25.06

Depois de duas edições maravilhosas do festival Na Janela, a editora Companhia das Letras nos presenteia com sua 3º edição, agora voltado para a luta antirracista! O festival, no mesmo modelo dos dois anteriores, terá lives no canal do YouTube da Editora e os leitores poderão contribuir com perguntas nas conversas durante o curso das conversas. O evento acontecerá nos dias 26, 27 e 28 de junho.

Nos dias 26, 27 e 28 de junho, seis bate-papos e uma intervenção poética colocam em foco um debate premente para a construção de uma democracia plena: a ampliação das vozes e da luta antirracista. Com a participação de escritores, educadores, jornalistas, ativistas, pesquisadores e empreendedores, as #JornadasAntirracistas vão discutir temas diversos e prestar uma homenagem a Sueli Carneiro, uma de nossas maiores intelectuais contemporâneas, ativista e feminista antirracista.

Precisamos reafirmar q todos vocês o quão importante tem sido os Festivais Na Janela. Como mulher e brasileira, as duas primeiras edições me ajudaram bastante a entender diversos momentos de nosso cenário atual, além de capacitar a ampliação de nossa visão sobre cultura, politica e desenvolvimento, tanto através da 1º edição, que se tratou de literatura de ficção nacional quanto da 2º Edição, que se focou em literatura nacional de não-ficção. É algo para não se perder.

Você pode ler nosso post e assistir a 1º edição do Festival Na Janela, clique AQUI. Já para ler o post e assistir a 2º edição do Festival Na Janela, clique AQUI.


Além disso, a Amazon Brasil está com uma página com que os títulos mencionados durante o evento e muitos outros relacionados com o tema do festival estão com descontos especiais – clique AQUI para conferir.

Confira abaixo a programação completa do Festival Na Janela:

Sexta-feira, 26 de de junho
18h | Abertura: Performance de lançamento do livro “Não pararei de gritar”, com Carlos de Assumpção. Mediação: Paulo Sabino.

Sábado, 27 de junho
15h | Educação e infâncias negras
Com Bel Santos, Kiusam de Oliveira e Otávio Júnior. Mediação: Juê Olívia

17h | Racismo estrutural e institucional
Com Cida Bento, Jurema Werneck e Silvio Almeida. Mediação: Ronilso Pacheco.

19h | Feminismos negros: Uma homenagem aos 70 anos de Sueli Carneiro
Com Sueli Carneiro, Bianca Santana e Djamila Ribeiro. Mediação: Flávia Oliveira.

Domingo, 28 de junho
15h | Ficções contemporâneas
Com Jarid Arraes, Jeferson Tenório e Jessé Andarilho. Mediação: Adriana Couto.

17h | Cultura, ativismo e empreendedorismo
Com Eliane Dias, Monique Evelle e Nina Silva. Mediação: Flavia Lima.

19h | Qual democracia?
Com Acauam Oliveira, Samuel Gomes e Thiago Amparo. Mediação: Flavia Rios.

O festival será transmitido por meio de lives no canal da Editora no YouTube.

Para mais informações, acesse o post oficial do evento no Instagram.

Não vamos perder por nada e contamos com vocês lá!

#LeiaEmCasa

Arquivado nas categorias: Blog , Livros com as tags:
Postado por:
Você pode gostar de ler também
10.07
“Os Olhos da Escuridão” Dean Koontz Citadel Editora – 2020 – 272 páginas Uma busca por u...
07.07
Vem conferir o que sai lá na gringa esse mês! LANÇAMENTOS DE JULHO The Princess Will Save Yo...
03.07
“Eleanor & Park” Rainbow Rowell Seguinte– 2020 – 360 páginas Uma das maiores obras d...
02.07
A FLIPOP online 2020 irá acontecer entre os dias 9 à 12 de julho e não poderíamos estar mais ani...
30.06
“Daqui a cinco anos” Rebecca Serle Paralela – 2020 – 291 páginas Uma história de amor ...
26.06
“O que sabe o coração” Jessi Kirby Rocco Jovens Leitores – 2018 – 320 páginas Quinn Su...

Deixe seu comentário



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook