27.01

padrao_cassie

Com a aproximação da data de publicação de “Lady Midnight”, ou, em tradução livre, “Dama da meia noite”, Cassandra Clare começa a publicidade para o primeiro livro de sua mais nova trilogia. Respondendo 4 perguntas para a conhecida revista e site Publishers Weekly, Cassie fala sobre o mundo das sombras, o seriado “Shadowhunters” e muito mais!

Confiram traduzido por nossa equipe:

A nova série está relacionada com os livros dos Instrumentos Mortais – é um prequel? Sequência? Extra?

É situado no mesmo mundo que Os Instrumentos Mortais e é uma espécie de continuação da história, mas com diferentes personagens principais, então eu acho que você poderia chamá-lo de tanto um extra quanto uma sequência. É complicado, porque na hora que eu terminar, vou ter cinco séries separadas dentro do mesmo mundo. Esta é a terceira série, e haverá três livros – Dama da Meia-Noite, Lorde das Sombras, e A Rainha do Ar e da Escuridão. Eu estou trabalhando em Lorde das Sombras agora. Depois que eu terminar esta série, eu vou começar “As Últimas Horas”, que também será uma série de Caçadores de Sombras, mas definido em 1903 em Londres. A última série será chamado “The Wicked Powers”, mas não posso dizer uma palavra sobre isso ainda. Eu realmente tive que contratar um assistente para me ajudar a manter o controle de todos os enredos e a árvore de família, escrever um dossiê sobre cada personagem, fazer cronogramas de eventos, e tomar notas sobre a mitologia. Nós publicamos alguns desses como O Codex Caçadores de Sombras, que incluiu a história dos Caçadores de Sombras e um monte de coisas sobre os diferentes tipos de armas que eles usam.

Uau, isso é um monte de escrita, especialmente desde que “Lady Midnight” tem 720 páginas. Você acha que você vai escrever alguma série que não seja sobre os Caçadores das Sombras?

Com que tempo? Embora, eu colabore com Holly Black na série Magistério. O terceiro livro, A Chave Bronze, está saindo em setembro. David Levithan é o nosso editor e ele acha que a nossa forma de trabalhar é simplesmente ridículo. Uma vez que as histórias são contadas a partir do ponto de vista de uma pessoa, Callum Hunt, queriamos que a voz fosse totalmente consistente, então assim eu escrevo 500 palavras e, em seguida, dou o computador para Holly. [Clare e Black vivem cerca de uma milha de distância no oeste de Massachusetts.] Então, ela escreve sobre o minhas 500 palavras e acrescenta mais 500 palavras. Então, ela dá ele de volta para mim e eu faço o mesmo. Nossa prova de fogo para saber se este estava funcionando foi dar o primeiro manuscrito para nossas mães para lerem e elas não poderiam dizer quem tinha escrito o que. Isso deixa o David louco, mas funciona para nós.

Você sempre tem algum concurso legal ou brindes para os seus leitores quando você lança um novo livro. O que você está planejando para Lady Midnight?

Bem, eu realmente queria ser capaz de autografar todas as primeiras edições deLady Midnight, mas depois me disseram quantos livros seriam (pelo menos 600 mil) e percebi que nenhum ser humano poderia fazer isso. Eu estou ciente do que o autógrafo de 150.000 cópias [de A Culpa é das Estrelas] fez com John Green. Então, lembrei-me de quando Suzanne Collins machucou seu pulso e não pode autografar nenhuma cópia de “A Esperança”, ela tinha um carimbo especial que ela usou durante sua turnê, mas que depois foi aposentado, para nunca mais ser usado novamente. Então eu perguntei se poderíamos criar algum tipo de marca única e iria carimbar o máximo de livros que eu pudesse, que ainda acabou por ser menos do que eles estavam realmente imprimindo. Por isso, convocamos um grupo de pessoas com conectadas com o livro – o designer, o editor, o presidente da Simon and Schuster – e nós tínhamos grupos para carimbar. Então, se você pegar um livro carimbado, ele foi feito por mim ou por alguém muito próximo da produção do livro.

Tudo isso e um programa de TV, também! O Freeform [anteriormente ABC Family] acaba de lançar Shadowhunters, a sua própria série baseada nos livros. Você chegou a ter qualquer participação?

Na verdade, eu não estou nem um pouco envolvida. Quero dizer, eu visitei o set, mas eu estou completamente sem pistas do que vai acontecer a seguir. Bem, eu sei um pouco, mas eu não estava envolvida na escrita e eu não tinha direito de aprovação ou dar uma de consultor ou qualquer coisa assim. Mas, é claro, todos os meus leitores sempre vêm a mim com perguntas sobre o assunto. Essa é a coisa sobre ter um relacionamento próximo com seus fãs: eles pensam em me perguntar primeiro, apesar da série de TV ser realmente uma coisa completamente separada que não tem nada a ver comigo ou com os livros. Eu acho que isso vai mudar. Eu acho que os fãs de Pretty Little Liars finalmente separaram os livros da série. [A série] é um riff no meu trabalho, e não o meu trabalho. Um monte de gente quer saber: ‘Por que você não está envolvida? ” e a resposta real é, se eu insistisse em ser envolvida, ninguém teria comprado os direitos para fazê-la. Apenas não é assim que essas coisas funcionam, exceto em circunstâncias muito especiais. E eu estou bem com isso.

Lembrando que “Lady Midnight” será publicado em língua inglesa no dia 08 de março de 2016. Aqui no Brasil, a Galera Record falou sobre o possível mês de lançamento e você pode ler AQUI.

Para saber mais sobre “Lady Midnight” e “Os Artifícios das trevas”, só vir AQUI.

Fonte

Arquivado nas categorias: Cassandra Clare , Entrevistas , Lady Midnight , Shadowhunters , The Dark Artifices com as tags:
Postado por:
Você pode gostar de ler também
27.02
O site publishersweekly postou uma matéria que eles fizeram com Cassandra em especial para o lança...
23.02
Em uma resposta em seu tumblr, Cassie respondeu sobre seu processo de escrita e a forma como se insp...
15.02
Atendendo a pedidos em seu tumblr, Cassandra Clare postou uma cena entre Julian e Emma em “Rainha ...
30.01
Mais um mês chega ao final e mais uma newsletter do site oficial de Cassandra Clare! A newsletter c...
14.01
Como já é de costume, Cassandra Clare irá sair em tour de lançamento de seu mais novo livro, ...
10.11
Cassandra Clare postou agora há pouco, em seu tumblr, uma ordem de publicação de seus próximos l...

Deixe seu comentário

1 comentário em “Cassandra Clare responde 4 perguntas para a Publishers Weekly”



  1. Thales Oliveira disse:

    Oi pessoal da Idris.. Acompanho a pouco tempo o site de vocês e já estou fã.
    Hoje no Twitter eu fiz um tweet para a FreeForm e o mais legal é que as contas oficiais curtiram e retuitaram. Pedi aos fãs assim como vocês que divulgassem a série para que ela tenha a chance ter evoluir e podermos ver mais sobre o universo dos ShadowHunters.





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Siga @idrisbr no Instagram e não perca as novidades
Facebook