04.06

Taylor Jenkins Reid é uma autora norte-americana que tem feito bastante sucesso com seus livros atuais, que são enredos complexos com personagens humanos, conquistando merecidamente seu espaço no cenário literário mundial. Autora de 7 livros e 1 conto até aqui, Taylor também é roteirista, já tendo criado e trabalhado nos roteiros de uma série de comédia (que se chamava “Monitores do barulho”) com seu marido, Alex.

Os seus 7 livros, em ordem de publicação, são: “Forever, Interrupted”, “Depois do Sim”, “Em outra vida, talvez?”, “Amor(es) Verdadeiro(s)”, “Os sete maridos de Evelyn Hugo”, “Daisy Jones e The Six: Uma história de amor e música” e “Malibu Renasce” (que será publicado dia 14 de junho agora aqui no Brasil). Desses 6 livros publicados aqui no Brasil, somente “Em outra vida, talvez?” foi publicado pela Record, com todos os outros títulos sendo publicados pela Editora Paralela, a casa da autora no Brasil. Três desses livros se passam no mesmo universo (“Os sete maridos de Evelyn Hugo”, “Daisy Jones e The Six: Uma história de amor e música” e “Malibu Renasce”) e 5 desses livros tiveram seus direitos comprados para adaptações, o que nos traz a este post: se você ainda não conhece esta autora (o que é um pecado) ou não estava sabendo sobre estas adaptações, compilamos todas informações para vocês!

Ter os direitos de adaptação do seu livro comprados não garante que ele irá se transformar em um filme ou um seriado: é somente o 1º passo de um longo caminho que passa por uma pré-produção, depois produção efetiva e ainda com uma pós produção. Tudo isso está simplificado ao máximo, somente para ilustrar para vocês que há diversas etapas e um projeto cinematográfico pode ser paralisado em qualquer uma dessas fases e nunca mais voltar a ativa – ou voltar, quem pode garantir?

Dos 5 livros da autora, há os que estão em estágios mais avançados de produção e os que foram deixados no caminho. Listamos e falamos sobre cada um dos projetos logo abaixo por sua ordem de avanço da produção, sempre lembrando que os que estão parados podem voltar à vida rapidamente e os que estão já avançados podem parar eventualmente (o que não desejamos!).

Confira tudo que há confirmado e o estágio dessas adaptações:

“Daisy Jones and The Six: Uma história de amor e música”

Todo mundo conhece Daisy Jones & The Six. Nos anos setenta, dominavam as paradas de sucesso, faziam shows para plateias lotadas e conquistavam milhões de fãs. Eram a voz de uma geração, e Daisy, a inspiração de toda garota descolada. Mas no dia 12 de julho de 1979, no último show da turnê Aurora, eles se separaram. E ninguém nunca soube por quê. Até agora.

Esta é história de uma menina de Los Angeles que sonhava em ser uma estrela do rock e de uma banda que também almejava seu lugar ao sol. E de tudo o que aconteceu ― o sexo, as drogas, os conflitos e os dramas ― quando um produtor apostou (certo!) que juntos poderiam se tornar lendas da música.

Neste romance inesquecível narrado a partir de entrevistas, Taylor Jenkins Reid reconstitui a trajetória de uma banda fictícia com a intensidade presente nos melhores backstages do rock’n’roll.

O livro só foi publicado em 5 de março 2019 em inglês, mas ainda em 2018 a Amazon já havia comprado os direitos de adaptação para fazer uma minissérie de 12 episódios com a produção da atriz Reese Witherspoon (que é tão fã do livro que inclusive o escolheu para ser a leitura do mês do seu clube do livro) para seu streaming, o Prime Video. Contando a história da famosa banda Daisy Jones and the six, que fez um sucesso estrondoso nos anos 70 e logo se separou, o livro fala sobre a época de ouro das bandas de rock.

E se você está se perguntando porque há tanta comoção em cima desse livro, eu explico: ele foi publicado depois de “Os sete maridos de Evelyn Hugo”, que já foi um grande sucesso da autora, mas, mais do que isso, o livro tem a estrutura de um documentário e se passa nos tempos atuais em uma entrevista com a própria Daisy e ainda entrevistas com seus antigos companheiros da banda, entre eles, Billy Dunne, o homem com o qual Daisy teve uma curta e intensa história de desencontro e música. A narrativa é bastante cinematográfica e Taylor chega a escrever as letras das músicas da banda, então claro que qualquer pessoa que leu o livro, além de já ter imaginado com vivacidade as entrevistas com os personagens, agora vai poder assistir.

A minissérie contará com músicas inéditas e exclusivas – não sabemos se as letras escritas pela própria Taylor serão utilizadas (eu espero muito que sim!), mas, seja como for, podemos esperar uma trilha sonora original da série.

O elenco já está escalado e você confere na ordem da imagem abaixo: Riley Keough será Daisy Jones e Sam Claflin será Billy Dunne, os dois personagens principais. O elenco ainda conta com Will Harrison como Graham Dunne, Suki Waterhouse como Karen Sirko, Josh Whitehouse como Eddie Roundtree, Sebastian Chacon como Warren Rhodes, Nabiyah Be como Simone Jackson e ainda a atriz argentina Camila Morrone como Camila Dunne. A diretora Niki Caro dirigirá diversos episódios da minissérie.

Taylor é roteirista e também tem participação como produtora da série, que já era para ter sido gravada, mas, devido a pandemia, as filmagens foram adiadas. A própria Taylor confirmou a informação em uma live e também falou que elenco está pronto para as gravações que começaram em algum ponto deste ano. Você pode conferir o vídeo abaixo, em inglês:

Claro que iremos postar em todos lugares assim que as gravações começarem e tivermos alguma notícia sobre quando a minissérie irá estrear no Prime Video!

Você pode comprar seu exemplar de “Daisy Jones e The Six: Uma história de amor e música” na Amazon ou Submarino.

“Amor(es) verdadeiro(s)”

Emma Blair casou com seu namorado do colegial, Jesse, quando tinha vinte anos. Juntos, eles construíram uma vida diferente das expectativas de seus pais e das pessoas de sua cidade natal, Massachusetts. Sem perder nenhuma oportunidade de viver novas aventuras, eles viajam o mundo todo, curtindo a vida ao máximo.

Mas, em vez do tradicional “e viveram felizes para sempre”, uma tragédia separa os dois, no dia do seu aniversário de um ano de casamento. O helicóptero com o qual Jesse sobrevoava o Pacífico desaparece e, simples assim, o amor da vida de Emma se vai para sempre.

Emma volta para sua cidade natal em uma tentativa de reconstruir a vida e, depois de anos de luto, reencontra um velho amigo, Sam, que lhe mostra ser, sim, possível se apaixonar novamente. E quando os dois ficam noivos? Emma sente que a vida lhe deu uma segunda chance de ser feliz.

Pelo menos é o que parece ― até que Jesse é encontrado. Ele está vivo e tentou voltar para casa, para Emma, todos esses anos que passou desaparecido. Agora, com um marido e um noivo, Emma precisa descobrir quem ela é e o que quer, enquanto tenta proteger todos que ama.

Emma sabe que precisa escutar seu coração, ela só não tem certeza se sabe o que ele está querendo dizer.

E pegando todos de surpresa nesta semana, no dia 02 de junho, foi anunciada uma nova adaptação de um dos livros de Taylor Jenkins Reid: “Amor(es) Verdadeiro(s)”. O filme foi anunciado já com o elenco que o estrelará: Phillipa Soo (mais conhecida pelo musical “Hamilton”), Simu Liu (protagonista de “Shang-Chi e a lenda dos dez anéis”) e Luke Bracey (“Caçadores de Emoção: Além do Limite”) interpretarão o trio protagonista, todos na ordem na imagem abaixo.

Apesar de sabermos que Phillipa irá interpretar Emma, não encontrei a definição de quem interpretará Sam e quem interpretará Jesse. O filme será dirigido por Andy Fickman e ainda não tem data de estreia e nem informação se será um filme para streaming ou lançado diretamente no cinema. Mas podem ficar tranquilos que claro que iremos contar tudo a medida que mais noticias forem sendo divulgadas.

Você pode comprar seu exemplar de “Amor(es) Verdadeiro(s)” na Amazon ou Submarino.

“Malibu Renasce”

Malibu, agosto de 1983. É o dia da festa anual de Nina Riva, e todos anseiam pelo cair da noite e por toda a emoção que ela promete trazer.

A pessoa menos interessada no evento é Nina, que nunca gostou de ser o centro das atenções e acabou de ter o fim do relacionamento com um tenista profissional totalmente explorado pela mídia. Talvez Hud também esteja tenso, pois precisa admitir para o irmão algo que tem mantido em segredo por tempo demais, e parece que esse é o momento. Jay está contando os minutos, pois não vê a hora de encontrar uma menina que não sai de sua cabeça. E Kit também tem seus segredos ― e convidado ― especiais.

Até a meia-noite, a festa estará completamente fora de controle. O álcool vai fluir, a música vai tocar e segredos acumulados ao longo de gerações vão voltar para assombrar todos ― até as primeiras horas do dia, quando a primeira faísca surgir e a mansão Riva for totalmente consumida pelas chamas.

Depois que este post estava pronto e prestes a ser publicado, eis que chega mais uma notícia: “Malibu Renasce”, o mais novo livro da autora, teve seus direitos comprados para uma adaptação em forma de série no streaming Hulu. A notícia foi divulgada agora pela manhã que diz que a produtora Liz Tigelaar (Da série de TV também inspirada no livro homônimo, “Incêndios por toda parte”) está desenvolvendo o que pode vir a ser a série, ainda sem nenhum ator ligado ao projeto e com Taylor sendo a produtora executiva, que confirmou fazendo posts em seu Instagram.

O livro foi publicado dia 1º de junho em língua inglesa e chega aqui no Brasil no dia 14 de junho próximo. Já recebi uma cópia avançada da Editora Paralela e posso afirmar que este livro se tornou o meu favorito da autora com uma história sobre irmãos que precisam se curar de feridas antigas e recentes. Em breve postarei minha resenha, mas só posso afirmar que o livro vale demais a pena e nem ao menos sei como me sinto com uma possível série. Para quem não sabe, o pai dos personagens principais deste livro aparece nos livros “Os sete maridos de Evelyn Hugo” e “Daisy Jones e The Six: Uma história de amor e música”. Vocês podem ler minha resenha SEM SPOILERS clicando AQUI.

A medida que mais possíveis notícias sobre a série forem sendo divulgadas, iremos postar em todas nossas redes sociais, então dedos cruzados!

Você pode comprar seu exemplar de “Malibu Renasce” na Amazon ou Submarino.

“Os sete maridos de Evelyn Hugo”

Lendária estrela de Hollywood, Evelyn Hugo sempre esteve sob os holofotes ― seja estrelando uma produção vencedora do Oscar, protagonizando algum escândalo ou aparecendo com um novo marido… pela sétima vez. Agora, prestes a completar oitenta anos e reclusa em seu apartamento no Upper East Side, a famigerada atriz decide contar a própria história ― ou sua “verdadeira história” ―, mas com uma condição: que Monique Grant, jornalista iniciante e até então desconhecida, seja a entrevistadora. Ao embarcar nessa misteriosa empreitada, a jovem repórter começa a se dar conta de que nada é por acaso ― e que suas trajetórias podem estar profunda e irreversivelmente conectadas.

Eu amo tanto este livro que é difícil falar sobre ele e sua adaptação sem dar surtos, mas vou tentar manter o controle. Um pouco antes do anúncio do elenco de “Daisy Jones and the six”, outra adaptação de um livro de Taylor Jenkins Reid já tinha sido confirmada oficialmente: “Os sete maridos de Evelyn Hugo” ganharia uma série na emissora norte-americana Freeform, braço “jovem” televiso da Disney, casa da série “Shadowhunters”. Ilene Chaiken e a atriz Jennifer Beals, mais conhecida por estrear a série “The L Word”, estavam atuando como produtoras executivas da série, com a própria Taylor escrevendo o roteiro. Mas, depois deste anúncio, nenhuma notícia mais foi divulgada, levando todos a acreditarem que o projeto tinha sido encerrado.

Então Taylor falou sobre a adaptação de “Os sete maridos de Evelyn Hugo” na mesma live que já postamos trecho acima: o projeto está em transição, afirmou que algo acontecerá e que ela está bastante confiante com o rumo que as coisas estão indo (você pode assistir o trecho em inglês abaixo):

E, infelizmente, é isto que sabemos até aqui sobre esta adaptação. Vamos torcer para que “Os sete maridos de Evelyn Hugo” ganhe uma adaptação tão boa quanto “Daisy Jones” e se torne uma minissérie – ou até um bom filme.

Você pode comprar seu exemplar de “Os sete maridos de Evelyn Hugo” na Amazon ou Submarino.

“Forever, Interrupted”

Elsie Porter tem vinte e poucos anos, mas o que acontece com ela é tudo menos comum. Em um dia chuvoso de Ano Novo, ela sai para comprar uma pizza para um. Ela não espera ver mais ninguém na loja, muito menos o adorável e charmoso Ben Ross. Sua química é instantânea e elétrica. Ben não pode esperar nem vinte e quatro horas antes de pedir para vê-la novamente. Em poucas semanas, os dois estão perdidamente apaixonados. Em maio, eles fugiram para se casar.

Apenas nove dias depois, Ben está andando de bicicleta quando é atropelado por um caminhão e morre com o impacto. Elsie ouve as sirenes do lado de fora de seu apartamento, mas quando ela desce as escadas, ele já foi levado para o pronto-socorro. No hospital, ela deve enfrentar Susan, a sogra que ela nunca conheceu – e que nem sabe que Elsie existe.

Entrelaçando o romance encantado de Elsie e Ben com o processo de cura de Elsie e Susan, Forever, Interrupted irá lembrá-lo de que há mais de uma maneira de encontrar um final feliz.

E eis a minha surpresa: pesquisando para este post, eu que o livro também teve seus direitos comprados para uma adaptação. Em 2015 foi anunciado que “Forever, Interrupted” iria ganhar um filme com Dakota Johnson (“50 tons de cinza”) no papel principal e Tricia McAlpin iria escrever o roteiro.

Depois do anúncio, nada mais foi divulgado sobre está adaptação, o que nos leva a crer que o projeto não foi continuado, ilustrando bem o que falei acima: um projeto cinematográfico pode parar em qualquer estagio de sua produção.

Você pode comprar o livro na Amazon ou Submarino.

E então, gostou de ficar por dentro de todas as adaptações da autora? Lembramos que também já resenhamos diversas obras da autora e basta você dar uma olhada na tag dela aqui no site clicando AQUI. Venha ler os livros da Taylor e se tornar fã como somos!

Fontes: [1]; [2]; [3]; [4]; [5]; [6]; [7]; [8].

Arquivado nas categorias: Blog , Filmes , Livros , Séries com as tags:
Postado por:
Você pode gostar de ler também
22.10
“The Book of Form and Emptiness” Ruth Ozeki ARC recebido em formato físico em parceria com a P...
20.10
Hoje, dia 20/10, a Netflix divulgou o primeiro clipe de “Rebelde” junto com a data de estreia da...
20.10
“Billy Summers” Stephen King Tradução: Regiane Winarski Suma – 2021 – 472 páginas Billy...
18.10
“As nove vidas de Rose Napolitano” Donna Freitas Tradutora: Lígia Azevedo Paralela – 2021 ...
15.10
Pensei Que Fosse Verdade Huntley FitzpatrickEditora Valentina - 336 páginas “O...
13.10
Sinopse: For anyone who has loved and lost, and lived to tell the tale, this gorgeously written deb...

Deixe seu comentário



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook