29.10

Mais um dia das Bruxas chegando e fizemos uma segunda lista com 10 filmes, séries ou livros, tudo misturado, para aproveitar esse clima macabro no melhor estilo: se assustando bastante! Fizemos a lista em ordem de pavor e medo, então vai de acordo com seu nível de aguentar o susto e medo que nossas dicas são capazes de provocar. Vem com a gente pegar essas dicas e se programar!

E ah, você pode ler nossa lista do ano passado clicando AQUI!

10. Angel (Seriado)

Estados Unidos – 1999/2004

O vampiro Angel, amaldiçoado com uma alma, se muda para Los Angeles e ajuda as pessoas com problemas sobrenaturais enquanto procura sua própria redenção.

Virna: Eu sou suspeita pra falar desse seriado, mas vamos lá: Angel é a série derivada de “Buffy”. O mocinho-vampiro-atormentado-eternamente Angel deixa Buffy na pequena Sunnydale e se muda para Los Angeles procurando ajudar as pessoas, já como sua alma lhe atormenta por tudo que ele fez enquanto ainda era seu alter ego malvado, Angelus, o vampiro mais sanguinário que já existiu. Lá ele encontra Cordelia e Doyle (a princípio), mas logo Wesley Wyndam-Pryce substitui Doyle e se junta a Angel para lutar contra as forças do mal que se manifestam pela empresa advocatícia (hahahaha!) Wolfram & Hart. O grupo se torna completo quando Gunn e Fred se juntam ao quinteto e tem alguns dos melhores episódios de todos tempos em uma série de fantasia. Pode esperar muita destruição, sofrimento, morte de personagens principais, protagonista atormentado, casais que só existem pra te fazerem sofrer (fresley, meu casal injustiçado) e muita construção de personagem. O seriado tem final conclusivo após sua 5º temporada e eu garanto que você vai chorar (sim, você vai). Vale a pena. Mesmo.

Julia: Eu queria deixar claro para Joss Whedon que eu me sinto pessoalmente atacada pelo final de Angel e eu nunca perdoarei ele por todas as lágrimas que essa série me fez derramar, e ao mesmo tempo eu queria dizer MUITO obrigada a ele porque essa é apenas uma das melhores séries com uma das melhores (apesar de sofrida) conclusões que eu já vi na minha vida. Hoje em dia com toda essa chuva de cancelamento é muito difícil uma serie ser concluída com tamanha maestria e sinceramente eu só assisti até hoje 3 séries que conseguiram fazer isso e Angel é uma delas.

9. A Casa do Medo – Incidente em Ghostland (Filme)

Canadá – 2018

Pauline herda uma casa de sua tia e decide morar lá com suas duas filhas, Beth e Vera. Mas, logo na primeira noite, o lugar é atacado por violentos invasores e Pauline faz de tudo para proteger as crianças. Dezesseis anos depois, as meninas, agora já crescidas, voltam para a casa e se deparam com acontecimentos estranhos.

Virna: Esse filme é bastante perturbador: o medo que qualquer mulher sente dessa história é real e palpável. Não há monstros da fantasia: há monstros humanos e reais.

Julia: A Virna resumiu tudo maravilhosamente bem: os monstros nesse filme são bem reais e foi isso que me levou a gostar bastante dele. Eu gostei da condução da história e da agonia que ela causava, me deixando realmente perturbada em alguns pontos.

8. Eli (Filme)

Estados Unidos – 2018

Eli está sendo submetido a um tratamento para sua doença que é rara e auto-imune e acaba descobrindo que a clínica em que está internado não é tão segura como pensava.

Virna: Eli é uma criança que é alérgica a tudo, basicamente, e seus pais estão procurando um tratamento que possa dar ao garoto uma vida normal. A Dra. Horn (chifre, em inglês, apenas) diz que pode curar o garotinho. Esse filme não vai te matar de medo, não vai te dar os maiores sustos do mundo e justamente quando você não está mais esperando muita coisa do enredo é que acontece uma reviravolta que é bem ótima de assistir. Dica válida pra quem tem muito medo porque não vai te impedir de dormir à noite mas é um sólido filme de terror original Netflix.

Julia: Quando eu vi esse trailer eu confesso que já estava esperando mais um daqueles inúmeros filmes onde uma casa é mal assombrada e a criança acaba sofrendo nas mãos da assombração que está cercando ele, mas nem tenho palavras pra descrever o quanto eu fiquei feliz com a virada final do filme. Eu não esperava nem em um milhão de anos que o final fosse do jeito que foi e por isso eu recomendo ele 100%. Até falei pra Virna que, pra mim, é um dos melhores filmes de “terror” lançado esse ano.

7. Nós (Filme)

Estados Unidos – 2019

Adelaide e Gabe levam a família para passar um fim de semana na praia e descansar. Eles começam a aproveitar o ensolarado local, mas a chegada de um grupo misterioso muda tudo e a família se torna refém de seres com aparências iguais às suas.

Virna:Nós” é um dos melhores filmes do ano na minha opinião, e só está nesse lugar no final desta lista porque ele é mais um terror psicológico do que terror propriamente dito. A metalinguagem e metáforas do filme são impressionantes, e por mais que pareça papo de filme “cult”, você vai entender muita coisa de cara: nossos piores inimigos e medos somos nós mesmos (a frase está até no pôster nacional). Aquele tipo de filme que tem uma reviravolta tão grande que você sente que TEM que assistir de novo para pegar todos os detalhes e Lupita Nyong’o merece demais indicada ao Oscar do ano que vem por sua atuação assustadora aqui. Um filmão.

Julia: Quando esse filme acabou, eu virei aquele meme: “Eu não sei o que escrever, só o que sentir” porque esse filme literalmente explodiu minha cabeça. Eu gosto muito de assistir filmes e ter o prazer de apontar que já sabia que aquilo era o que ia acontecer, mas acho anda maior quando a reviravolta nos pega completamente de surpresa que a gente fica até sem ar.

6. Constantine (Filme)

Estados Unidos – 2005

O solitário Constantine tenta garantir seu lugar no paraíso enviando demônios de volta ao inferno, mas seu destino está ligado ao de Angela, uma policial que investiga o suposto suicídio de sua irmã gêmea.

Virna: Inspirado no personagem da DC (sim, Constantine é um personagem de uma série de quadrinhos chamada “Hellblazer”), o filme é boa adaptação e que assusta em determinados pontos. Mas, claro, não agradou todos fãs da HQ e isso terminou afundando qualquer chance de continuação – mas não as esperanças em nossos corações porque esse filme e o Keanu Reeves merecem. Dê uma chance a um dos mais perturbados “super-heróis” que temos por ai.

Julia: Constantine tem meu amor todinho e posso dizer isso com convicção. Eu já perdi as contas de quantas vezes eu assisti esse filme e toda vez que eu assisto, faz com que eu ame ele cada vez mais. Keanu Reeves é maravilhoso no papel (apesar de eu ter gostado também do ator que foi escolhido pra série, mas isso é um tópico completamente diferente) e além dele a gente tem a maravilhosa Tilda Swinton como o Anjo Gabriel (!!!). Como não amar?

5. O Cemitério (Livro)

Editora Suma – Edição de 2013

Louis Creed, um jovem médico de Chicago, acredita que encontrou seu lugar em uma pequena cidade do Maine. A boa casa, o trabalho na universidade e a felicidade da esposa e dos filhos lhe trazem a certeza de que fez a melhor escolha. Num dos primeiros passeios pela região, conhecem um cemitério no bosque próximo à sua casa. Ali, gerações de crianças enterraram seus animais de estimação. Mas, para além dos pequenos túmulos, há um outro cemitério. Uma terra maligna que atrai pessoas com promessas sedutoras. Um universo dominado por forças estranhas capazes de tornar real o que sempre pareceu impossível. A princípio, Louis Creed se diverte com as histórias fantasmagóricas do vizinho Crandall. No entanto, quando o gato de sua filha Eillen morre atropelado e, subitamente, retorna à vida, ele percebe que há coisas que nem mesmo a sua ciência pode explicar. Que mistérios esconde o cemitério dos bichos? Terá o homem o direito de interferir no mundo dos mortos? Em busca das respostas, Louis Creed é levado por uma trama sobrenatural em que o limite entre a vida e a morte é inexistente. E, quando descobre a verdade, percebe que ela é muito pior que seus mais terríveis pesadelos. Pior que a própria morte – e infinitamente mais poderosa.

Virna: Esse é o livro de Stephen King que inspirou o filme “O Cemitério Maldito” – e, como regra, o livro é infinitamente melhor e mais profundo do que a adaptação que chegou aos cinemas esse ano (que é a segunda adaptação desse livro). Esse livro teve um efeito forte em mim porque ele fala sobre mortalidade e o que somos capazes de fazer para termos de volta aqueles que amamos e que são tirados de nossas vidas muito cedo e se tornou meu livro favorito do autor. Indico para quem gosta de sentir medo e também pensar no que faria naquela situação porque eu até hoje não tenho a resposta – você pode ler minha resenha completa do livro clicando AQUI.

4. It – A Coisa: parte 1 (Filme)

Estados Unidos – 2005

Um grupo de crianças se une para investigar o misterioso desaparecimento de vários jovens em sua cidade. Eles descobrem que o culpado é Pennywise, um palhaço cruel que se alimenta de seus medos e cuja violência teve origem há vários séculos.

Virna: Dificilmente eu indico um filme no lugar de um livro, mas, nesse caso, confesso que o filme trouxe algumas melhorias para a trama, principalmente o elenco das crianças e sua química, sem contar que deixou fora da narrativa da tela algumas cenas bastante difíceis de se lerem e que estão no livro (você pode ler toda minha resenha do livro clicando AQUI). Indico bastante para quem quer realmente se assustar porque o Pennywise é de deixar você com a imagem dele em sua cabeça por dias.

Julia: Por regra eu não gosto de nenhum palhaço. Não tenho medo, eu apenas não gosto mesmo. Mas eu quis assistir It principalmente porque bem, é de um livro de Stephen King e eu estava bem curiosa sobre ele e devo dizer que amei demais mesmo. É um filme bem assustadorzinho e não existe nada mais maravilhoso que aquelas crianças e a amizade e o laço que criam entre eles por conta daquela porcaria toda que estão passando juntos. Vale realmente a pena assistir.

3. Hereditário (Filme)

Estados Unidos – 2018

Após a morte da reclusa avó, a família Graham começa a desvendar algumas coisas. Mesmo após a partida da matriarca, ela permanece como se fosse uma sombra sobre a família, especialmente sobre a solitária neta adolescente, Charlie, por quem ela sempre manteve uma fascinação não usual. Com um crescente terror tomando conta da casa, a família explora lugares mais escuros para escapar do infeliz destino que herdaram.

Virna: O segundo melhor filme de terror da década para mim, “Hereditário” é o tipo de filme que te deixar completamente grudadx na cadeira, sem conseguir olhar pra trás com aquele medo visceral, com cenas que são realmente assustadoras e sem medo de ir longe demais. Recomendado para maiores de 16 anos – e corajosos porque é terror em sua forma mais pura.

Julia: Esse filme todo é maravilhoso, mas teve uma cena apenas que parece que ficou gravada em chamas na minha mente e toda vez que eu ouço falar desse filme, é essa a cena que eu me lembro. Infelizmente não posso falar dela, porque o spoiler é muito grande, mas acreditem quando eu digo que vale a pena assistir esse filme.

2. Marianne (Série)

França – 2019

Emma é uma escritora que tem sido atormentada por pesadelos com uma bruxa chamada Marianne. A romancista então decide usar seus livros como tentativa de manter a criatura maligna longe, mas percebe que os personagens estão ganhando vida, sendo obrigada a voltar para casa e descobrir o motivo.

Virna: Os franceses e a Netflix não souberam brincar: “Marianne” traz a mais assustadora bruxa que eu vi em bastante, bastante mesmo, tempo e talvez até de todos os tempos. A série é curta com somente 8 episódios e peca em alguns momentos tentando enfiar humor aonde não precisava, coisa que não funcionou para mim, mas, de resto, boa sorte em lidar com essa série e a forma como a 1º temporada termina – não se tem noticias ainda de uma possível 2º temporada.

Julia: É difícil mesmo histórias de bruxas nos deixarem com medo assim, bem como a Virna falou, é difícil lembrar de uma que tenha assustado tanto nos últimos tempos, mas Marianne cobre isso com maestria. É uma série muito boa nos momentos de tensão e que termina de um jeito que te deixa meio sem chão e querendo muito, demais, que tenha uma segunda temporada mesmo.

1. Invocação do Mal (Filme)

Estados Unidos – 2013

Harrisville, Estados Unidos. Um casal muda para uma casa nova ao lado de suas cinco filhas. Inexplicavelmente, estranhos acontecimentos começam a assustar as crianças, o pai e, principalmente, a mãe. Preocupada com algumas manchas que aparecem em seu corpo e com uma sequência de sustos que levou, ela decide procurar um famoso casal de investigadores paranormais, mas eles não aceitam o convite, acreditando ser somente mais um engano de pessoas apavoradas com canos que fazem barulhos durante a noite ou coisas do gênero. Porém, quando eles aceitam fazer uma visita ao local, descobrem que algo muito poderoso e do mal reside ali. Agora, eles precisam descobrir o que é e o porquê daquilo tudo acontecendo com os membros daquela família. É quando o passado começa a revelar uma entidade demoníaca querendo continuar sua trajetória de maldades.

Virna: O melhor filme de terror da década e afirmo isso com facilidade: se você não se arrepiar na cena DO TRAILER (imagina no filme…) que batem palmas, você é mais corajosx do que todxs pessoas que eu conheço. Assistimos juntas outro dia e foi tão bom quanto da primeira vez – e por “bom” entenda “ASSUSTADOR” em caps. A sinopse acima resume bem o começo do filme, mas é no final, quando passam as fotos da família original e do casal Warren que você se treme todinhx porque sim, é baseado em uma história real.

Julia: A primeira vez que eu vi esse filme, eu lembro de estar sozinha assistindo e nada no mundo ter me preparado para o quanto eu teria medo. Nenhum filme de terror (principalmente dos atuais) tinha me colocado nessa tensão assim, me fazendo pular a cada pequena cena. E o fato de ser baseado em uma história real faz o medo ser ainda pior. Eu não sei se algum dia, algum filme vai atingir o patamar de perfeição em sustos que Invocação do Mal tem, mas eu sinceramente (contando tudo o que tem saído atualmente, porque olha…) duvido.

E então, vão se aventurar e ver alguma coisa nesses dias das bruxas? Gostaram da lista? A gente AMA filme de terror, então se você tem alguma dica pra gente, só comentar que com certeza assistiremos seja em nosso twitter @idrisBR ou em nosso email [email protected]!

Feliz Dia das Bruxas!

Arquivado nas categorias: Blog , Filmes , Livros , Séries com as tags:
Postado por:
Você pode gostar de ler também
13.12
Sinopse: Uma história contemporânea divertida e emocionante sobre amizade, filmes de terror tra...
10.12
Nem dá pra acreditar, mas enfim chegamos ao final de 2019! A última coluna do ano está no ar, e...
06.12
“Não confie em ninguém” Charlie Donlea Faro – 2018 – 352 páginas O destino de Grace Sebo...
03.12
Vem conferir o que sai lá na gringa esse mês! LANÇAMENTOS DE DEZEMBRO Children of Virtue and...
29.11
Sinopse: Uma história única e envolvente sobre dois jovens que devem enfrentar a eletricidade d...
26.11
Essa resenha NÃO tem spoilers do enredo de A Heroína da Alvorada. E não fala detalhadamente do e...

Deixe seu comentário



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook