18.04

padrao_banechroniclesofficial1

Sarah Rees Brennan liberou um trecho inédito do conto Vampires, Scones and Edmund Herondale e Maureen Johnson do conto The Runaway Queen, ambos de As Crônicas de Bane, no Live Chat que ocorreu hoje (18 de Abril) com Cassandra Clare.

Confiram abaixo eles traduzidos. Mas Atenção: Contém SPOILERS!

The Runaway Queen
Magnus estava pegando uma rota diferente, uma que o levava por um caminho acidentado de Paris. A estrada aqui não era lisa. Estava brutalmente quente em seu cabriolé conforme ela solavancava por seu caminho. Magnus animou um de seus ventiladores Chineses favoritos, e ele oscilava inefetivamente contra ele, mal movimento a brisa. Estava, se ele fosse completamente honesto com sigo mesmo (e ele não queria ser), um pouco quente demais para seu casaco colorido com listas azuis e rosas, feito de tafetá e cetim, e seu colete de seda enfeitado com uma cena de pássaros e querubins. O colarinho, e a peruca, e os tecidos de seda, e suas novas luvas maravilhosas no mais delicado amarelo limão… estava um tudo um pouco quente.
Mesmo assim. Se alguém pudesse parecer tão fabuloso, ele deveria ter a obrigação de fazer isso. As pessoas deveriam usar tudo, ou então não deveriam usar nada.

Vampires, Scones and Edmund Herondale
-Muito bem – Magnus disse – Vamos pausar por um momento e considerar… oh, você já foi. Explêndido!
Ele se encontrou com o casaco de Edmund nas mãos, arrancado e deixado em um monte na calçada, e seu chapéu, girando gentilmente ao lado.
Edumund pulou e deu uma cambalhota no ar, saltando destramente em cima do teto da carruagens. Conforme ele fazia isso, ele retirava as armas das dobras de suas roupas: os dois chicotes que ele havia mencionado antes, arcos de luz penetrante pelo céu noturno. Ele manejava os chicotes com precisão, sua luz emitindo fogo dourado em seu cabelo despentado e lançado um briho em suas feições, e com isso Magnus viu que seu rosto mudava de um rosto de um garoto sorridente para a continência severa de um anjo.
Um chicote se enrolou na cintura do demônio como a mão de um cavalheiro em volta de uma dama em uma vasa. O outro se fixou firme como arame em sua garganta. Edumundo girou uma mão e o demônio girou, se chocando contra o chão
– Você ouviu a senhorita – disse Edumundo – solte ela.

Arquivado nas categorias: As Crônicas de Bane com as tags:
Postado por:
Você pode gostar de ler também
16.05
Cassandra Clare postou em seu tumblr mais um extra: agora é uma dedicatória em um caderno de anota...
13.10
Aproveitando um artigo do site “Riverted”, que faz um apanhado de contos aonde os personagens da...
30.01
Muito tem se especulado sobre os direitos de imagens de “As Crônicas dos Caçadores de Sombra...
01.02
Durante o final de semana, Cassie respondeu uma ask em seu Tumblr desmistificando uma crença da...
27.01
Cassandra Clare, Sarah Rees Brennan e Maureen Johson, as autoras de “As Crônicas de Bane” t...
30.11
Mais uma vez, Cassie tirou tempo para responder os fãs no tumblr, e o assunto dessa vez foi dec...

Deixe seu comentário

1 comentário em “Dois Novos Trechos de contos de As Crônicas de Bane”







Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook