15.06

Sinopse: Be careful what you order. Full of menace and suspense, this is horror at its best–and a trade paperback original!

A fancy hotel + no parents = party time for four friends celebrating a birthday weekend. But when an uninvited party guest seeking revenge turns up, the fun quickly turns into a nightmare.

Como vocês já sabem, essa resenha é em parceria com a Random House Internacional, de quem recebemos esse eARC (Advance reading copy: algo como “uma cópia de leitura avançada, ou seja, o livro ainda pode sofrer alterações antes de ser publicado). Também lembrando que essa resenha terá um formato diferente: por ser um ARC, não haverão quotes, já como os livros podem sofrer mudanças em seu texto antes de serem comercializados. Gostaríamos de agradecer profundamente a Editora pela oportunidade de parceria.

“Room Service” é mais um livro escrito por Maren Stoffels, que assim como o outro livro que li dela, “Fright Night” (que você pode ler a resenha aqui), se passa apenas em um final de semana.

Ele nos conta sobre esse determinado final de semana de um grupo de quatro amigos: Linnea, Fender, Kate e Lucas, em que eles vão para um hotel de cinco estrelas da cidade onde moram para comemorar lá o aniversário de Kate. Todos os anos Kate faz do aniversário dela um grande evento para comemorar com os amigos, mas esse é o primeiro ano que Linnea está participando, porque ela os conheceu no inicio do ano letivo ao chegar de mudança para o colégio e logo foi acolhida pelo grupo – exceto por Fender, que parece ter um pavor absurdo da garota desde o primeiro minuto em que eles se conhecem.

Linnea não faz muita questão também de ficar próxima de Fender, mas está disposta a aguentar isso para não arruinar o final de semana de aniversário daquela que é sua melhor amiga. O que ela não fazia ideia no final das contas é que os três tinham um segredo dela sobre algo que aconteceu um ano atrás, no aniversário anterior de Kate: mas tem alguém no hotel onde eles se hospedaram que sabe a verdade de tudo e está em busca de se vingar pelo que eles fizeram no passado.

Em um ritmo bem pegado, porque o livro nos mostra apenas o dia anterior ao dia em que eles vão se hospedar e o dia em que estão hospedados e prestes a comemorar o aniversário da garota, a história se passa com tanta fluidez que você realmente não vê o tempo passando entre uma pagina e outra. E é um livro que se saiu melhor que muitos dos filmes de terror que tem sido lançados por aí com assassinos: ele entrega um mistério gostoso de tentar desvendar enquanto os nossos pontos de vista ficam presos apenas a três personagens: Fender, Linnea e o “Room Service”, que é como se identifica quem está por trás da vingança.

Linnea é uma ótima personagem e confesso que foi a que eu mais gostei e achei absurdamente injusto com ela tudo que acontece por várias razões, algumas que não posso falar aqui porque é um spoiler gigantesco da história principal, mas principalmente porque ela não estava ali e junto com os chamados amigos, ela passa pelas mãos da pessoa que está querendo se vingar, como se ela tivesse algo a ver quando na verdade ela nem os conhecia um ano antes.

Eu achei Fender um personagem bem complexo. Por boas paginas do livro eu me perguntava o que tinha acontecido realmente e como ele poderia estar por trás de algo tão tragico, mas a partir do momento que eu entendi qual foi o papel dele, as coisas passaram a fazer mais sentido na minha cabeça.

Como eu mencionei acima, todo o mistério é uma delicia a parte do livro: não leva muito tempo para que o “Room Service” se identifique e diga exatamente a que veio, mas depois disso tem duas viradas na trama que, uma eu imaginei que fosse exatamente como aconteceu, mas outra me pegou completamente de surpresa.

O livro é bem curto e bem recheado de cenas que te deixam cada vez mais curiosa e mais querendo chegar ao final para saber como tudo ali vai acabar se desenrolando. Esse é definitivamente o melhor tipo de livro para se passar o tempo, porque não é nada complexo demais, ao mesmo tempo que é cercado de mistérios: sobre o passado, sobre a identidade de “Room Service” (e mais coisas que, de novo, nada de spoilers).

Eu super recomendo esse livro para pessoas que, assim como eu, gostam de um bom e velho filme de terror com assassinos. Vale a pena, é bem divertido e gostoso de ler e vocês não vão se arrepender de dar uma chance.

Thanks for the free book, Penguin Random House International.

Para comprar “Room Service” basta clicar no nome da livraria:

Amazon, versão brochura.
Book Depository, capa brochura.

Arquivado nas categorias: Blog , Livros com as tags:
Postado por:
Você pode gostar de ler também
30.07
Sinopse: Like his bestselling novel The Southern Book Club's Guide to Slaying Vampires, Grady Hendr...
27.07
Sinopse: Em Fuja, Chloe (Kiera Allen) é uma adolescente que sofre de inúmeras doenças, inclusive...
23.07
Oi, pessoal!Na resenha de hoje vou falar sobre um livro que um amigo me recomendou. Uma vez eu ...
20.07
Sinopse: A chegada da adolescência vem sempre acompanhada de momentos que podem marcar nossas vida...
16.07
“Stepsister: A história da meia irmã da Cinderela” Jennifer Donnelly Narração: Stella Tobar ...
13.07
Já passamos do meio do ano e enquanto não temos sequer uma previsão de quando a vida voltará r...

Deixe seu comentário



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook