13.03

cassie

O USA Today fez uma matéria sobre Cassie Clare e suas séries TMI e TID, que em breve serão encerradas. Possui alguns Spoilers de Cidade do Fogo Celestial e Princesa Mecânica, nada muito grave, porém leiam por sua conta e risco, após o mais:

Com mais de 22 milhões de cópias impressas em todo o mundo de suas duas séries de fantasia, Instrumentos Mortais e Peças Infernais,  a autora Cassandra Clare pode ser considerada uma especialista em ficção que agrada aos adolescentes.

Cassie, de 39 anos, cujo último livro da trilogia TID, Princesa Mecânica, será lançado terça-feira, diz que “não há uma fórmula mágica”.

Mas o que ela está fazendo – imaginando uma sociedade secreta de caçadores de demônios jovens, conhecidos como Caçadores de Sombras, em um mundo de vampiros, lobisomens e bruxos – está funcionando como mágica, tanto em livrarias como em Hollywood.

A adaptação cinematográfica do primeiro livro da primeira série de Cassandra, Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos, estrelado por Lily Collins e Jamie Campbell Bower, chegará aos cinemas dia 23 de agosto.

Sua segunda série, Peças Infernais, um prelúdio para a primeira, também foi escolhida para uma possível série de filmes. (O título se refere a um exército de autômatos criados para destruir os Caçadores de Sombras).

E, como se isso não fosse suficiente, Cassandra e Holly Black (co-autora de As Crônicas de Spiderwick) estão colaborando em outra série, a Magistério (Magisterium), que visa escolares do meio e ambientado em um mundo de magos das trevas, onde as crianças aprendizes treinam para serem guerreiros. A Trilha de Ferro (The Iron Trail), o primeiro de cinco livros, será lançado em setembro de 2014. Ele também foi escolhido para uma possível filmagem, e Cassandra foi selecionada para escrever seu primeiro roteiro.

Cassandra, ex-jornalista para o The Hollywood Reporter, que vive em Amherst, Massachusetts, diz que não há explicação simples para a sua popularidade, mas sugere que ele tem a ver com suas personagens, geralmente mulheres fortes, “com que meus leitores possam se relacionar. ”

Ela diz que “os leitores podem suspender a sua descrença quando se trata da fantasia e da magia, mas eles precisam acreditar nas personagens – adolescentes que possuem algumas das mesmas preocupações que eles.”

Romance é uma grande parte de ambas as séries. O primeiro está situado na Nova York contemporânea, o segundo é definido principalmente na Inglaterra vitoriana.

Ela gosta de misturar “o real e o irreal, o famoso e o esquecido” em sua ficção. Por exemplo, em Princesa Mecânica, um atraente lobisomem chamado  Woolsey Scott que mora em Londres, no Cheyne Walk, 16, e que, na vida real, já foi compartilhada pelo escritor Algernon Charles Swinburne e poeta/pintor Dante Gabriel Rossetti.

Assim como Scott, observa ela, Swinburne e Rossetti eram membros de “movimento das artes”, que valorizava a estética das artes sobre temas políticos ou sociais, mas eles não eram lobisomens – ou, como ela diz, “não se mostraram lobisomens”.

Cassandra cita vários fatores que explicam os motivos de a ficção de fantasia destinada a adolescentes ter se tornado tão popular na página e tela:

– Em uma era tecnológica “cheio de computadores e gadgets, leitores anseiam por um pouco de magia.”

– Como um gênero, ficção infanto-juvenil é um “gênero em explosão”. Ficção adulta, diz ela, tende a ser rotulada como “romance ou  sci-fi ou ficção histórica ou literatura. Eles estão em diferentes seções das livrarias. Mas romances infanto-juvenis, tanto Crepúsculo como Jogos Vorazes, combinam todos ou a maioria desses elementos “. Cassandra diz que suas séries são uma “combinação de fantasia urbana, aventura e romance.”

– A geração de leitores que cresceram com Harry Potter,”a primeira grande sensação adolescente, se sente conectado com o que lê. Eles querem compartilhar suas experiências, geralmente online… Eu acho que você encontra uma conexão muito grande entre as crianças que estão interessadas em fantasia e sci-fi, e crianças que constroem suas próprias comunidades online. ”

Cassandra não revela muito sobre Princesa Mecânica, mas promete resolver o triângulo amoroso da série, envolvendo a heroína Tessa Gray, que está noiva de um rapaz, mas apaixonada por outro, em “de uma maneira que ainda não foi vista.”

Quanto ao  sexto  e último livro de  sua série Instrumentos Mortais, Cidade do Fogo Celestial, que será lançado em um ano, ela diz para esperararmos “uma batalha árdua e muito romance épico.”

FONTE

 

 

Postado por:
Você pode gostar de ler também
15.07
Em um evento dia 12 de julho na Espanha, em diculgação a publicação no país de “O Portador da...
08.07
Na tarde desta segunda-feira, Cassie respondeu algumas perguntas em seu Tumblr e já avisamos que a ...
20.06
Além da divulgação da capa de “The Ragpicker King”, o segundo livro da série “As Crônicas...
20.06
Ontem, em seus stories, Cassie divulgou a capa provisória de “The Ragpicker King”, o segundo li...
06.05
Grandes chuvas atingiram o Estado do Rio grande do Sul e afetaram diretamente centenas de milhares d...
08.04
Cassie mandou uma newsletter hoje, dia 08/04, falando sobre publicações e editoras. Logo depois el...

Deixe seu comentário

1 comentário em “Matéria da USA Today sobre Cassie Clare e suas séries de livros”





Os comentários estão desativados.





Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook