18.11

Sinopse: Décadas antes dos acontecimentos descritos em As Crônicas de Gelo e Fogo, O cavaleiro dos Sete Reinos narra as aventuras do cavaleiro Dunk e de seu jovem escudeiro Egg ― que se revelam importantes figuras de Westeros. Edição especial em capa dura, com novas ilustrações.

Sor Duncan, o Alto, ou apenas Dunk para os íntimos, não teve uma vida fácil. Filho bastardo de uma prostituta, ele nunca pertenceu a nenhuma Casa, e suas oportunidades de vida parecem bastante reduzidas. Mas a esperança de alcançar a glória não está perdida, e Dunk está decidido a se tornar um grande guerreiro em Westeros. Dentre todos os grandes, Dunk quer escrever o seu nome na história como um verdadeiro Cavaleiro dos Sete Reinos. O único problema é que existem muito mais pretendentes do que posições disponíveis.
A sorte começa a mudar quando ele encontra Egg, um garoto careca e cheio de atitude que se prontifica a ser o seu escudeiro. Quanto mais Dunk conhece o menino, porém, mais Egg parece o oposto de ser um mero plebeu, demonstrando uma inteligência muito além de sua idade.
Juntos, eles viajam em busca de trabalho e aventuras ― sem jamais revelar a verdadeira identidade do menino àqueles que encontram pelo caminho. Uma grande amizade nasce entre esses dois heróis improváveis, que persiste mesmo quando, anos mais tarde, eles assumem papéis centrais na estrutura de poder de Westeros.
Reunindo os três primeiros contos protagonizados por Dunk e Egg ― “O cavaleiro andante”, “A espada juramentada” e “O cavaleiro misterioso” ―, O cavaleiro dos Sete Reinos é o livro perfeito para quem quer se aventurar no fantástico mundo criado por George R.R. Martin e para aqueles que anseiam por mais histórias de Westeros, dos Targaryen e do fascinante universo de As Crônicas de Gelo e Fogo.

Deixando Idris para uma pequena temporada em Westeros, acredito que esta seja uma das primeiras – senão a primeira mesmo – resenha do universo de Game Of Thrones aqui no IdrisBR.

Não que seja o primeiro livro deste universo lido por aqui, mas é o primeiro para o qual trataremos uma resenha. Este livro é um compilado de 3 contos que se passam antes do momento histórico que vemos em A CANÇÃO DE GELO E FOGO que foi adaptada para a televisão pela HBO, mais especificamente 90 anos antes da história de Daenerys Targaryen e Jon Snow.

Aqui já não havia dragões, infelizmente. Mas já existiam cavaleiros e problemas, mesmo que em um dos reinados mais pacíficos que Westeros já viu.

Aqui, fugindo da maior trama de briga de vizinhos já vista, Martin nos mostra um pouco do mundo comum em Westeros, como vivem o povo que participa dos grandes eventos fora da luz dos holofotes. Já que GAME OF THRONES foca principalmente nos atritos de grandes casas e da coroa, aqui vemos aventuras mais mundanas e problemáticas de menor escala dentro da política de um reino turbulento. A história por ser menos complexa não dos deixa na mão, somos apresentados a Dunk e Egg, uma dupla que cai nos espectros de cinza que são tão amados atualmente. São personagens com virtudes e defeitos, características reais e por mais que se encaixem no clichê de cavalaria (belo cavaleiro com um pequeno acompanhante perspicaz) ainda nos traz uma leitura divertida e gostosa.

Dunk é um garoto muito alto da Baixada das Pulgas (uma das regiões mais pobres e miseráveis de Porto Real) que acaba por competir em um torneio, alegando ter sido sagrado cavaleiro pelo velho cavaleiro a quem servia como escudeiro e já causando um certo alvoroço ao chegar. Já Egg é um garoto careca e muito esperto que encontra Dunk e implora para ser seu escudeiro, o que é aceito por Dunk.

O livro nos apresenta 3 contos:

– O CAVALEIRO ANDANTE (The Hedge Knight)
– ESPADA JURAMENTADA (The Sworn Sword)
– O CAVALEIRO MISTERIOSO (The Mistery Knight)

Em cada uma dessas histórias, temos mais detalhes das aventuras de Dunk e Egg, mais descrições de como é a vida sem tanto luxo das casas menores de Westeros. Juntos eles seguem o caminho do Cavaleiro Andante, que consiste em viajar de castelo em castelo oferecendo seus serviços, travando batalhas e realizando tarefas em nome do seu “contratante” além de participar de comemorações banquetes festas e torneios, afinal Dunk é um cavaleiro!

“Quando a vida de um homem estava fadada a não valer mais do que um saco de prata?”

Espalhado pelas histórias temos vislumbres de informações tratadas em A Canção de Gelo e Fogo, sejam menções a famílias, pessoas ou lugares, como também explicações e pontos de vistas diferentes para histórias contadas pelo povo desses reinos. Dunk e Egg vão conquistando suas aventuras até o ponto em que se tornam figuras importantes (realmente importantes) para o reino e a história de Westeros. E por isso o contrário também acontece. Nos livros principais diversos personagens recorrem a lembranças, informações ou boatos de situações que aconteceram aqui, com Dunk e Egg. EasterEggs são deliciosamente espalhados para aqueles que com bons olhos e boa memória consigam identificá-los e juntá-los.

– No primeiro conto, temos a história de como eles se conhecem. Ao se tornar cavaleiro Dunk decide participar de um torneio, em meio a algumas desavenças com os príncipes Targaryen. Vemos um tipo “raro” de combate e as consequências com que todos os cavaleiros precisam lidar uma vez que empunham suas espadas. É o início da jornada e amizade entre os dois.

“Um homem tem seu orgulho, não importa o quão baixo seja seu nascimento.”

– No segundo conto temos uma crise diplomática que precisa ser solucionada. Como cavaleiro imbuído desta missão, Dunk recorre a ajuda de Egg para escolher a melhor forma de esclarecer a situação. Vemos aqui como os dramas dos nobres influenciam o povo que vive em suas terras e como histórias se perdem e se alteram com o tempo.

“Você prefere morrer com sua honra intacta ou viver com ela manchada?”

– No terceiro conto, ainda mais amigos, Dunk e Egg estão indo para o Norte. Anos após uma das maiores rebeliões já vistas em Westeros, quando são convidados por alguns cavaleiros a uma festa de casamento. Esta festa se mostra um pouco mais complicada do que simples festividades e conhecemos alguns outros personagens que também farão história em Westeros, além de mais doses de informações sobre acontecimentos históricos sempre citados.

Esse compilado de histórias é fantástica e mostra que o Martin também tem uma ótima mão para histórias mais curtas, com começo-meio-e-fim que não exijam milhares de páginas. Desta forma, por se tratar de contos “mais leves” e que ainda sim não carecem dos elementos principais, é uma ÓTIMA porta de entrada para os interessados em adentrar o mundo de Westeros. Fico com inveja inclusive de quem poderá ler O CAVALEIRO DOS SETE REINOS antes dos demais livros, sua experiência será completamente diferente. A escrita é muitíssimo gostosa e percorre a amizade simples e sincera de dois personagens com destinos grandiosos e como esse futuro é tratado devido as suas aventuras.

Mestre em amarração de tramas, o Martin também nos presenteia com informações! Quem assistiu a série sabe, informações, neste universo, são armas poderosas. Mesmo que não diretamente mortais quanto uma espada, as informações que o Martin joga aqui e ali são essenciais para que consigamos montar todas as peças da história de Westeros e entender seus desenrolares que algumas vezes são obscuros e cercados de mistérios.

Seja uma dose homeopática do universo dos dragões, cavaleiros e famílias reais de Westeros em A Canção de Gelo e Fogo, seja um gostinho do universo para os que ainda esperam pelos volumes que sabe-se-lá-quantos-anos ainda vão demorar, ou apenas um apreço por histórias de Cavaleiros, Espadas e Donzelas, este livro merece a leitura!

Uma pequena nota é que “O Cavaleiro dos Sete Reinos” já foi publicado aqui no Brasil antes em outra editora e agora está sendo republicado pela Editora Suma com toda a qualidade que a editora tem, uma capa dura e ilustrações lindíssimas.

Para comprar “O Cavaleiro dos Sete Reinos” basta clicar no nome da livraria:

Amazon.
Submarino.
Magazine Luiza.

Arquivado nas categorias: Blog , Livros com as tags:
Postado por:
Você pode gostar de ler também
01.03
“Escuridão Total Sem Estrelas” Stephen King Tradução: Viviane Diniz Suma – 2023 – 39...
27.02
Sinopse:E se houvesse infinitos universos — e infinitas maneiras de se apaixonar? Depois de e...
23.02
  Oi pessoal, tudo bem com vocês? Hoje vim falar para vocês sobre uma série que eu de...
20.02
“A serpente e as asas feitas de noite”(Nascidos da Noite #1) Carissa Broadbent Tradução: J...
16.02
Sinopse:No último dia das bruxas, a ex-melhor amiga de Alice Ogilvie foi morta. Se não fosse ...
13.02
Depois de um janeiro que pareceu durar uns 3 meses, finalmente chegamos em fevereiro e no novo post ...

Deixe seu comentário





Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook