15.02

Oi pessoal! Essa semana vim falar para vocês de um lançamento recente da Marvel: Eternos

Para quem ainda não ouviu falar, segue a sinopse de Eternos:
Eternos são seres super dotados com características como imortalidade e manipulação de energia cósmica, e eles são frutos de experiências fracassadas de seu próprio criador, o Celestial Arishem, desde a criação da Terra há milhões de anos. Destinados a salvar o mundo e a raça humana dos Deviantes, seres também criados pelo Celestial, os Eternos então derrotam tais seres e seguem caminhos diferentes, esperando que seu criador volte com boas novas. Mas após séculos e milênios aguardando ele, o grupo de heróis imortais agora precisa se preparar para uma nova ameaça, e precisam lutar contra os Deviantes novamente para garantir a segurança da humanidade. Muitos conflitos internos podem surgir, entre o amor que sentem pela Terra e a necessidade de protegê-la acima de tudo, e a fé naquilo que está acima deles. Cada um deverá lutar pelo o que acredita, e defender o que for mais importante. Eternos se passa pouco tempo após os acontecimentos de Vingadores: Ultimato (2019), dentro do universo MCU, inspirado nos quadrinhos, em adaptação da Marvel Studios.

Ok, para começar quero deixar claro que não li os quadrinhos, e minha opinião será inteiramente baseada no filme. E é MINHA. Da Laura, e não de todo mundo do Idris.

Vou falar para vocês que minhas expectativas para esse filme eram ALTÍSSIMAS. Afinal de contas, a Marvel nunca decepcionou, né? Pelo menos a mim, não.
Mas tudo tem a primeira vez, pessoal. KKKK

Eu havia assistido o trailer de Eternos no cinema, encantei com a ideia da super produção, havia ouvido falar bastante da representatividade prometida no filme (isso não decepcionou, vamos falar mais adiante). Vi que o filme contava com estrelas de longa data, como Angelina Jolie. Fiquei super na expectativa!!

E fui muito desapontada.
Agora vamos lá:
O filme não é de todo HORRÍVEL. Mas em comparação com os outros filmes da MARVEL ele é muito, MUITO, mas MUITO fraco mesmo.
Porque?
Primeiro que até os efeitos especiais chegam a ser fracos se comparados com os outros filmes… Segundo que o elenco tão aclamado também não está lá grandes coisas no filme.

Falando da história em si…. ela é bem superficial. Para um filme de quase três horas, senti que as coisas poderiam ter sido muito melhores apresentadas, ali naquele espaço de tempo. Mas elas não foram. As linhas temporais se confundem, o background de cada personagem mal toca a superfície, os fatos são mal apresentados e mal justificados. Há algumas falhas de enredo… enfim, tudo é muito confuso…
Levou aproximadamente 1h15min para que o filme COMEÇASSE a fazer sentido…

Os personagens, ETERNOS, são muito, muito mal desenvolvidos. Enquanto alguns deles são super explorados, outros, que prometem trazer representatividade, por exemplo, têm pouquíssimo tempo de tela. Como é o caso de Makkari. Uma personagem surda-muda.

O único ponto forte do filme, no meu ponto de vista, é a representatividade.
O filme traz, além de tudo, a primeira cena de sexo da MARVEL (que não é assim, impressionante. Na verdade é bem mais ou menos, mas isso é aceitável por causa da idade do público).

Já o primeiro casal LGBT apresentado em um filme da Marvel também deixou a desejar. O casal aparece pouco, mas pelo menos a representatividade está ali, certo?

Também temos a primeira personagem com NE da MARVEL. Makkari. Ela tem o poder de se movimentar muito muito rápido, tipo o flash. E haveria ali, potencial para que a personagem fosse muito mais desenvolvida. Achei ela incrível e senti muito por não ter visto mais de Makkari no filme.

Então é isso. Ao mesmo tempo que o filme ganhou pontos por representar perdeu pontos por não representar como mereciam ser representados. E por muitas outras coisas.

A fotografia do filme, por exemplo, é péssima. O filme é escuro quase o tempo todo. Naquele nível que você quase tem que apertar os olhos para conseguir enxergar.

A trilha sonora até que é ok. Conta com bandas como Pink Floyd. O que eu achei bem legal.

Como eu disse, o filme fica avançando e voltando no tempo, e gente, não é uma experiência que contribui para o entendimento do plot. Pelo contrário. Eu senti que o clímax do filme, incluindo todas as lutas são bem, bem fracas e mal desenvolvidas.

Enfim, pessoal. Tentei procurar mais pontos positivos no filme para trazer para vocês, mas sinceramente não achei nenhum além da representatividade. E só por isso ele leva duas estrelas e meia.

MAAAAS… conversando com a Virna, que, aliás, gostou bastante do filme, ela apontou outro ponto super válido e bem representado no filme: a Fé. O que acontece, pessoal, é que muitas vezes absorvemos a opinião e/ou fala do outro como uma verdade absoluta. E aquilo acaba nos decepcionando. Se vocês observarem no filme, eles pareciam uma seita e acreditaram no que falavam para eles sem sequer questionar nada sobre. Já vi pessoas perderem o chão por acreditarem cegamente em algo e não ser verdade. E Eternos passa muito bem essa mensagem: você pode ouvir o outro, pode conhecer a opinião do outro e seus motivos. Mas utilize isso para construir SUA própria opinião. A SUA verdade. Não tome nada como absolutamente verdadeiro. Pensar por si é muito importante!

Vou com as expectativas mais baixas para o próximo filme da MARVEL, já que tudo que eles entregaram em Spider Man foi meio decepcionante em Eternos.
E quem sabe depois do próximo volto aqui para contar o que achei para vocês.

Eternos está disponível no streaming da Disney+

O trailer de ETERNOS segue abaixo:

Lembrando, pessoal, que essa opinião é MINHA. Não da equipe toda.
Tem alguma sugestão de filme ou livro que você gostaria de ver avaliado por aqui? Manda para gente no Twitter ou no Instagram!


Postado por:
Você pode gostar de ler também
27.05
Sinopse: Nesta versão de My Fair Lady às avessas escrita por Lauren Layne, uma socialite de Manha...
24.05
“A Estrada da Noite” Joe Hill ‎Arqueiro – 2022 – 320 páginas Tradução: Mário Molina A...
23.05
Começou hoje, 23/00, o Festival Geek Gamer Amazon, com grandes descontos em eletrônicos, livros e ...
22.05
Sinopse: The challenge: spend a week hiding in an abandoned amusement park and don’t get caught. ...
20.05
Sinopse: No terceiro volume da série Heartstopper, acompanhamos os primeiros desafios do namoro de...
17.05
“This Time Tomorrow” Emma Straub ARC recebido em formato eBook em parceria com a Penguin Random...

Deixe seu comentário



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook