11.08

Pega algo pra beber e sente-se confortavelmente porque a coluna desse mês está repleta de lançamentos maravilhosos e ainda com muitas noticias pra vocês, então vem com a gente ler tudo!

Ainda tentando ajudar, já assinalamos logo os e-books que a Amazon, junto com as Editoras, estão disponibilizando grátis para leitura. Você pode baixar os e-books sem pagar nada e ler em seu Kindle ou em qualquer aparelho (celular, notebook, tablet) usando o aplicativo Kindle, que pode ser baixado grátis também. Espero que isso ajude vocês assim como nos ajudou, então clique AQUI e passe um tempo procurando livros porque tem MUITOS títulos a disposição em diversas linguas. Além disso, estamos sempre postando links de mais livros gratuitos que ficamos sabemos lá no nosso twitter @IdrisBR.

Ainda lembrando abaixo os cupons e promoções pra vocês:

• Seleção de livros no Submarino: compre 2 e use o cupom PRAMIM e ganhe 15% de desconto (Diversos da série “Trono de Vidro”, “O Principe Cruel”, “O Rei Perverso”, “Vingança, Box Maze Runner, “O Ódio que você semeia”, Kit John Green, Kit Harlan Coben e muito mais) – clique AQUI.

• Seleção de livros indicados no Submarino: compre 2 e use o cupom SUB15 e ganhe 15% de desconto (Livros como: “Serpentário”, vários Percy Jackson, “Leah fora de Sintonia”, “Com Amor, Creekwood”, vários Legados de Lorien, “Cartas para Martin, “A Vida mentirosa dos adultos” e muito mais) – clique AQUI.

• Nosso cupom IdrisBR15 de parceria com a loja Starlight Montra está valendo para você comprar com 15% de desconto em qualquer coisa na loja em compras acima de R$ 30,00! E ainda há o cupom IdrisBR10 para R$ 10,00 de desconto no frete das caixas literárias!

• E agora também somos parceiros da Loja Olympus: use o cupom IdrisBR e ganhe 20% de desconto em produtos da loja – que tem cada caneca MA-RA-VI-LHO-SAS!

• Todos os livros abaixo podem ser comprados com FRETE GRÁTIS na Amazon pelo Amazon Prime, o programa que além de dar frete grátis e rápido para todo país, ainda concede acesso aos filmes e séries do Prime Video (que agora terão os filmes da Marvel e Disney até o final de 2020 e séries como “How I met your mother”, “Grey’s Anatomy” e muito mais), música sem propaganda no Amazon Music, centenas de livros e revistas para leitura, jogos e promoções exclusivas, tudo com teste de 30 dias GRÁTIS: isso mesmo, você pode testar por 30 dias sem custo algum, e se depois desses 30 dias você decidir ficar, o valor é de R$ 9,90 por mês! Para começar a aproveitar agora mesmo, clique no link e quando a página abrir, clique em “Teste grátis por 30 dias”: clique AQUI.

E agora vamos lá: vamos aos livros!

Sol da meia-noite (Crepúsculo #5)
Stephenie Meyer (04/08/2020)
Intrínseca

Um dos maiores fenômenos editoriais dos últimos tempos, a saga Crepúsculo narra a icônica história de amor de Bella Swan, uma garota tímida e desastrada, que acaba de mudar de cidade, e Edward Cullen, um rapaz misterioso que esconde um segredo aterrorizante: é um vampiro. Desde a primeira troca de olhares, ele fez tudo para ficar longe dela, mas e se as coisas não tiverem acontecido exatamente assim?

Até agora, os leitores conheceram essa trama inesquecível apenas pelos olhos de Bella. No aguardado Sol da meia-noite, vamos testemunhar o nascimento desse amor pelo olhar de Edward, mergulhando em um universo novo, sombrio e surpreendente, cheio de revelações.

Conhecer Bella foi o que aconteceu de mais irritante e instigante em todos os anos de Edward como vampiro. À medida que conhecemos detalhes sobre seu passado e a complexidade de seus pensamentos, conseguimos entender por que Bella se tornou o eixo central de uma batalha decisiva em sua vida. Como Edward poderia seguir seu coração se isso significava colocar a amada em perigo? Do que ele seria capaz de abrir mão?

Em Sol da meia-noite, Stephenie Meyer faz um retorno triunfal ao universo de Crepúsculo e nos transporta mais uma vez para Forks, convidando-nos a revisitar cada detalhe dessa história que conquistou milhões de fãs em todo o mundo. Em meio a uma paixão cercada de perigos sobrenaturais, vamos descobrir como Edward encara seus prazeres mais profundos e as consequências devastadoras de um amor proibido e imortal.

Virna: Salvo você ter estado presx em Marte nos últimos 2 meses, você deve saber que “Sol da meia-noite” iria ser lançado dia 04 de agosto: enfim teríamos “Crepúsculo” completo sob o ponto de vista de Edward (para quem não lembra ou é mais nova, há muitos anos atrás os primeiros capítulos de “Sol da meia-noite” vazaram). Não consigo nem imaginar razões para você não querer ler o ponto de vista do Edward porque você pode ter a opinião que for sobre “Crepúsculo”, mas, se há um mundo repleto de livros com ponto de vista de heroínas, você deve isso (e muito) a uma certa personagem chamada Bella.

Ju: É impossível não ter vivido no ápice de Crepúsculo, seja do lado de quem ama a história ou de quem odeia, o fato é que todo mundo já ouviu falar e todo mundo tem alguma opinião sobre. O que eu posso falar por mim é: por mais que não faça parte da fandom, eu estou curiosíssima para saber o que se passa na cabeça de Edward e tudo que ele sentiu quando conheceu Bella.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Submarino.
Travessa.
Cultura, o livro digital.

O Mal Nosso de Cada Dia
Donald Ray Pollock (06/08/2020)
Darkside

UMA VISÃO SOMBRIA E INSTIGANTE DA AMÉRICA REGADA A SANGUE FRESCO.

Em uma cidade esquecida no interior de Ohio, a esposa de Willard Russell está à beira da morte, não importa o quanto ele beba, reze ou faça sacrifícios e oferendas. Com o passar dos anos, seu filho Arvin, uma criança negligenciada, torna-se um homem frio e cruel. Em torno deles, circula um nefasto e peculiar grupo de moradores — um insano casal de assassinos em série, um pastor que come aranhas e um xerife corrupto —, todos entrelaçados numa viciante narrativa da mais corajosa e sombria lavra americana.

Donald Ray Pollock, o novo autor da DarkSide® Books, promete causar alvoroço nos corações mais frágeis. Ele constrói, com maestria, uma trama hiper-violenta, ambientada no pós-Segunda Guerra, repleta de personagens desagradáveis em um cenário devastador, cruéis o suficiente para cometerem crimes com a casualidade de quem troca de roupa. Mas isso não é tudo. Há muito mais por trás das manchas de sangue, da avareza e da mesquinharia: o desespero e as limitações de uma cidade pequena, a frustração de seus habitantes, a síntese de quem não equilibra luz e sombra dentro de si.

Virna: Salvo você ter ficadx presx em Marte parte 2, você que o filme inspirado nesse livro é um original Netflix e conta com Sebastian Stan, Tom Holland, Robert Pattinson, Bill Skarsgard, Mia Wasikowska, Riley Keough e mais, e é esperado para estrear agora em setembro. As primeiras imagens já saíram e, sinceramente, eu quero muito ler para saber o que me espera pela frente porque com certeza absoluta eu vou assistir o filme.

Ju: Eu gosto tanto de livros aterrorizantes <3 Só de ler essa sinopse, eu estou morrendo de vontade de ler esse livro e de ver o filme também!

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Submarino.
Travessa.

O avesso da pele
Jeferson Tenório (10/08/2020)
Companhia das Letras

Um romance sobre identidade e as complexas relações raciais, sobre violência e negritude, O avesso da pele é uma obra contundente no panorama da nova ficção literária brasileira.

O avesso da pele é a história de Pedro, que, após a morte do pai, assassinado numa desastrosa abordagem policial, sai em busca de resgatar o passado da família e refazer os caminhos paternos. Com uma narrativa sensível e por vezes brutal, Jeferson Tenório traz à superfície um país marcado pelo racismo e por um sistema educacional falido, e um denso relato sobre as relações entre pais e filhos.

O que está em jogo é a vida de um homem abalado pelas inevitáveis fraturas existenciais da sua condição de negro em um país racista, um processo de dor, de acerto de contas, mas também de redenção, superação e liberdade. Com habilidade incomum para conceber e estruturar personagens e de lidar com as complexidades e pequenas tragédias das relações familiares, Jeferson Tenório se consolida como uma das vozes mais potentes e estilisticamente corajosas da literatura brasileira contemporânea.

Virna: Nesses tempos de Vidas Negras Importam é mais do que bem-vinda uma leitura para nos educar e nos fazer pensar em como podemos melhorar e ajudar. Esperando ansiosamente para ler.

Ju: Eu tenho muita certeza que quando eu colocar as mãos nesse livro, não vão existir lágrimas suficientes. Só essa sinopse deixa a gente completamente imersa e com vontade de ler essa história que, como a Virna mencionou acima, é profundamente importante nos tempos atuais.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Submarino.
Travessa.
Cultura.

Vingança (Vilões #2)
V. E. Schwab (10/08/2020)
Record

Um mês e meio antes, Marcella tinha a vida com a qual sempre havia sonhado. Casada com Marcus, um mafioso em ascensão na cidade de Merit, ela vivia numa mansão e tinha todas as roupas e acessórios que desejava, frequentava as melhores festas e, nos bastidores, planejava com o marido os próximos passos de sua carreira. Sua vida teria seguido exatamente como o planejado, se ela não houvesse descoberto que Marcus a traía. Então, Marcella tentou esfaqueá-lo, mas Marcus era um homem forte, acostumado a matar, por isso não demorou a desacordá-la e abandoná-la para que morresse no incêndio da mansão do casal. Mas esse não seria o fim de Marcella…

Cinco anos antes, Victor Vale morreu. Porém, depois do embate com seu antigo amigo de faculdade, Eli Cardale – ou Eli Ever, o assassino de ExtraOrdinários –, Sydney Clarke o trouxe de volta à vida. Mas os poderes da menina tinham limitações, e Victor não ressuscitou exatamente como era. Então, ele passou a dedicar sua vida em busca de uma cura, caçando EOs com poderes capazes de ajudá-lo.

Cinco anos antes, Eli Ever foi preso. Após deixar um rastro de cadáveres de EOs, os quais, segundo ele, eram uma afronta a Deus, Eli caiu numa armadilha preparada por Victor. Então, sob custódia de uma nova força-tarefa responsável por lidar com casos envolvendo ExtraOrdinários, ele se tornou uma ferramenta dessa instituição. Com isso, Eli se manteve informado sobre os acontecimentos externos, que alimentaram sua suspeita de que ele não havia testemunhado o verdadeiro fim de Victor.

Agora, Merit é o palco de um novo confronto capaz de alterar a balança do poder para sempre. E os caminhos de Marcella, Victor e Eli estão fadados a se cruzar em um encontro que vai definir a vida de todos em Vingança, a conclusão explosiva da série Vilões.

Virna: Considerado o melhor livro de 2018 pela revista “Eu”, “Vingança” chega ao Brasil sem fazer os fãs nacionais esperarem o que eu esperei por ele: foram 5 anos entre “Vilão” e “Vingança” em seu original em inglês. Se há algo maravilhoso nessa edição em português é a capa, que é a da edição especial UK e não a americana, e para quem se pergunta, essa na capa é a Marcella, a nova personagem, que junto com June (outra nova personagem), roubam a cena nesse livro. E ah, uma correção: apesar do que diz a sinopse em português, esse não é o último livro e a V.E. já confirmou o livro 3 – ainda bem, porque acreditem, quando esse livro começa, você quer mais de Victor (eu sempre quero, mas enfim). Quem nos acompanha no twitter sabe o quanto eu surto com essa série aonde não há mocinhos ou vilões, há somente humanos. Dica mais do que dada e eu tô esperando a minha edição chegar pra ontem porque como boa bookstan, comprei na pré-venda por causa dos marcadores (podem rir).

Ju: Eu quero, quero, quero, quero, quero. Não sei mais o que dizer além disso: eu QUERO esse livro. QUERO pra ontem. QUERO agora mesmo.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Submarino, com brindes.
Travessa.

Valentes: Histórias de pessoas refugiadas no Brasil
Aryane Cararo, Duda Porto de Souza, Rafaela Villela (Ilustradora) (10/08/2020)
Seguinte

Das mesmas autoras de Extraordinárias, Valentes é uma obra de referência sobre o tema do refúgio no Brasil.

A questão dos refugiados tem ganhado holofotes pelo mundo inteiro, mas o preconceito, a xenofobia, as fake news e o medo frequentemente atrapalham a discussão. Para auxiliar na compreensão desse tema tão complexo e combater a desinformação, as jornalistas Aryane Cararo e Duda Porto de Souza reuniram histórias de vida emocionantes, de pessoas de mais de quinze nacionalidades, que vieram para o nosso país pelos mais variados motivos ― desde dificuldades financeiras até perseguição baseada em raça, religião, nacionalidade, orientação sexual, identidade de gênero ou opinião política ―, todas em busca de um lugar onde pudessem de fato viver.

Com uma linguagem acessível, a obra também traça um panorama histórico do refúgio no Brasil e no mundo, apresentando conceitos e dados, e traz infográficos sobre os principais conflitos que geraram esses fluxos migratórios. O resultado é um material humano e sensível, que dá voz a quem precisa ser ouvido e celebra as diferenças que tornam nossa nação tão plural.

Virna: Extraordinárias” é um livro tão essencial que cada garota brasileira deveria ganhar um logo no começo da adolescência para aprendermos nosso valor e acreditarmos em nosso potencial. Espero nada menos do que outro livro maravilhoso aqui pra ler, me emocionar e terminar com querendo entender mais sobre os refugiados no Brasil.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Submarino.
Travessa.

Epopeias Modernas: Vilões
Vários Autores (11/08/2020)
Épos

Toda história tem dois lados. E se a medusa te contasse sua história? Nela ao invés de um monstro feio e sanguinário, teríamos uma mulher injustiçada por conta do ciúme e da inveja? As histórias sempre são contadas pelos vencedores, e isso torna os seus protagonistas heróis. Contudo, como uma moeda, toda história tem dois lados, possui duas visões, dois propósitos.

Chegou a hora de darmos aos vilões a chance que lhes foi negada, deixando que contém o seu lado da moeda.

Epopeias Modernas da vida ao seu primeiro volume, Vilões. Contos variados e histórias recontadas de antagonistas das histórias e lendas de heróis, dando voz aos seus desejos e revelando segredos mais obscuros.

Virna: A Editora Épos estreia no cenário nacional com um livro com diversos contos (15 em seu total) contando a história dos vilões e a perspectiva deles sobre os atos que os levaram a serem considerados vilões e mais – e apesar do livro ter sido oficialmente lançado hoje, já resenhamos a obra completa: clique AQUI e leia tudo que achamos do livro (spoilers: você vai gostar também).

Ju: A Virna leu esse livro que recebemos como parceria com a Editora Epos e ela falou tanto desse livro pra mim que eu fiquei morrendo de vontade de ler e mal vejo a hora de ter um tempinho pra começar.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon, com brindes (marcadores + 15 mini cards).
Editora Épos, com brindes (marcadores + 15 mini cards).
Amazon, versão digital.
Epopeias Modernas” também está no programa Kindle Unlimited e você pode ler assinando o programa gratuitamente por 30 dias clicando AQUI.

O Inverno da Bruxa (Winternight #3)
Katherine Arden (15/08/2020)
Fábrica231

“Só o amor é capaz de vencer todas as batalhas e superar todos os obstáculos, naturais ou sobrenaturais. Volume final da consagrada trilogia Winternight, O inverno da bruxa traça um esplêndido panorama da Rússia medieval, então um país fragmentado e convulsionado por perpétuos conflitos bélicos. A autora põe em foco o confronto final de Vasya (ou Vasilisa) com integrantes da Igreja Ortodoxa que desejavam exterminá-la alegando ser ela uma bruxa, quando na verdade desejavam apenas reforçar seu controle sobre a população crédula e ignorante. Na época, as mulheres viviam em uma posição totalmente subalterna, e até mesmo as nobres tinham mobilidade reduzida, vivendo longe dos olhares masculinos e da convivência urbana nos chamados “terem”: torres que constituíam uma espécie de prisão dourada que só cairiam em desuso no século XVIII, no reinado de Pedro, o Grande. Vasya só consegue escapar desta sina pelo fato de ser uma simples camponesa e, principalmente, por se disfarçar de homem, mas é implacavelmente condenada quando sua impostura é descoberta. Por sorte, ela conta com a ajuda de seu cavalo mágico e do Rei do Inverno, com quem vive um improvável romance que evidencia sua condição sobre-humana e permite que ela reate o contato com as próprias origens e supere os obstáculos colocados em seu caminho ― tanto por seres humanos quanto por míticas criaturas do folclore russo. Vasya é uma legítima representante da nova linhagem de protagonistas femininas que estão oxigenando e mudando os paradigmas da literatura de fantasia, ao mesmo título que a autora, Katherine Arden, é uma das mais destacadas representantes da presença feminina na literatura de língua inglesa.”

Virna: Essa série só tem elogios lá fora a ponto da sua média no Goodreads estar acima de 4.3 mesmo depois de um ano de estar completa. Agora enfim posso parar de enrolar e ir lê-la porque realmente tenho curiosidade sobre ela e como só rasgam elogios (depois de um juntar uma grana pra comprar porque os livros infelizmente não custam barato). Os livros da trilogia, aqui no Brasil, se chamam: “O Urso e o Rouxinol”, “A Menina na Torre” e este, “O Inverno da Bruxa”.

Ju: Nossa, essa sinopse me deixou morrendo de vontade de ler esse livro. Já estou 100% interessada na trilogia.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Travessa.
Submarino.
Cultura.

O Clube P.S. Eu te amo (P.S. Eu te amo #2)
Cecelia Ahern (17/08/2020)
HarperCollins

Já se passaram sete anos desde que o marido de Holly Kennedy morreu ― e seis desde que ela leu a última carta enviada por ele, pedindo a ela que tenha coragem de criar um novo caminho para si.

Hoje, Holly sente orgulho de seu trajeto. Está quase decidida a morar com o novo namorado, Gabriel, e a vender a casa que tinha comprado com Gerry. Porém, quando sua irmã pede que ela compartilhe a história das cartas “P.S. Eu te amo” no seu podcast – e revisite as mensagens escritas por Gerry antes de morrer – ela aceita de forma relutante, incerta sobre reabrir as feridas do passado.

Após o programa ir ao ar, no entanto, um grupo inspirado nas cartas de Gerry, e que se autodenomina Clube P.S.: Eu te amo, aproxima-se de Holly para pedir a ajuda dela, que agora se vê de volta ao mundo que se esforçou tanto para deixar para trás. Mesmo hesitante, Holly começa a interagir com o clube e, conforme cada membro pede ajuda para deixar algo significativo para seus entes queridos, ela embarca em uma jornada que desafiará sua noção do que significa amar alguém para sempre…

Com sua característica habilidade para unir romance, humor e emoção, Cecelia Ahern apresenta em O Clube P.S. Eu te amo a sequência perfeita para seu amado primeiro romance.

Virna: Olha eu indicando um livro de romance que é a continuação de outro livro de romance, o qual inspirou um filme maravilhoso com o mesmo nome. A autora demorou bastante para escrever sua continuação (o livro saiu em 2005 e o filme em 2007), então sabemos que não foi surfando na onda de ter feito sucesso, o que garante que ela voltou ao mundo de Holly porque tinha mais para contar. Se você ainda não assistiu ao filme, eu indico fortemente porque ele me fez chorar (e eu já cansei de falar: se me fez chorar, é porque é comovente mesmo).

Ju: Eu não sei exatamente como me sinto sobre esse livro. Não sei porque Ps. Eu te Amo foi tão bom e tão centrado que eu não entendo porque teria uma continuação – mas bem, quem decide isso é a autora, não eu. Eu provavelmente darei uma chance pra ele sim, porque eu amei demais essa história.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Submarino, com marcador magnético de brinde.
Travessa.
Cultura, o livro digital.

Meninas Selvagens
Rory Power (24/08/2020)
Galera Record

Best-seller do New York Times, Meninas selvagens é a emocionante história de terror feminista sobre três melhores amigas que estão em quarentena em um colégio interno e o que acontece quando uma delas desaparece.

Há dezoito meses, a Escola Raxter para Meninas entrou em quarentena. Há dezoito meses, uma misteriosa doença virou a vida de Hetty do avesso.

Começou devagar. Primeiro, as professoras foram morrendo, uma a uma. Então, começou a infectar as alunas, transformando o corpo delas em algo cada vez mais estranho. Isoladas do resto do mundo e deixadas à própria sorte, as meninas não se atrevem a ultrapassar o limite da escola. Hetty, Byatt e Reese esperam a cura prometida enquanto a doença se alastra.

Mas tudo muda quando Byatt desaparece. Hetty não medirá esforços para encontrá-la, mesmo que isso signifique quebrar a quarentena e desbravar os horrores que as esperam além da cerca que separa a escola da floresta. E quando Hetty se lança rumo ao desconhecido, descobre que há muito mais mistérios por trás dessa história que ela jamais poderia imaginar.

Virna: Me perdi na data desse lançamento com bastante intensidade: na Amazon, somente a versão digital está em pré-venda para o dia 24 deste mês, assim como na Cultura. Já a versão física está em pré-venda para o dia 07 de setembro, sem contar que já vi exemplares por ai (o que me faz pensar que a Editora mandou para seus parceiros uma prova antecipada), o que me faz concluir que: não sei que data é a data oficial de publicação, então decidi seguir a data da Amazon e aqui estamos. O livro entrou na lista de melhores livros YA do ano passado, então fica aqui a dica porque eu sei que quero ler!

Ju: Opa, opa, opa, que sinopse maravilhosa é essa? Perfeito pra quarentena ler um livro sobre… quarentena! Ansiosíssima pra ler.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon, o livro digital.
Submarino, com pôster e card de brinde.
Cultura, o livro digital.

Cartas Para Martin
Nic Stone (25/08/2020)
Intrínseca

Uma história emocionante e necessária sobre juventude, racismo e esperança.

Justyce McAllister é um garoto de dezessete anos com um futuro brilhante pela frente. É um dos melhores alunos de uma prestigiada escola de Atlanta, tem uma mãe amorosa e um melhor amigo incrível. No entanto, um episódio de violência policial traz à tona que a distância entre ele e seu futuro é quase um abismo. Porque Justyce McAllister é negro, e isso significa que, muitas vezes, é julgado pela cor de sua pele.

Ao ser agredido e detido injustamente, o olhar de Justyce desperta para um novo mundo, um lugar solitário em uma sociedade que insiste em vê-lo como ameaça ou como promessa de fracasso. Ele se dá conta, então, de que não pode mais fingir que não tem nada errado e decide iniciar um projeto: escrever cartas para Martin Luther King Jr., um dos mais importantes ativistas políticos pelos direitos dos negros, símbolo da luta contra a segregação racial nos Estados Unidos, morto em 1968.

Ao tentar aplicar os ensinamentos de Luther King em sua vida, Justyce começa a trilhar um caminho para entender não só como deve reagir diante das injustiças, mas que tipo de pessoa ele quer ser. Em meio a questões familiares, desentendimentos com os amigos e complicações da vida amorosa, nas cartas ele expõe suas dúvidas, sua angústia, sua revolta e a percepção clara de que a sociedade não é tão igualitária quanto deveria.

No livro de estreia de Nic Stone, vemos Justyce passar pelos desafios da adolescência, amadurecer e encarar o racismo que tanto afeta sua existência. Comovente e extremamente necessário, Cartas para Martin é um relato sobre ser um jovem negro e sobre o direito inalienável de existir. Um livro impossível de ignorar.

Virna: Já queria ler esse livro há muito, muito tempo, e é com alegria que vejo ele chegar no Brasil. A nota do livro é altíssima, com grandes elogios e bastante hype em cima dele – tanto que ele ganha uma continuação mês em vem em inglês, agora Justyce que irá receber cartas.

Ju: Em momentos tão difíceis de se viver em sociedade por conta de tantos preconceitos, é tão bom ter livros assim que podem nos acalentar e nos ensinar. Muito interessada nesse livro sim.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Submarino.
Travessa.
Cultura.

Piano Mecânico
Kurt Vonnegut (27/08/2020)
Intrínseca

Em um futuro não muito distante, pós uma nem tão distópica Terceira Guerra Mundial, as máquinas finalmente venceram. Quase tudo foi automatizado e logo a sociedade se dividiu sob um novo sistema de estratificação não mais baseado em dinheiro, mas sim em inteligência. De acordo com seu QI e capacidade intelectual, os indivíduos são classificados e registrados em um cartão perfurado e sua posição social ― um destino de glória ou esquecimento ― só pode ser definida a partir da análise desses dados.

Do lado dos privilegiados ― engenheiros e gerentes ― o doutor Paul Proteus leva uma vida confortável no alto escalão das Indústrias Illium, o maquinário que controla toda a vida da cidade homônima. Sua casa confortável, o prestígio entre os pares, a esposa atenciosa e dentro dos padrões: absolutamente tudo está em seu devido lugar e a ordem impera. A visita inesperada do inquieto e inconformado Ed Finnerty, um ex-colega de trabalho, promove um abalo sísmico em Paul e suas consequências, a princípio restritas à psique, logo se transformam em uma ameaça não apenas ao seu estilo de vida, mas ao de toda a estrutura que o cerca.

Quando atravessa o rio que divide a cidade e suas castas, Paul vê com os próprios olhos como é a vida de quem foi excluído do sistema. Mais do que uma crítica à automação e ao progresso desenfreado das tecnologias, Piano mecânico é um livro sobre o desconforto inerente que toda estrutura social causa ao homem moderno. Escrito logo após a publicação de 1984, livro pelo qual Vonnegut admitiu ter sido fortemente influenciado, a obra compartilha com Orwell a ansiedade do pós-guerra e o medo de que, em tempos de paz, as nações venham a se submeter a níveis potencialmente paranoicos de controle social.

Virna: Em uma edição capa dura o livro originalmente lançado em 1952, temos aqui um dos livros mais citados na literatura distópica. Nos tempos atuais, sinceramente, dá pra não querer ler? Se você não está familiarizado com todo conceito e leitura de livros que remetem a uma sociedade dominadora que escolhe o destino de seus cidadãos, estão na hora de começar, e por ser por aqui.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon, com pôster de brinde.
Submarino.
Cultura.

Nona Casa (Alex Stern #1)
Leigh Bardugo (31/08/2020)
Minotauro

Criada nos arredores de Los Angeles por sua mãe hippie, Galaxy “Alex” Stern abandonou a escola cedo e se envolveu no perigoso submundo das drogas, entre namorados traficantes e empregos fracassados. Além de tudo isso, aos vinte anos ela é a única sobrevivente de um massacre terrível, para o qual a polícia ainda não encontrou qualquer explicação. Alguns podem dizer que Alex jogou sua vida fora. No entanto, a garota acaba recebendo uma proposta inusitada: frequentar Yale, uma das universidades de maior prestígio do mundo… e com uma bolsa integral. Alex é a caloura mais improvável de uma instituição como essa. Por que logo ela? Ainda em busca de respostas, Alex chega a New Haven encarregada por seus misteriosos benfeitores de monitorar as atividades das sociedades secretas de Yale. Suas oito tumbas sem janelas são os locais mais frequentados pelos ricos e poderosos, desde políticos de alto escalão até os maiores magnatas de Wall Street. Alex descobrirá que as suas atividades ocultas nesses lugares são mais sinistras e extraordinárias do que qualquer imaginação paranoica poderia imaginar. Eles mexem com magia negra. Eles ressuscitam os mortos. E, às vezes, eles atormentam os vivos.

Virna: É o novo livro da Leigh Bardugo – só isso já deveria te fazer querer ler esse livro, mas preciso falar que há uma cena MUITO forte e com GATILHO imenso e eu, particularmente, não aconselho para pessoas sensíveis. Sério mesmo. Pode confiar em mim nessa. De resto, ela é a autora de “Six of Crows”, então eu leio tudo dela e do universo Grisha, que em breve será série na Netflix – leia mais clicando AQUI.

Ju: Realmente como a Virna falou, só por ser da Leigh Bardugo eu já morro de vontade de ler, então estou só aguardando pra colocar minhas mãos nele.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon, com marcador e pôster de brinde.
Submarino, com marcador e pôster de brinde.
Cultura.
Travessa.

Teoricamente princesa: A história de uma Cinderela urbana e de seus surpreendente príncipe encantado
Alyssa Cole (31/08/2020)
Essência

Dividida entre a pós-graduação e os vários empregos, Naledi Smith não tem tempo para contos de fadas… Ou paciência para os e-mails constantes alegando que ela está noiva de um príncipe africano. Certo. Ok. Excluir! Filha adotiva, ela aprendeu que as únicas coisas em que pode confiar são ela mesma e o método científico, e um e-mail idiota não a convencerá do contrário. O príncipe Thabiso é o único herdeiro do trono de Thesolo, concentrando as expectativas de seus pais e seu povo. Seu casamento está no topo da lista de prioridades do reino. Sempre obediente, ele localiza sua noiva desaparecida. Quando Naledi confunde o príncipe com um plebeu qualquer, Thabiso não resiste à chance de experimentar a vida – e o amor – sem o peso de sua coroa. A química entre eles é instantânea e irresistível, e a amizade sedutora rapidamente se transforma em noites apaixonadas. Mas quando a verdade é revelada, uma suposta princesa pode se tornar uma princesa para sempre?

Virna: Se tem algo que ganha minha atenção imediatamente ao ser um romance é envolver a simples menção de “realeza”, adoro e nem nego. Aqui temos uma princesa que não sabe que é uma princesa, então me diz, o que tem pra não dar uma chance pro livro fofura do mês? Pode me dar um exemplar agora mesmo, por favor.

Ju: Meu Deus, morri de amor só nessa sinopse mega fofinha <3 Tô querendo muito ler, de verdade.

Para comprar o livro, basta clicar no nome da livraria:
Amazon.
Submarino.


A Editora Seguinte fez um vídeo confirmando seus lançamentos para o 2º semestre de 2020, e entre eles está os aguardados livros de Rainbow Rowell sobre Simon Snow e Baz, o casal principal dos livros “Carry On” e “Wayward Son”. O casal surgiu de uma fanfic criada pela personagem Cath do livro “Fangirl”, também da autora, e agora os livros da Rainbon chegam novamente no Brasil pela Seguinte, saindo da sua antiga editora, entre eles os livros aqui citados que já tinham sido publicados aqui no Brasil mas estão ganhando nova edição com nova tradução.

Ainda há menção a “Enquanto não te encontro”, do autor nacional Pedro Rhuas, que é esperado para 2021, tudo em um programa maravilhoso e gostosinho de assistir com a equipe da Companhia (que a gente ama muito sim <3) e diversos outros livros!

Ainda falando sobre a Editora Seguinte, “O Timbre”, de Neal Shusterman, o 3º e último livro da série “O Ceifador”, teve seu lançamento físico adiado (os livros 1 e 2 se chamam, respectivamente “O Ceifador” e “A Nuvem”), mas a boa noticia é que o eBook já está disponivel para compra e download imediato! Para comprar o seu, clique AQUI.

A Editora fez um post falando sobre o processo de produção e publicação do livro e como ele foi afetado pela pandemia. Leiam tudo:

Ver essa foto no Instagram

Sabemos o quanto vocês estão animades para o lançamento de O Timbre — e nós também! Amamos a trilogia Scythe e a chegada do volume final de qualquer série é sempre muito aguardada, ainda mais considerando como “A nuvem” terminou, nos deixando cheios de perguntas, não é mesmo? No início do ano, havíamos anunciado o lançamento do livro ainda para o primeiro semestre. Mas, olhando para trás, o início do ano parece outra vida. Veio a pandemia, que mudou tudo, inclusive na editora. Ficamos um período sem lançar livros, vários títulos foram adiados e estamos publicando novas histórias num ritmo bem mais lento do que antes. “O Timbre”, em especial, foi um livro que teve uma edição bastante trabalhosa. Além da espera para recebermos o arquivo final da editora americana, ele é maior que os volumes anteriores — terá 560 páginas —, por isso levamos muito tempo em todas as etapas do processo (tradução, preparação de texto, diagramação, revisões). Por tudo isso, demoramos para dar uma data exata de quando “O Timbre” seria lançado por aqui. Não queríamos dar falsas esperanças a vocês e, quando anunciamos que o lançamento seria em agosto, realmente acreditávamos que seria. No entanto, na reta final da produção, tivemos alguns problemas na hora de o livro ir para a gráfica e vamos precisar adiar um pouco mais esse lançamento. Agora o título está previsto para setembro, mas não podemos dar nenhuma data exata enquanto todas as questões não estiverem resolvidas. Sabemos o quão chata é toda essa situação. Queremos que vocês leiam o desfecho dessa história logo — e que possam comprar o livro com o brinde especial que estamos preparando! E estamos fazendo o máximo para que isso aconteça o mais rápido possível. Enquanto não temos mais novidades, disponibilizamos os 3 primeiros capítulos de “O Timbre” para que vocês já possam começar a leitura (link nos stories!). E prometemos que, assim que tivermos qualquer novidade, voltamos aqui para contar para vocês. ❤️ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ #oceifador #anuvem #otimbre #scythe #nealshusterman #distopia #bookstagram #bookstagrammer #igliterario #editoraseguinte

Uma publicação compartilhada por Editora Seguinte (@editoraseguinteoficial) em

––

O livro “As Vantagens de Ser Invisível”, do autor Stephen Chbosky, que também inspirou o filme homonimo, está ganhando uma nova edição com trecho inédito e nova capa, que será publicado 15 de agosto agora.

Para comprar o livro, basta clicar AQUI.

Manter-se à margem oferece uma única e passiva perspectiva. Mas, de uma hora para outra, sempre chega o momento de encarar a vida do centro dos holofotes. Mais íntimas do que um diário, as cartas de Charlie são estranhas e únicas, hilárias e devastadoras. Não se sabe onde ele mora. Não se sabe para quem ele escreve. Tudo o que se conhece é o mundo que ele compartilha com o leitor. Estar encurralado entre o desejo de viver sua vida e fugir dela o coloca num novo caminho através de um território inexplorado. Um mundo de primeiros encontros amorosos, dramas familiares e novos amigos. Um mundo de sexo, drogas e rock’n’roll, quando o que todo mundo quer é aquela música certa que provoca o impulso perfeito para se sentir infinito. A luta entre apatia e entusiasmo marca o fim da adolescência de Charlie nesta história divertida e ao mesmo tempo instigante.

–––

A Editora Alt anunciou a publicação de “You should see me in a crown”, da autora Leah Johnson (“Vou deveria me ver com uma coroa”, em tradução livre), um livro que está tendo ótimas reviews e tem um casal lésbico no centro da trama! Estamos bastante ansiosos para ler. Confiram o anúncio:

Ver essa foto no Instagram

Em novembro você realizará o sonho de ter o seu próprio YOU SHOULD SEE ME IN A CROWN! 👑 Eu terei o prazer de trazer esta história linda da Leah Johnson para o Brasil. O título ainda não tem tradução e essa é a capa provisória, mas você já pode se apaixonar pela sinopse: Liz Lighty sempre acreditou que era negra demais, pobre demais, estranha demais para brilhar em sua pequena, rica e obcecada cidade. Mas tudo bem, ela tem um plano que a tirará de Campbell, Indiana, para sempre: fazer faculdade na Pennington, tocar em sua orquestra mundialmente famosa e se tornar médica. Mas quando a ajuda financeira com que ela contava inesperadamente falha, os planos desmoronam… Até que ela se lembra da bolsa de estudos que sua escola reserva para o rei e a rainha do baile. Não há nada que ela tenha menos vontade de fazer do que isso, mas apesar de seu medo devastador dos holofotes, ela está disposta a fazer o que for preciso para chegar à Pennington. A única coisa que torna tudo isso suportável é a nova garota da escola, Mack. Ela é inteligente, engraçada e tão estranha quanto Liz. Mas Mack também está concorrendo à rainha. E agora? Entrar nessa competição vai afastar Liz de seus sonhos… ou torná-los realidade?

Uma publicação compartilhada por Editora Alt (@editoraalt) em

––––

A Edição de luxo de “O Duque e Eu”, o 1º livro da série “Os Bridgertons”, da autora Julia Quinn, que em breve será uma série original Netflix, já está disponível para compra. É uma edição nos moldes dos livros do século passado e está lindíssimo!

Para comprar o livro, basta clicar AQUI.

Confiram ainda a imagem do box e também mais informações sobre ele:

Os Bridgertons são oito irmãos que brigam como cães e gatos, brincam como melhores amigos e, acima de tudo, se amam incondicionalmente.
O duque e eu conta a história da quarta deles, a adorável Daphne, e inaugura uma das séries mais bem-sucedidas de Julia Quinn, que já teve mais de 1 milhão de livros vendidos no Brasil.
Esta edição, comemorativa dos 20 anos de lançamento, é uma singela homenagem aos livros em capa dura e formato pequeno, tão comuns no início do século XIX, quando se passa esta história apaixonante.

–––––

A Editora Galera Record divulgou um vídeo confirmando “Cidade da Lua Crescente”, o novo livro da autora Sarah J. Maas, para o mês que vem. Apesar do vídeo, ainda não foi divulgada a pré-venda.

Confiram o vídeo:

––––––

A Editora Morro Branco anunciou dois livros que chamou bastante nossa atenção: “Foundryside”, do autor Robert Jackson Bennett, o 1º livro da trilogia “The Founders” (Os Fundadores, em tradução livre), que contem altas notas e reviews por onde passa. O 1º livro foi publicado em 2018 e o 2º, “Shorefall”, foi publicado esse ano, ainda sem data para a publicação em inglês do 3º e último livro. Já o 2º livro é “Vita Nostra”, do casal Marina e Sergey Dyachenko. Os dois livros chamaram a atenção por estarem bem fora do que já estamos tão acostumados a receber, e novos ares na leitura sempre são bem vindos.

Você pode ler as sinopses em inglês clicando nos links a seguir: Foundryside e Vita Nostra.

Confiram os posts de anúncio da Editora:

Ver essa foto no Instagram

Quais as consequências de se interferir com a realidade? E quais as implicações morais de fazê-lo? Em 2021 queremos expandir suas noções de tempo e realidade, apresentando conceitos e universos diferentes de tudo que você já viu. E começamos essa exploração em Tevanne, um mundo onde magia e tecnologia se tornam indistinguíveis através de uma técnica conhecida como “scriving”, que utiliza comandos codificados para imbuir objetos do cotidiano com senciência. Em meio a uma cidade que se tornou uma vasta e impiedosa máquina capitalista, cabe a ladra Sancia Grado roubar um artefato que pode estar no centro de toda essa tecnologia mágica. Entre lidar com as Casas Mercantis que controlam essa magia e confiar nos mais improváveis aliados, ela tentará impedir uma guerra secreta que pode reescrever toda a realidade. Frequentemente elogiado por autores como Brandon Sanderson e presença constante nos principais prêmios da categoria, Robert Jackson Bennett é um dos principais autores contemporâneos de literatura fantástica e que finalmente iniciará sua aguardada trajetória no Brasil em 2021 com a publicação de Foundryside pela Editora Morro Branco. Deslize a imagem para ver o spoiler do anúncio da próxima semana.

Uma publicação compartilhada por Editora Morro Branco (@editoramorrobranco) em

Ver essa foto no Instagram

Imaginem um livro que desafia qualquer classificação ou gênero. Uma ficção metafísica? Quem sabe um livro de realismo mágico escrito pelos vencedores dos grandes prêmios do leste europeu? Um Harry Potter soviético escrito por Kafka talvez? Independentemente de sua escolha, essa obra lhe acompanhará pelo resto de sua vida. Sasha também não sabe as respostas para suas muitas perguntas. Coagida por um estranho a realizar as mais peculiares tarefas, ela deve se inscrever no remoto Instituto de Tecnologias Especiais, onde obscuras lições desafiarão suas noções de realidade. Mas o aprendizado tem um custo. E eventuais transgressões serão punidas exemplarmente, se não por ela, por seus entes queridos. O medo não pode prevalecer. Com uma complexa mistura de magia, ciência e filosofia, os autores ucranianos Marina e Sergey Dyachenko criaram uma experiência única e poderosa, diferente de tudo que você já leu. Vita Nostra chega com exclusividade pela Morro Branco em 2021. Você tem coragem para descobrir o que nos aguarda além do conhecido? Deslize a imagem para ver o spoiler do anúncio da próxima semana.

Uma publicação compartilhada por Editora Morro Branco (@editoramorrobranco) em

––––––––

Vocês gostam de podcasts? Aqui somos fãs – acho que vocês já sabiam porque já tivemos um, lembram? Quem sabe um dia…

Mas indo direto pra notícia, a Editora Seguinte está lançando a Estação Seguinte, seu podcast. e já trouxeram em áudio as mesas da FLIPOP2020! Foi um ótimo evento e nós super indicamos para vocês ouvirem (ou assistirem, já como os vídeos também estão no canal da Editora no Youtube (você pode assistir clicando AQUI).

Para ir para o canal do Spotify, basta clicar AQUI.

Ver essa foto no Instagram

Atenção, flipopers: 12 bate-papos da #Flipop2020 agora também estão disponíveis em áudio! 🎧✨ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Esses programas inauguram a ESTAÇÃO SEGUINTE, nosso podcast. A partir de agosto, teremos episódios inéditos mensalmente, trazendo discussões sobre literatura jovem e novidades da Seguinte. Coloque seus fones de ouvido e venha escutar a gente! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 🎧 Estação Seguinte já está disponível no Spotify e no Pocket Casts. Em breve também disponível em outras plataformas. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ #flipopcast #flipop #podcast #estaçãoseguinte #editoraseguinte #bookstagram #bookstagrammer #igliterario

Uma publicação compartilhada por Editora Seguinte (@editoraseguinteoficial) em


–––––––––

A adaptação do livro “Estou pensando em acabar com tudo”, do autor Iain Reid, está chegando na Netflix dia 4 de setembro próximo e vamos assistir com toda certeza. Já lemos o livro e é um ótimo suspense com uma grande reviravolta no roteiro. Você pode ler a sinopse e comprar o livro clicando AQUI.

Agora confiram a sinopse do filme e o trailer:

Apesar de ter dúvidas sobre seu relacionamento, uma jovem (Jessie Buckley) faz uma viagem com seu novo namorado (Jesse Plemons) para a fazenda da família dele. Isolados na casa com os pais de Jake (Toni Collette e David Thewlis) durante uma tempestade de neve, a jovem começa a questionar tudo o que imaginava saber sobre seu namorado, o mundo e si mesma.

––––––––––

Tem mais um trailer: inspirado no livro “Quase Uma Rockstar”, do autor Matthew Quick, o filme homonimo ganhou seu primeiro trailer em um filme também original Netflix que chega no dia 28 de agosto próximo. Você pode ler a sinopse e comprar o livro clicando AQUI.

Confiram a sinopse do filme e o trailera:

Amber Appleton (Auli’i Cravalho) é, por natureza, uma otimista incorrigível, embora sua vida seja mais complicada do que aparenta. Aluna do ensino médio com grande talento para a música, Amber tenta conciliar o trabalho, a vida e alguns difíceis segredos sempre com um sorriso no rosto, na esperança de conseguir estudar na Carnegie Mellon. Mas quando novos obstáculos ameaçam seus sonhos, Amber precisa aprender a contar com a família que ela escolheu e seguir em frente. Com direção de Brett Haley (Por Lugares Incríveis, Corações Batendo Alto) e baseado no livro de Matthew Quick, Quase uma Rockstar estreia na Netflix em 28 de agosto.

–––––––––––

Chegamos ao fim de mais uma coluna agradecendo, mais uma vez, por vocês estarem com a gente aqui, além de desejar que vocês continuem seguros e bem, assim como seus familiares e pessoas amadas! Até mês que vem, pessoal, com a esperança de tempos melhores para todos nós!

Lembrando que essa coluna não traz todos os lançamentos do mês, mas um apanhado com os livros que mais chamaram a atenção de nossa equipe e são o foco dos nossos seguidores, com as datas estimadas das publicações e novidades de contratos fechados sobre livros que sabemos que todos estão ansiosos por sua publicação e algumas dicas de nossa equipe pra vocês, com alguns comentários! Caso você tenha alguma dica de algum livro que está muito ansioso(a) para ler, manda a dica pra gente em [email protected] que analisaremos colocar sua indicação aqui!

Arquivado nas categorias: Blog , Livros com as tags:
Postado por:
Você pode gostar de ler também
18.09
“A Deadly Education” (Scholomance #1) Naomi Novik ARC recebido em formato de eARC em parceria...
15.09
Essa semana estava procurando algo para assistir, mas são tantas opções que a gente fica...
11.09
Sinopse: Full of menace and suspense comes this unputdownable original paperback thriller perfect...
10.09
Hoje é o dia mundial de prevenção ao suicídio e para falar sobre o assunto, fizemos uma pequena ...
08.09
Já estamos chegando no quarto final do ano, e que ano difícil pra todo mundo, hein? Pelo menos t...
04.09
“The Lost Book of the White” (As Maldições Ancestrais #2) Cassandra Clare e Wesley Chu Simo...

Deixe seu comentário



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook