28.08

Sinopse: Começar de novo é um saco.

Quando a gente se mudou para o interior, bem no início do último ano do colégio, eu já vinha me preparando para o sotaque caipira, o tédio, a internet lenta e um monte de chatices…Até dar de cara com o meu vizinho lindo, alto de dar tontura e com intimidantes olhos verdes. Hummm…os prognósticos estavam melhorando.

Até que…ele abriu a boca.

Daemon é irritante. Arrogante. Dá vontade de matar. A gente não se dá bem. Não mesmo. Mas, quando um caminhão quase me transforma em panqueca, o garoto literalmente congela o tempo com um aceno de mão e aí, bom, algo inesperado acontece.

O alien gato (meu vizinho) tem poderes!!!

Você me ouviu bem. ALIEN! A verdade é que ele e a irmã têm uma galáxia de inimigos que querem roubar seus poderes. O rastro que deixou em mim brilha como árvore de natal e isso não é nada bom. O único jeito de sair viva dessa é ficar colada em Daemon até a magia alienígena desaparecer.

Quer dizer, isso se eu não matar o cara primeiro.

Obsidiana”, o primeiro livro da Saga “Lux” começa nos contando a história de Kat, uma garota de 17 anos que se mudou no ultimo ano do colégio para West Virginia porque ela e a mãe dela precisavam de um recomeço depois da morte do pai da garota, um lugar onde tudo não lembrasse ele.

A mãe de Kat trabalha muito, mesmo tendo chegado a pouco na cidade e com medo da filha ficar muito tempo sozinha ela incentiva a garota a fazer amizade com os vizinhos que parecem ter a mesma idade dela e é assim que Kat se vê em frente a casa de Daemon e tenta fazer amizade com o outro que não é nada além de grosso e arrogante com ela, a tratando como se ela fosse idiota.

.
“Por um instante, tudo o que consegui fazer foi olhar para ele. Era provavelmente o cara mais gato que eu já tinha visto em carne e osso, mas era também um completo babaca. Vai entender.”

Um tempo mais tarde, Kat conhece Dee, irmã gêmea de Daemon e com ela sim a garota faz uma amizade – apesar dos apelos nada sutis de Daemon para que ela deixasse a família dele em paz, como se ela não fosse boa o bastante para andar com a outra garota, a deixando com uma pulga atrás da orelha.

Não demora muito para que Kat note que tem algo bem estranho não só com eles, mas com a forma que todos reagem a eles – e a ela – naquela cidade, como se não fosse nada natural que ela e Dee fossem amigas. E um dia, em meio a um rompante de raiva que Kat tem de Daemon, tentando fugir dele, ela é quase atropelada – e é salva por ninguém menos que ele, que usou seus poderes para parar o caminhão que a atropelaria, enfim revelando toda a verdade: Daemon e sua irmã são aliens – e não são os únicos que tem na cidade.

.
“Rosto bonito, corpo perfeito e péssima atitude. A santíssima trindade do boy magia.”

Acontece que o planeta de Daemon e Dee foi atacado muitos anos atrás pelos Aruns, que são seres de outro planeta também e espalham destruição onde passam e isso obrigou todos eles a buscarem abrigo na terra para não serem mortos. Vários estão espalhados não só pela cidade, mas por partes do mundo e nos Estados Unidos eles tem que prestar contas ao departamento de defesa dos Estados Unidos, assim como não podem deixar que nenhum humano saiba sobre a existência deles, então apenas por Kat saber agora o que sabe, a vida deles já corre enormes perigos – além de terem uma eterna luta com os Aruns e de ter que superar a perda do irmão deles que aconteceu alguns anos atrás.

Eu queria dizer que esse livro é o verdadeiro caso de que não devemos julgar um livro pela capa. Quando a Virna me indicou esse livro e eu vi a capa dele, eu torci o nariz no mesmo minuto, mas no final assim que eu comecei a ler, simplesmente não conseguia parar porque é uma história muito gostosa e divertida de se acompanhar. “Obsidiana” não é um daqueles livros que você tem que por todo um máximo de concentração e atenção para não perder nada da história, ele é bem simples e é bem divertido.

.
Não vou deixar nada de ruim acontecer com você.
Meu peito inflou. Seu toque me acalmava. Essas palavras me preencheram com um desejo arrebatador, inesperado. Era gostoso ficar ao lado dele.”

O plot principal tem uma pegada meio misturada de Crepúsculo com Roswell (a série antiga, não a atual!) e é simplesmente muito engraçadinho e divertido. E os personagens são maravilhosos. Kat não é aquela tipica mocinha que aceita tudo com corações nos lugares dos olhos. Provavelmente se Daemon falasse que gostaria de matar ela, como alguns dos nossos mocinhos favoritos fazem, ela desceria a mão nele para que parasse de loucura.

E então nós temos Daemon que é, na melhor das melhores falas, um canastrão sem vergonha. Ele é péssimo, é grosso e eu sinceramente daria o mundo inteiro se ele me pedisse, porque ele é aquele tipo de personagem que, por mais raiva que a gente – e a protagonista – sinta dele, nós simplesmente não resistimos aquele charme por trás de toda essa mascara de bad boy que se acha melhor que todo mundo.

.
“- Os Arum vão acabar matando o Daemon. – O tom dela não se alterou nem um pouco. Permaneceu imutável. – Por sua causa, pequena humana. Ele vai ser morto tentando te proteger.

Dee é simplesmente uma das melhores também. Ela é divertida, ao mesmo tempo em que ela é visivelmente traumatizada com coisas que aconteceram envolvendo ela, os irmãos e humanos. Ela tem muito medo que Kat deixe de ser amiga dela por conta das grosserias de Daemon, mas também depois de descobrir o que eles realmente são.

Eu adorei cada parte desse livro, eu realmente me diverti bastante e mal posso esperar para colocar minhas mãos nos próximos. Se você gosta de Crepúsculo, de Sussurro e da série antiga de Roswell, ou apenas está afim de uma diversão sem nenhum compromisso muito sério, esse livro é perfeito para você. Vai por mim, você vai amar!

Para comprar “Obsidiana” basta clicar no nome da livraria:

Amazon.
Submarino.
Travessa.
Cultura.

Arquivado nas categorias: Blog , Livros com as tags:
Postado por:
Você pode gostar de ler também
18.09
“A Deadly Education” (Scholomance #1) Naomi Novik ARC recebido em formato de eARC em parceria...
15.09
Essa semana estava procurando algo para assistir, mas são tantas opções que a gente fica...
11.09
Sinopse: Full of menace and suspense comes this unputdownable original paperback thriller perfect...
10.09
Hoje é o dia mundial de prevenção ao suicídio e para falar sobre o assunto, fizemos uma pequena ...
08.09
Já estamos chegando no quarto final do ano, e que ano difícil pra todo mundo, hein? Pelo menos t...
04.09
“The Lost Book of the White” (As Maldições Ancestrais #2) Cassandra Clare e Wesley Chu Simo...

Deixe seu comentário



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook