/02/2021)
Tradutora: Viviane Diniz
Intrínseca

Uma eleição acirrada, um romance complicado e dois adolescentes tentando mudar o mundo.

Jamie Goldberg é um dos voluntários mais dedicados na campanha democrata para as eleições locais ― mas só nos bastidores. Porque, além de especialista em questões políticas, ele é especialista em passar vergonha em público. (Sério, seu brinde no bat mitzvá da irmã com certeza vai ser um desastre.) Não existe a menor chance de Jamie pedir votos de porta em porta… até encontrar Maya.

Maya Rehman está tendo o pior Ramadã de todos. Ela odeia mudanças, mas terá que enfrentar várias. Sua melhor amiga vai morar em outra cidade e vive ocupada, a viagem em família foi cancelada e agora seus pais estão se separando. Para completar, a mãe de Maya a obriga a pedir votos com um garoto desajeitado que ela mal conhece.

Bater à porta de estranhos não é nada glamoroso, mas Maya e Jamie vão descobrir que não é a pior coisa do mundo. Conforme as eleições se aproximam, os dois começam a passar cada vez mais tempo juntos. Afinal, precisam encarar projetos de lei racistas, uma avó famosa no Instagram e memes com poodles do mal. Mas o que era só uma aliança política se complica quando sentimentos entram na jogada. As chances de sucesso nas urnas e no amor parecem baixas, mas… quem sabe?

Virna: Olha o livro fofinho do mês, e, sinceramente, é (também) da Becky. Acho que já chegamos naquele ponto de que ela escreve, a gente lê, né? Chance dada!

Ju: Gente, mas que sinopse fofinha é essa? Me deixou completamente interessada nesse romance que parece que vai aquecer nossos corações.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Submarino.
Travessa.

Os tais caquinhos
Natércia Pontes (10/02/2021)
Companhia das Letras

Um romance poderoso e áspero sobre uma família, um apartamento caótico e as dolorosas descobertas da adolescência.

Faltava muita coisa no apartamento 402. Mas sobravam muitas outras: caixas de papelão, bandejas de isopor, cacarecos, baratas, cupins, muriçocas, poeira, copos sujos. Abigail, Berta e Lúcio formam um trio nada convencional. Duas adolescentes dividem o apartamento com o pai, um homem amoroso, idiossincrático, acumulador, pouco afeito à vida prática, que torce para que a morte venha logo lhe buscar e dá conselhos incomuns às filhas: “É muito bom sentir fome”.

Os tais caquinhos é um romance de formação trágico e comovente, capaz de arrancar risos nervosos. Ao descrever o dia a dia de uma família simbiótica em meio à cordilheira de lixo que só faz crescer, Natércia Pontes desenha um fascinante retrato de três pessoas que buscam conviver com seus sonhos e suas fantasias, suas manias e seus anseios, seus medos e suas revelações.

Virna: Não há nada aqui para não se adorar e esse livro já nasceu desejado por mim. Ouvir a Natércia falar sobre este livro foi um privilégio e, sinceramente, ele já teria me pegado só com essa sinopse.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Submarino.
Travessa.

Eu Tenho Um Nome
Chanel Miller (15/01/2021)
Tradutora: Carolina Selvatici
Intrínseca

Com uma narrativa emocionante, que prende a atenção do início ao fim, o livro de memórias de Chanel Miller reverbera a dor de tantas mulheres que buscam o caminho da justiça para reparar o trauma do abuso e se veem muitas vezes presas em uma armadilha de humilhações, vergonha e sofrimento.

Ela ainda não era conhecida pelo próprio nome quando surpreendeu milhões de pessoas com uma carta relatando o estupro que havia sofrido no campus da Universidade de Stanford. Publicada no BuzzFeed, a declaração da vítima foi vista por onze milhões de pessoas em apenas quatro dias, traduzida para diversos idiomas e lida no plenário do Congresso americano, inspirando mudanças na lei da Califórnia e a demissão do juiz do caso. Brock Turner, o acusado, foi condenado em 2016 a apenas seis meses de prisão depois de ser flagrado agredindo-a sexualmente. Milhares de pessoas escreveram para dizer que ela lhes dera a coragem de compartilhar experiências de agressão pela primeira vez.

Agora Chanel Miller reivindica a própria identidade para contar sua história. Embora tudo apontasse para a condenação de Turner ― havia testemunhas, ele fugiu, provas físicas foram imediatamente coletadas ―, restou para Chanel apenas a luta contra o isolamento e a vergonha. Sua história lança luz a uma cultura que protege os agressores e expõe um sistema de justiça criminal falho com os mais vulneráveis, mas mostra também a coragem necessária para lutar contra a opressão e atravessar o sofrimento.

Ao entrelaçar dor e resiliência em seu relato, Chanel Miller revela seu tumultuado processo de cura e desafia uma sociedade que tantas vezes permite o inaceitável e ajuda a perpetuar uma cultura que desencoraja as vítimas de buscarem justiça. Além de apresentar uma escritora extraordinária, Eu tenho um nome é uma obra capaz de transformar para sempre a maneira como enxergamos os casos de agressão sexual.

Virna: Quando eu terminei de pesquisar sobre esse livro, eu estava quase chorando (e eu me seguro muito pra não chorar, sempre). Toda a história da autora é, sem sombras de dúvidas, fortes e precisa de um aviso de gatilho, mas também é muito, muito necessária: de vítima encontrada em um beco desacordada, ela percorreu todo um caminho até revelar seu nome. Seu caso conseguiu mudar as leis da Califórnia, impacto que seu sofrimento causou. Sinceramente, como mulher, sinto que preciso ler com a atenção que merece.

Ju: Só a sinopse desse livro já basta pra fazer nosso peito apertar. E saber que é tudo real e o quanto ela sofreu… É de partir o coração. Quero bastante ler.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Submarino.
Travessa.

Se você me visse agora
Cecelia Ahern (15/02/2021)
Tradutora: Laura Folgueira
HarperCollins

Elizabeth é uma mulher organizada: sua vida e suas emoções estão tão arrumadas que sobra pouco espaço para espontaneidade. É como ela reage ao caos de sua família ― a mãe que a abandonou quando ela era criança, um pai emocionalmente distante e uma irmã rebelde que parece estar seguindo os passos da matriarca, deixando o filho de 6 anos, Luke, aos cuidados de Elizabeth sempre que pode. Quando Ivan, o misterioso amigo adulto de Luke aparece na vida deles, Elizabeth não sabe bem o que fazer. Sempre em busca de uma aventura e revirando a vida dos dois por completo, Ivan abre os olhos de Elizabeth para uma nova forma de viver. Mas seria Ivan bom demais para ser verdade? E se Elizabeth abriu seu coração apenas para arriscar que se magoe novamente?Se você me visse agora é uma história recheada de amor ― e um toque de mágica.

Virna: Eu acho que fazia bastante tempo (bastante mesmo) que um livro de romance me conquistava só pela sinopse (porque sejamos sinceros, a capa desse livro não é lá muito atrativa) e também sem saber quase nada. Acho que provavelmente foi a protagonista ser muito controladora (ops!), mas, seja como for, me conquistou. Quero ler.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Submarino.
Travessa.

Isso que a gente chama de amor
Maurene Goo (18/02/2021)
Tradutora: Lígia Azevedo
Seguinte

Desi nunca se deu bem no amor ― até decidir transformar a própria vida em uma novela coreana.

Desi Lee acredita que tudo é possível, basta ter um plano. Foi assim, com método e disciplina, que se tornou a aluna mais brilhante do colégio e uma atleta talentosa. É apenas no amor que Desi nunca se dá bem, colecionando uma sucessão de desastres quando se trata de garotos.

Depois de protagonizar mais um desastre na frente de Luca, um jovem recém-chegado à cidade que logo atrai seu interesse, a garota passa um fim de semana assistindo a k-dramas, certa de que os finais felizes só existem nas novelas coreanas que seu pai tanto ama. É aí que ela se dá conta de que naquelas histórias também existe uma fórmula, um passo a passo que ela poderia seguir ― e conquistar Luca.

Em pouco tempo, sua vida se transforma em um enredo digno de um dorama. Mas ao contrário do que acontece na TV, isso pode não ser o suficiente para ela alcançar seu final feliz…

Virna: Mais um romance nesta coluna: teria meu coração amolecido? Não, na verdade, é que gostei bastante da experiência de ler “Um lugar só nosso”, também da Maurene Goo (leia minha resenha clicando AQUI) e confesso que nem foi tanto pelo romance, mas sim pelo cenário. Gosto de aproveitar para conhecer o mundo enquanto leio, então estou dando uma chance – até porque essa capa nacional feita por Tamires Cordeiro está lindíssima, né?

Ju: Eu achei tão fofinha essa sinopse e essa capa é tão maravilhosa que eu não posso deixar de ler esse livro. Quero agora.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Submarino.
Travessa.

As 29 poetas hoje
Várias autoras (18/02/2021)
Companhia das Letras

Entre a poesia escrita e a falada, o humor e a revolta, o tom intimista e a voz performática, esta antologia reúne uma geração efervescente de jovens poetas brasileiras.

Quarenta e cinco anos depois do lançamento de 26 poetas hoje ― antologia que marcou época e se tornou um documento incontornável dos anos 1970 ―, Heloisa Buarque de Hollanda se perguntou: quem está fazendo a poesia agora?

Ao se dar conta da surpreendente presença das mulheres, cada uma com sua dicção e seu estilo, Heloisa reuniu vozes de uma geração pulsante e combativa, que impressiona pela força, pela coragem e pelo talento. As 29 poetas hoje é uma antologia que fala sobre identidade, sexo, amor, fúria, política e o Brasil de agora.

Participam: Adelaide Ivánova; Maria Isabel Iorio; Ana Carolina Assis; Elizandra Souza; Renata Machado Tupinambá; Bruna Mitrano; Rita Isadora Pessoa; Ana Fainguelernt; Luz Ribeiro; Danielle Magalhães; Catarina Lins; Érica Zíngano; Jarid Arraes; Luna Vitrolira; Mel Duarte; Liv Lagerblad; Marília Floôr Kosby; Luiza Romão; Raissa Éris Grimm Cabral; Cecília Floresta; Natasha Felix; Nina Rizzi; Stephanie Borges; Regina Azevedo; Valeska Torres; Bell Puã; Yasmin Nigri; Dinha; Marcia Mura.

Virna: Poesias. Poesias escritas por mulheres. Poesias para tentar suportar tempos tão difíceis, e poesias escritas por mulheres para trazer o nosso mundo para páginas. Se você não curte poesias, comece por aqui. Prometo que vai valer a pena.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Travessa.

The Dare: O jogo de Taylor e Conor (Briar U #4)
Elle Kennedy (19/02/2021)
Tradutora: Juliana Romeiro
Paralela

A faculdade devia ser a chance de abandonar meu complexo de patinho feio e me tornar um lindo cisne. Em vez disso, fui parar em uma irmandade cheia de meninas malvadas. Já está sendo difícil me enturmar, então, quando minhas irmãs da Kappa Chi propõem um desafio, eu não posso dizer não.

A missão: seduzir o mais novo (e gato) jogador de hóquei da Briar.

Todo mundo conhece Conor Edwards. Ele está em todas as festas de fraternidade, e na cama de todas as meninas. É do tipo que você se apaixona antes de perceber que ele nunca olharia para você. Mas o sr. Popular me surpreende ― em vez de rir de mim, ele me acompanha até o quarto e finge que estamos nos pegando.

Por incrível que pareça, agora ele quer continuar fingindo. Conor adora um joguinho e acha que vai ser divertido enganar as meninas da Kappa. Mas resistir ao seu charme de surfista é quase impossível, e estou começando a desconfiar que ele tem muito mais a oferecer do que seu fã-clube imagina.

O problema é que eu sou péssima nessas brincadeiras. E quanto mais tempo esse jogo bobo durar, maior o perigo de tudo isso explodir na minha cara.

Virna: Depois de tanto ouvir a Ju falar das duas série (“Amores Improváveis” e “Briar U”), eu enfim vou me render e ler os livros. Mas, como sou rebelde, vou começar por estre último livro. Não estou brincando. Depois comento se gostei – ou não.

Ju: Eu li todos os livros, tanto dos 4 originais quanto os do spin off e posso dizer com propriedade que “The Dare” é um dos melhores livros que a Elle Kennedy escreveu nesse mundo. Sou completamente apaixonada e rendida por Conor e Taylor. Leiam esse livro pra amar esse casal junto comigo.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Submarino.
Travessa.
magazine LuizaAmazon.

O Enigma do Quarto 622
Joël Dicker (19/02/2021)
Tradutoras: Carolina Selvatici e Dorothée de Bruchard
Intrínseca

Em uma noite de dezembro, o sofisticado hotel Palace de Verbier, nos Alpes Suíços, é palco de um assassinato sem solução, já que a investigação do crime nunca é concluída pela polícia. Anos depois, o escritor Joël decide tirar alguns dias de férias e se hospeda nesse mesmo local. Lá, uma surpresa o aguarda: seu quarto é o 621 bis, a nova nomenclatura do agora estigmatizado 622, e a curiosidade o leva a mergulhar em uma investigação sobre o caso emblemático.

Ao longo da corrida para descobrir as motivações para o assassinato, somos apresentados a uma gama de personagens tão interessantes quanto pitorescos em um cenário aparentemente tranquilo e acolhedor: uma aristocrata russa decadente que sonha em casar as filhas com homens ricos, um grupo de banqueiros e um jovem ambicioso e talentoso que causa inveja e intriga entre os herdeiros que disputam a presidência de uma instituição financeira familiar.

Com a precisão de um mestre relojoeiro suíço, Joël Dicker nos leva ao coração de sua cidade natal, Genebra, neste romance intrincado e surpreendente, em meio a triângulos amorosos, jogos de poder, golpes, traições e ciúmes. Uma mistura inteligente de mistério e comédia de costumes, O enigma do quarto 622 dá continuidade à obra eletrizante de um dos autores mais aclamados do romance policial.

Virna: Mas vocês pensaram que não ia ter um suspense aqui neste mês? Claro que tem sim! Amei a metalinguagem aqui, com o Joël dando seu nome ao personagem principal e se passando em sua cidade natal. Li “A verdade sobre o caso Harry Quebert”, que inspirou a minissérie e gostei bastante, então espero gostar desse também.

Ju: Como boa apaixonada por suspenses que sou também, mal posso esperar pra ler esse livro. Quando comecei a ler a sinopse achei até mesmo que era um tipo de biografia, só depois entendendo que o autor deu o nome para o personagem principal e isso é bem genial.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Submarino.
Travessa.

Pisando em nuvens
Iris Figueiredo (26/02/2021)
Seguinte

Taís foi aprovada na faculdade. Mas a decisão de se matricular vai ser mais difícil do que esperava…

Quando Taís vê seu nome entre os aprovados no vestibular de enfermagem, mal consegue acreditar. Ela sempre quis estudar numa universidade pública e se esforçou muito durante o último ano para isso. O problema? Ela foi aceita em sua segunda opção, um campus que fica em Macaé, bem distante de sua casa em São Gonçalo.

Como seus pais não têm condições de mantê-la sozinha em outra cidade, Taís sabe que as chances de cursar a faculdade são praticamente nulas. Sem saber como reagir ao resultado e temendo decepcionar a família (em especial a avó), ela corre para seu porto seguro: Rafaela. Mas a reação da namorada de Taís pode ser bem diferente do que ela imaginava.

Este conto, que se passa no mesmo universo de “Céu sem estrelas”, acompanha uma jovem que vê seu sonho despontar no horizonte — mas talvez ele se desfaça em nuvens antes que possa alcançá-lo.

Virna: Iris é a autora de um dos melhores livros nacionais que fala sobre saúde mental que já lemos, o já mencionado na sinopse “Céu sem estrelas” (e tem a resenha da Ju clicando AQUI), então ela tem nossa total confiança para nos fazer ler qualquer coisa que escreva. Queremos pra ontem!

Ju: Eu já quero TANTO esse conto e já estou tão apaixonada, apenas por ser no universo de “Céu sem Estrelas” que é um dos melhores livros nacionais que eu já li. Chega logo dia 26!!!

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Loja Kobo.

O ar que me falta: História de uma curta infância e de uma longa depressão
Luiz Schwarcz (26/02/2021)
Companhia das Letras

Um sensível relato sobre família, culpa e depressão.

Luiz Schwarcz carrega consigo a história de uma família que abandonou tudo para fugir ao terror nazista: o pai, húngaro, conseguiu escapar, sozinho, de um trem a caminho do campo de extermínio de Bergen-Belsen, deixando Láios, seu pai, no vagão que acabou por levá-lo à morte; a mãe, croata, teve de decorar aos três anos um novo nome, falso, para embarcar com a família num périplo que os levou primeiro à Itália e depois ao outro lado do Atlântico. Os dois, André e Mirta, se encontraram no Brasil, com as lembranças dolorosas do passado trágico a pesarem sobre a nova vida.
Filho único, Luiz, ainda jovem, entendeu ser responsável por expurgar as culpas que André carregava por não ter podido evitar o fim extremo do próprio pai ― avô do autor ―, e se via como o elo a manter estável o casamento de André e Mirta, união cheia de silêncio, dor e incompatibilidade. Assumir esse papel, porém, será a fonte de angústias que o acompanharão ao longo de toda a infância, adolescência e vida adulta.
Ao recuperar com franqueza estas memórias, Luiz Schwarcz constrói um sensível e detalhado relato de como a depressão e os traumas, próprios e de terceiros, podem tirar o fôlego de qualquer um e permanecer latentes em existências por fora marcadas pela aparência do sucesso.

Virna: Eu vi o Luiz falando sobre esse livro e só de ouvir, eu já fiquei profundamente comovida. Lido com a Ansiedade diariamente e sei o que é lutar por sua saúde mental. Quero muito ler, esse livro muito mesmo.

Ju: Um livro biográfico e de memórias do fundador da Companhia das Letras e com um assunto muito importante e que não é tão debatido: depressão. Quero muito ler esse livro!

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Submarino.
Travessa.


Em 02 de março, a Editora Seguinte publicará “Minha história para jovens leitores”, autobiografia de Michelle Obama adaptada para o público jovem, em um lançamento mundial com tradução de Débora Landsberg, Denise Bottmann, Lígia Azevedo e Renato Marques.

Para garantir seu exemplar, basta clicar AQUI.

Em ‘Minha história para jovens leitores’, Michelle Obama conta sua história para uma nova geração de leitores, com a honestidade, o bom humor e o afeto que são suas marcas registradas. Ao compartilhar suas alegrias e triunfos, assim como as dificuldades, tristezas e desafios que encontrou pelo caminho, Michelle Obama mostra como sempre buscou viver de forma autêntica, usando sua voz e sua força para lutar por seus ideais, tornando-se um grande exemplo para as futuras gerações. Ao contar sua própria história com coragem, ela convida os jovens leitores a refletir sobre quem são e que história querem escrever para si mesmos.

Para saber mais, basta ler a postagem da Editora no Instagram:

Vocês pensaram também que não ia ter nada do Stephen King nesta coluna? Pensaram errado de novo! A Editora Suma anunciou vários dos seus lançamentos e eis que temos “Depois”, o mais novo livro do mestre do Terror, e também a confirmação de “The city we became”, da N.K. Jemisin, que estou ansiosa demais para ler!

Confiram o anúncio:


––

A trilogia “Verão” de Jenny Han, a autora de “Para Todos os Garotos” irá virar série na Amazon! A série terá 8 episódios e será produzida pela própria Jenny (que também escreveu o roteiro do piloto e será co-showrunner). Outros produtores executivos são Gabrielle Stanton (que também será showrunner), Karen Rosenfelt, Paul Lee, Nne Ebong e Hope Hartman. Não há nenhum anuncio sobre elenco ainda.

Pra ver o anúncio da série (em inglês), basta vir AQUI.
E para saber mais sobre e ler a sinopse da trilogia “Verão“, basta vir AQUI.

––––

A Editora Seguinte continua fazendo tudo mesmo e fez um vídeo super divertido com seus lançamentos do 1º semestre de 2021! Confiram a vídeo que confirma o novo livro da Jennifer Niven e mais:

–––––

A pré-venda da nova versão de “Sombra e Ossos”, o 1º livro da trilogia Grisha (a trilogia que abre o Grishaverse), começou. O livro ganha nova capa em sua edição da Editora Planeta, junto com marcador e pôster de brindes. A capa está linda (eu pessoalmente gostei mais dessa do que da antiga) e você pode já garantir o seu, que será lançado dia 12 de março próximo, clicando AQUI.

Confiram a capa e os detalhes dos brindes:

––––––

E para encerrar está coluna em um ponto altíssimo, a série “Sombra e Ossos”, inspirada nos livros do Grishaverde da Leigh Bardugo, teve a sua data de estreia anunciada! Fizemos um post completo sobre tudo da série e ordem de leitura dos livros e falamos sobre a edição que o livro ganhará aqui no Brasil pela Editora Planeta, então basta clicar AQUI para saber tudo isso.

A série contará com Jessie Mei Li (Alina Starkov), Archie Renaux (Malyen Oretsev), Freddy Carter (Kaz Brekker), Amita Suman (Inej), Kit Young (Jesper Fahey) e Ben Barnes (General Kirigan) e terá Eric Heisserer como showrunner e a produção executiva da própria Leigh.

Agora confiram os pôsteres da série porque no dia 23 de abril vamos maratonar os 8 episódios da série com toda certeza, além de ver as primeiras imagens e a nova capa do 1º livro:

–––––

E chegamos ao fim de mais uma coluna! Até mês que vem <3

Lembrando que essa coluna não traz todos os lançamentos do mês, mas um apanhado com os livros que mais chamaram a atenção de nossa equipe e são o foco dos nossos seguidores, com as datas estimadas das publicações e novidades de contratos fechados sobre livros que sabemos que todos estão ansiosos por sua publicação e algumas dicas de nossa equipe pra vocês, com alguns comentários! Caso você tenha alguma dica de algum livro que está muito ansioso(a) para ler, manda a dica pra gente em [email protected] que analisaremos colocar sua indicação aqui!

Arquivado nas categorias: Blog , Livros , Séries com as tags:
Postado por:
Você pode gostar de ler também
23.02
Sinopse: Em um sistema solar dominado pelo brutal Império Vathekês, Amani é uma sonhadora. Quand...
19.02
“É assim que se perde a guerra do tempo” Amal El-Mohtar e Max Gladstone Suma – 2021 – 192 ...
16.02
Sinopse: Desi nunca se deu bem no amor ― até decidir transformar a própria vida em uma novela c...
15.02
O site mybest Brasil nos chamou para participar de uma lista com indicações de blogueiros literár...
12.02
Oi pessoal! Tudo bem? Hoje vamos falar sobre uma série que ganhou meu coração recentemen...
05.02
Sinopse: Ninguém é igual ao Daemon Black. Quando ele prometeu que iria provar seus sentimentos po...

Deixe seu comentário



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook