01.05
Hoje estou aqui com um post indicação pra vocês! Não é uma crítica toda cheia de análises e não é uma resenha. É uma indicação super despretensiosa e de coração, de uma série que amei muito e queria muito que fosse mais conhecida, fiquei louca para compartilhar essa dica para vocês!

Estou falando de uma série que estreou semana passada, uma nova Original Netflix, Love 101. É uma série teen, de origem turca. ASSISTAM!!!!

Eu simplesmente devorei essa série domingo passado. Vi ela todinha sem pausas, não descansei enquanto não terminei.

Love 101 conta a história de quatro adolescentes problemáticos que, com a aluna modelo da escola, se juntam para unir a professora deles com o treinador de basquete. O objetivo?? Evitar a expulsão dos problemáticos. Nesse percurso eles acabam criando uma amizade incrível.

Uma sinopse simples, mas que esconde muita coisa. Essa série possui uma sensibilidade, simplicidade, drama e carga emocional que fazia tempo que eu não encontrava em séries adolescentes e que são características que tanto amo.

A história da série começa quando uma das alunas, já com seus trinta e poucos anos nos dias atuais, tem ideia de juntar seus amigos do ensino médio. Uma época que aparentemente mudou a vida de todos eles. Então ela começa a se recordar de como a amizade deles começou. E assim a história se desenvolve, no ano de 1998, o enredo principal da série se passa nesse ano.

Esse foi um dos pontos que mais me pegou nessa série. Ela se passar em 1998 fez toda a diferença para mim, senti um sabor de “Clube dos Cinco”, de filmes clássicos adolescentes dos anos 80 e 90. Um sabor de nostalgia e um sabor amargo também do tempo que passou, já que vemos nuances da história também nos dias atuais. Outro ponto que me pegou foi a ambientação em Istambul, que é uma cidade lindíssima.

A trilha sonora é um personagem a parte, sempre tocando músicas apropriadas em momentos apropriados, para despertar nossas emoções. Além de músicas turcas lindíssimas, também temos velhas conhecidas do ocidente. Muita música dos anos 80 e 90 embalam essa história, como “Torn” da Natalie Imbruglia, a clássica “Should I Stay or Should I Go” de The Clash, artistas como The Cranberries, Bon Jovi e Pixies também marcam presença. Assim como músicas e artistas contemporâneos como Tom Odell, Arcadian Child, Franz Ferdinand. Destaque para a belíssima versão de “We are Young”, em uma versão acústica interpretada por The Mayries. Uma trilha sonora que é o equilibrio perfeito entre a Turquia, o ocidente, o nostalgico e o novo.

Love 101 é muito mais que uma série adolescente. É uma série sobre amizade, sobre o passado e o futuro. Sobre adolescentes e sobre os adultos que eles se tornam.

Love 101 tem os personagens adolescentes mais cativantes que há tempos eu não via. E o melhor: foge de muitos estereótipos clássicos no gênero. Aqui não temos a “bitch”, o pegador, o triangulo amoroso escolar, a rivalidade feminina. Os personagens são muito únicos, todos com questões fortes da adolescência. Sem soar bobo, mas também sem soar um dramalhão. Eu senti tanta verdade neles, tanto por suas personalidades quanto caracterização. Natural em seus cabelos, maquiagens e roupas. Mesmo sendo atores mais velhos (como quase sempre é nesse tipo de produção), a gente realmente “compra” eles (ou maioria deles) como adolescentes.

A ousada Eda, a exemplar e fofa Işık, o rebelde Kerem, o deprimido Sinan e o espirituoso Osman. Como não se apegar nesses cinco? Dificilmente termino uma série teen com sentimento tão grande de “PROTEJAM MEUS FILHOS” com todos eles como aconteceu aqui. E acho que rola realmente uma identificação, sabe? Acho que todos nós já fomos adolescentes tão perdidos quanto eles. Acho que todos que somos adultos e vivemos grandes amizades na adolescencia, hoje nos perguntamos e nos questionamos sobre aqueles sentimentos.

Professora Burcu e o treinador Kemal: adultos importantíssimos para a trama toda. Consegui me apegar no elenco teen E nos adultos também. Burcu é uma mulher INCRÍVEL. Todas as mulheres dessa série são. O girl power rola DEMAIS aqui. E obviamente rolou identificação com o elenco adulto também. Burcu uma mulher forte e independente, fiel aos seus ideais e insegura com sua vida sentimental. Vale destacar que a roteirista da série é uma mulher e nós mulheres sabemos que, quando a série é escrita e/ou dirigida por mulheres, sempre rola um cuidado e carinho maior na caracterização feminina. Ponto pra Love 101!

Junto esse elenco protagoniza cenas memoráveis. Tantas cenas sensivelmente bem escritas, dirigidas e interpretadas (QUE ELENCO!). Seja na dor, no amor, na angústia. Seja mergulhado na água, rabiscando um papel, segurando um guarda-chuva ou um quadro. Um tocar de mãos, um olhar ou um sorriso triste pra uma foto. Uma pulseira que viaja, uma pomba que pousa. Cada sutileza que representa o que mais amo em séries e dramas. Vocês também são fãs de detalhes e analogias?

Mas não é só de drama que Love 101 é feito. Temos também comédia. Seria essa série uma “Dramédia”? Provavelmente. Todo o plot que une os adolescentes, o plot onde tudo começa, o de fazer a Professora (Burcu) se apaixonar é bem divertido.

Eu não sei mais o que dizer. SÓ ASSISTAM LOVE 101. Vocês vão se divertir, chorar, suspirar, shipar, rir, ficar nostálgicos. Vai aquecer e espremer o coraçãozinho de vocês. Se vocês gostam de série teen mais sensível, com equilíbrio perfeito entre diversão e drama, essa série é pra vocês assim como foi para mim.

Eu conheço séries turcas, amo e me viciei em várias, tenho uma relação de amor e ódio com o que a Turquia produz. Se é produção turca eu já sei que provavelmente ou vou odiar ou será meu mais novo amor. Love 101 virou meu novo amor.



Se gostarem, comentem nas minhas redes @crookedsxint e @IdrisBR.

LOVE 101
1ª Temporada (24 de abril de 2020)
Onde assistir: Netflix
Roteirista: Meriç Acemi
Sinopse:

A história começa em Istambul nos dias de hoje, quando uma mulher chega a uma casa velha. Lá, ela lembra o passado e os amigos de sua juventude.

1998. Um grupo de jovens (Eda, Osman, Sinan e Kerem) que estudam em uma escola de Istambul correm risco de serem expulsos por causa de seu mau comportamento. Eles são muito diferentes de seus colegas de classe e, portanto, muito solitários. Para evitar isso, os alunos se unem e fazem um plano: eles precisam fazer a professora deles se apaixonar. E, para isso, eles pedem ajuda a Işik, uma excelente aluna e uma garota com um grande coração. Logo ela se torna parte do grupo deles. Essa união os ajuda a mudar para melhor, entender a si mesmos, perceber a importância da verdadeira amizade, encontrar o amor e seu próprio caminho na vida.
Arquivado nas categorias: Blog , Séries com as tags: , .
Postado por:
Você pode gostar de ler também
11.08
Pega algo pra beber e sente-se confortavelmente porque a coluna desse mês está repleta de lança...
07.08
“Epopeias Modernas: Vilões (Antologia de Contos Livro 1)” Vários autores Épos – 2020 – 2...
06.08
Vem conferir o que sai lá na gringa esse mês! LANÇAMENTOS DE AGOSTO Midnight Sun (Twilight #...
31.07
Oi pessoal! Hoje vim falar pra vocês de uma série que sempre aparecia nas minhas indicaç...
28.07
AVISOS DE GATILHOS: INCESTO, ALCOOLISMO, RELACIONAMENTOS TÓXICOS, PAIS NEGLIGENTES, SUICÍDIO. ...
24.07
“A Conquista” (Amores Improváveis) Elle Kennedy Paralela – 2017 – 296 páginas De todos ...

Deixe seu comentário



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook