22.09

Mas Tem Que Ser Mesmo Para Sempre?
Sophie Kinsella

Páginas: 378
Editora Record

SKOOB

Juntos há dez anos, Sylvie e Dan compartilham todas as características de uma vida feliz: uma bela casa, bons empregos, duas filhas lindas, além de um relacionamento tão simbiótico que eles nem chegam a completar suas frases – um sempre termina a fala do outro.

No entanto, quando os dois vão ao médico um dia, ouvem que sua saúde é tão boa que provavelmente vão viver mais uns 68 anos juntos… e é aí que o pânico se instala. Eles nunca imaginaram que o “até que a morte nos separe” pudesse significar sete décadas de convivência. Em nome da sobrevivência do casamento, eles rapidamente bolam um plano para manter acesa a chama da paixão: de um jeito criativo e dinâmico, passam a fazer pequenas surpresas mútuas, a fim de que seus anos (extras) juntos nunca se tornem um tédio.

Porém, assim que o Projeto Surpresa é colocado em prática, contratempos acontecem e segredos vêm à tona, o que ameaça sua relação aparentemente inabalável. Quando um escândalo do passado é revelado e algumas importantes verdades não ditas são questionadas, os dois – que antes tinhas certeza de se conhecerem melhor do que ninguém – começam a se perguntar: Quem é essa pessoa de verdade?…”.

Eu sou uma leitora de Sophie Kinsella há bastante tempo e o que sempre me encantou de sua escrita é o poder que ela tem de criar personagens que transformam qualquer situação em algo engraçado. Toda vez que leio suas protagonistas, eu consigo imaginá-las perfeitamente assim como suas falas… Consigo ver personagens reais em situações reais e é isso que eu amo tanto nos livros da Sophie. Em Mas Tem Que Ser Mesmo Para Sempre?, nós podemos ver exatamente isso… Personagens engraçados e uma história envolvente.

A história começa com o Casal com C maiúsculo descobrindo a partir de exames que suas vidas serão longas e saudáveis e com isso eles poderão ter um casamento de mais de 68 anos. Após essa notícia, Sylvie e Dan se pegam analisando todo seu futuro, o que eles poderiam fazer com esse tempo juntos e isso deixa os dois surtados e não é pra menos, certo? Felizes para sempre é algo que todo mundo diz, mas pensar que pode ser real ou bem próximo disso pode ser assustador.

Os dois são completamente aquele casal que a gente olha na rua e fala, nossa se esse casal se separar é porque amor não existe. Eles completam a frase um do outro, sabem os gostos, o que vão pedir em um restaurante antes mesmo que eles falem e tem duas meninas lindas ainda pra ajudar na equação. Eles são felizes, mas a notícia dos 68 anos acaba desestabilizando o casal ao ter medo do relacionamento poder ficar monótono e com isso eles acabam inventando algumas coisas para que cada dia do casamento seja um novo dia. O problema é que Sylvie é pega de surpresa com um achado na gaveta e se dá conta de que não conhece o marido assim tão bem como imaginava. Isso tira a nossa protagonista do chão.

Nós dividimos nossa vida em décadas. Em cada década fazemos algo diferente e legal. Conquistamos coisas. Nos superamos. Tipo, que tal se, por uma década inteira, a gente só se falasse em italiano?
— O quê?

Sophie sempre escreveu Chick-lit voltado para um publico mais jovem e agora ela chegou para arrasar com uma personagem casada, mais velha e com a familiar pitada de comédia. Eu não poderia amar mais. Sylvie tem seu jeito romântico, engraçado e ansiosa e completa demais Dan que é mais concentrado e realista; os dois se completam de uma forma linda. O casamento dos dois é algo lindo de se ler e você se pega morrendo de medo de tudo da errado. ELES SÁO FOFOS DEMAIS!!!!! O livro relata a verdadeira face de um casamento: seus problemas, seus bons momentos, o medo do amor não ser o bastante e principalmente, mostra que as vezes temos que deixar de lado nosso querer para o melhor da outra pessoa.

O livro é indicado há todos que adoram um bom chick-lit, uma leitura leve e rápida, quer um livro para dar umas boas risadas e torcer por um casal louco. E é claro, se você nunca leu nada da Sophie, PARA TUDO QUE VOCE ESTÁ FAZENDO E VÁ LER e vem comentar com a gente.

Para comprar “Mas Tem Que Ser Mesmo Para Sempre?”, basta clicar no nome da livraria:
Amazon, por R$ 22,02.
Saraiva por R$ 23,31 com o cupom LIVRO10.
Cultura, por R$ 34,32 com o cupom AWIN20.
Saraiva por R$ 25,90.

Arquivado nas categorias: Blog , Livros com as tags: , .
Postado por:
Você pode gostar de ler também
22.09
“Terror a bordo: 17 histórias turbulentas” Stephen King Suma – 2020 – 288 páginas Do mes...
18.09
“A Deadly Education” (Scholomance #1) Naomi Novik ARC recebido em formato de eARC em parceria...
15.09
Essa semana estava procurando algo para assistir, mas são tantas opções que a gente fica...
11.09
Sinopse: Full of menace and suspense comes this unputdownable original paperback thriller perfect...
10.09
Hoje é o dia mundial de prevenção ao suicídio e para falar sobre o assunto, fizemos uma pequena ...
08.09
Já estamos chegando no quarto final do ano, e que ano difícil pra todo mundo, hein? Pelo menos t...

Deixe seu comentário



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook