20.12

galera_padrao

Após a divulgação da capa e previsão de lançamento do livro O Códex dos Caçadores de Sombras, que será lançado aqui no Brasil pela mesma editora que lança os livros da autora Cassandra Clare, a Galera Record, muitos fãs indagaram sobre a edição do livro, que foi anunciado que seguiria o mesmo padrão dos outros livros brasileiros: brochura, ou capa mole.

Para quem não sabe, o livro em inglês possui duas versões: a normal com capa dura (como todos os outros livros são), e uma edição para colecionador, que vem em um estojo. E por causa disso, sabendo que o livro viria padronizado com os das séries Os Instrumentos Mortais e As Peças Infernais, os fãs brasileiros começaram a pedir para que a editora trouxesse para cá também uma versão com capa dura, que equivaleria com a edição de colecionador.

E como nós também somos fãs, entramos em contato com a editora Galera Record, para entendermos a decisão de publicar o Códex também em brochura.

O que eles nos esclareceram foi o seguinte: Sim, é exatamente isso. O livro será publicado seguindo o mesmo padrão dos outros livros das duas séries já publicadas da autora Cassandra Clare: Capa com brilhos (na primeira edição), folhas amareladas e o mesmo tipo de espaçamento e tipografia, além de as lombadas seguirem o mesmo padrão. Os fãs são exigentes quanto ao padrão, e é isso que estão tomando o devido cuidado.

Mas por que isso?

Eles explicaram, que tecnicamente, a edição de colecionador não tem um trabalho gráfico diferente dos outros. O corte das folhas não é especial, não tem um papel diferenciado, a cor é a mesma, ou seja, o que muda é apenas o acabamento. Então comercialmente ele não tem nada que o diferencie. Por isso mesmo não é um trabalho que justifique colocar uma capa dura, principalmente no Brasil onde esse tipo de acabamento não é comum. Isso só o deixaria absurdamente mais caro que os outros livros da autora Cassandra Clare. E sabemos que no geral, os livros giram em torno dos R$ 40,00, e por observar o mercado editorial brasileiro, a editora sabe que os leitores no geral dão preferência ao conteúdo, que não mudaria nada tendo um acabamento diferenciado. E mais uma vez, eles reforçaram: as edições dos livros de Os Instrumentos Mortais e As Peças Infernais na língua inglesa já são com capa dura, então por isso o Códex também foi feito com capa dura. No Brasil, o curso natural e a lógica seria manter o padrão dos demais livros brasileiros: brochura.

Informação adicional divulgado no twitter da editora: Assim como tivemos um box de Os Instrumentos Mortais com os 4 primeiros livros da série, é uma possibilidade a confecção de um box completo com todos os livros. E se decidirem incluir o Códex, é necessário que este esteja padronizado com os demais.

Mas por que não fazer uma edição especial de colecionador, com uma triagem menor?

Bom, isso nós também perguntamos, e eles explicaram que eles pensaram com muito cuidado sobre essa possibilidade. Mas uma coisa é fazer isso nas edições em inglês, em que mesmo uma triagem menor teria que ser muito grande para atender a demanda. No Brasil, a triagem teria que ser ridiculamente pequena. E o que ia acabar acontecendo? A confecção seria extremamente cara, e ao repassar esse valor no preço final, não seria nada vantajoso para os fãs, sendo que o conteúdo é o mesmo.

Para concluir o Códex, eles reconhecem que no geral o livro é muito bonito, e deve ser tratado como um verdadeiro item de colecionador. A edição original teve muito cuidado em incluir tudo aquilo que os fãs gostariam de ver: as ilustrações das runas, das armas, dos seres do submundo, as notas do rodapé de cada personagem. E isso tudo será mantido na edição brasileira! Quanto a isso não devemos nos preocupar, pois a qualidade será equivalente.

E por fim, mesmo sabendo a resposta que dariam, tínhamos que saber a posição deles quanto ao lançamento de Cidade de Fogo Celestial. Afinal, vemos ultimamente que algumas editoras brasileiras conseguem publicar os livros simultaneamente com o lançamento no exterior. Isso é algo que nos anima muito, mas não é tão simples quanto achamos.

O que eles nos disseram foi o esperado: A série Os Instrumentos Mortais é uma série que é bestseller, ou seja, figura nas listas dos livros mais vendidos do mundo! E Cidade do Fogo Celestial será o desfecho dessa série de sucesso. É esperado que o volume de vendas seja algo estrondoso, então por isso a editora americana (Simon & Schuster) claro que está segurando o livro para não vazar. Não foi disponibilizado para a editora Galera Record nem um capítulo sequer. E sim, o que entendemos disso é que eles procuraram saber a respeito. Então não há muito o que ser feito: não há material para traduzir, então infelizmente não será possível um lançamento simultâneo aqui no Brasil.

E nós do Idris, que já acompanhamos e publicamos as notícias sobre esses livros a quase 3 anos (fazemos aniversário em Janeiro de 2014), sabemos que isso realmente é verdade. Algumas editoras fazem realmente uma edição que se chama ARC (Advanced Reader’s Copy) que é uma edição adiantada do livro em questão. Aqui no Brasil isso também acontece muito, e essas cópias geralmente são entregues para blogueiros que fazem resenhas e críticos (e o mesmo acontece nos Estados Unidos). Então se alguma editora brasileira lança um livro simultaneamente com o lançamento americano, podem ter certeza que foi concedido um ARC para a editora meses antes do lançamento, para que fosse possível o lançamento conjunto. Nós sabemos que anteriormente os livros da autora Cassandra Clare tinham ARCs, mas eles foram extintos após Príncipe Mecânico (quem entrar no LiveJournal da autora, pode ver que ela mesma sorteou alguns ARCs para alguns leitores), ou seja, Cidade das Almas Perdidas e Princesa Mecânica não tiveram cópias prévias. Sim, isso é uma jogada de marketing para que informações do livro não vazem na internet, o que aumenta a expectativa dos leitores, afetando diretamente nas vendas.

Então quanto a isso, podem ter certeza que não há nada que a editora Galera Record possa fazer. Mas isso não é motivo de desânimo, e pelo contrário. A partir desse ano (2013) podemos ver nitidamente que o interesse da editora pelos livros sobre os Caçadores de Sombras tem aumentado muito. O fandom cresceu bastante por causa do filme Cidade dos Ossos, e eles viram um grande potencial nas séries. Tivemos 3 lançamentos muito próximos – Cidade das Almas Perdidas, Príncipe Mecânico e Princesa Mecânica), para acompanharmos os lançamentos americanos. E isso se refletiu no lançamento do Códex, pois agora teremos o lançamento dele no Brasil apenas 4/5 meses após o lançamento do americano! E podem ter certeza que isso será aplicado também a Cidade do Fogo Celestial. Sabemos que esperar não é legal, principalmente quando somos muito fãs de algo, mas podemos ficar tranquilos que a série está nas mãos de uma editora que vem se preocupando com isso.

E que venha 2014 para podermos acompanhar o desfecho da história desses personagens, e também para podermos conhecer os novos personagens que com certeza passaremos a amar em Os Artifícios das Trevas!

E podem sempre contar com o Idris para trazermos as últimas notícias para vocês, para surtarmos juntos por cada uma delas, e também para tentarmos esclarecer alguns assuntos que são relevantes para o nosso fandom, ou seja, para nós também. Agradecemos muito pela confiança creditada a nós que nos permitiu ficarmos a 3 anos no ar!

Postado por:
Você pode gostar de ler também
18.09
Este post está sendo atualizado a medida que mais novidades estão sendo divulgadas. A pré-venda ...
26.05
Ontem, dia 25/05, durante a live com Cassie Clare, a Galera Record anunciou que divulgaria no dia de...
25.05
A live de Cassandra Clare aconteceu hoje e foi um sucesso: mais de 1.900 pessoas assistindo simultan...
16.05
Cassandra Clare postou em seu tumblr mais um extra: agora é uma dedicatória em um caderno de anota...
27.03
No twitter, pegando todos de surpresa, a Editora Galera Record respondeu a tweet nosso e do Wikia Sh...
21.02
Depois de ter lançado o audiobook de “Longas Sombras” narrado pelo cantor Tai Veroto (que você...

Deixe seu comentário

5 thoughts on “Esclarecendo sobre a edição do “Códex” e lançamento de Cidade do Fogo Celestial no Brasil”



  1. Cintia Orlando disse:

    tem um errinho na linha 6: “para que a editora trouxesse…”

  2. nandinhamm disse:

    Como sempre a Galera Record decepcionando. CINCO MESES para a tradução e confecção de um livro é um tempo absurdo! Outros livros são traduzidos e produzidos em muito menos tempo. Muito triste essa notícia.

    1. Felipe Cabrino disse:

      Não tem nada de absurdo em cinco meses. Outros livros que lançam próximo ao lançamento do livro em inglês, foram disponibilizados ARCs previamente. A Cassie entregou o último livro para a editora em Novembro, e vai ser lançado quase em Junho. Ou seja, não tem como fazer milagre aqui no Brasil, se nem lá eles fazem de um dia pro outro.

  3. Asafe Martins Dos Santos disse:

    Idris arrasando nas noticias.

  4. Thatha disse:

    Eu faço aniversário em Janeiro também! c:





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook