23.05

Sinopse:Nesta novela da série best-seller Hearstopper, Nick e Charlie vão precisar superar um dos maiores desafios de seu relacionamento.

Todo mundo sabe que Nick e Charlie são inseparáveis. Entre tardes jogando videogame, noites de filmes e conversas infinitas, não há nada que possa abalar o sentimento que um tem pelo outro.

Com a partida de Nick para a universidade se aproximando, Charlie fica cada vez mais inseguro, afinal todos dizem que o primeiro amor quase nunca dura para sempre… Será que o relacionamento deles é capaz de sobreviver à distância ou os garotos só estão adiando o inevitável?


Charlie e Nick, eu imagino que todos conheçam, mas caso não saibam quem é, são os protagonistas dos quadrinhos “Heartstopper”, que conta a história de dois garotos que se conheceram no colégio e se apaixonaram um pelo outro. Na história, além do amor deles que vemos desabrochando e virando algo lindo, nós também acompanhamos várias histórias secundárias: amizades de uma vida, representatividade dos mais variados romances e amores, bullying, até depressão e distúrbios alimentares.

Até agora já foram lançados 4 HQs com a história deles (e vocês podem ver todas nossas resenhas delas aqui) e eu sou completamente apaixonada. É um dos romances mais leves que eu já li na minha vida, que deixa a gente com o coração bem quentinho de amor.

O que, é claro, não foi diferente com a novela de “Nick e Charlie” escrito pela autora, mas em formato de livro e não de HQ.


“Se você tivesse me dito três anos atrás que eu estaria em um relacionamento de dois anos quando tivesse dezessete, eu teria rido na sua cara.”

A primeira coisa que me surpreendeu sobre a história é ver o quanto realmente o relacionamento de Nick e Charlie amadureceu desde a primeira HQ. Tudo que veio de lá para cá, tanto bom quanto ruim, culminou no momento em que estamos quando a novela começa.

É o último ano de Nick no colégio, logo ele vai para a faculdade e claro que, Charlie sendo Charlie, ficou um pouco balançado com isso. Mesmo tendo dito com todas as letras e mais de uma vez que acredita no relacionamento dos dois mesmo a distância, ele não pode evitar de sentir o medo que chega conforme a partida de Nick se aproxima.


“— Quando eu te visitar na universidade, espero encontrar essa num porta-retrato.
Só se você me comprar um. Vou ter aluguel para pagar.
Nossa, arranja um emprego.
Como assim? Quer dizer que você não vai me comprar coisas agora que tem um emprego? Não acredito. Por que eu estou nesse relacionamento?
Nem eu sei, Nick. Por que você ainda está aqui? Já faz mais de dois anos.
Nick só ri e me dá um beijo rápido na bochecha, depois começa a andar para trás, em direção à mesa de bebidas.
Você é visualmente agradável.
Mostro o dedo do meio para ele.”

E quando eu digo que o relacionamento de Nick e Charlie é um dos romances mais leves, eu não estou brincando de forma nenhuma. Fazia muito tempo que eu não lia algo que, mesmo se tratando de dois adolescentes, eles têm seus atos de imaturidade, mas ainda assim são bem maduros para algumas coisas, o que torna o relacionamento deles um dos mais saudáveis que eu li em anos.

Eu não vou dar muitos detalhes sobre a história em si, porque o resumo é basicamente isso: eles têm que lidar com a escolha se eles vão continuar juntos ou não, se eles querem isso, esse comprometimento de namoro a distância ou se eles acham melhor terminar até poderem estarem juntos de novo.


“Como isso ainda me deixa tão… Como depois de dois anos ainda me sinto assim nos braços dele?”

E, como eu já falei, apesar de alguns atos imaturos – são dois adolescentes, não podemos esquecer disso – eles também conseguem conversar e chegar a uma decisão: que é OBVIO que não vou contar aqui pra vocês!

A outra coisa que me surpreendeu bastante é o quanto esse livro é pequeno. Em menos de uma hora eu já tinha devorado ele todinho e estava querendo por mais. Por sorte logo logo chega outra HQ e vamos ver mais desse casal apaixonante.

Agora fica uma dica importante: se você ainda não leu Heartstopper pare TUDO que estiver fazendo e vá ler agora, nesse exato momento. Eu acho que não existe uma só pessoa no mundo que leia Heartstopper e não sinta seu coração quentinho de amor.

E, aliás, já foi anunciada a data em que a segunda temporada da série chega na Netflix: 3 de agosto. O que eu também indico para assistirem porque é de longe uma das melhores adaptações que já vi.

Para comprar “Nick e Charlie” basta clicar no nome da livraria:

Amazon.

Arquivado nas categorias: Blog , Livros com as tags:
Postado por:
Você pode gostar de ler também
23.02
  Oi pessoal, tudo bem com vocês? Hoje vim falar para vocês sobre uma série que eu de...
20.02
“A serpente e as asas feitas de noite”(Nascidos da Noite #1) Carissa Broadbent Tradução: J...
16.02
Sinopse:No último dia das bruxas, a ex-melhor amiga de Alice Ogilvie foi morta. Se não fosse ...
13.02
Depois de um janeiro que pareceu durar uns 3 meses, finalmente chegamos em fevereiro e no novo post ...
09.02
“Mata Doce” Luciany Aparecida Arte de Capa: Ale Kalko Alfaguara – 2023 – 304 páginas ...
06.02
Sem delongas, comecemos essa resenha com a sinopse: “Pietra Jimenez é uma famosa arqueóloga e pe...

Deixe seu comentário





Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook