Olá shadowhunters,

Ontem a nossa diva Cassandra Clare postou novamente no seu twitter a resposta de uma pergunta sobre os acontecimentos no livro Príncipe Mecânico.

Alertamos que  há spoilers sobre o que vai acontecer no livro ainda não lançado no Brasil e só leia se você realmente não se importar em saber o que vai acontecer na história.

Príncipe Mecânico e notar coisas: Respotas – e spoilers

SPOILERS DE PRÍNCIPE MECÂNICO ABAIXO!

writtingwithink perguntou: Obviamente, todo mundo notou que Jem não percebeu  os sentimentos de Will sobre Tessa. Mas, por que Jem não percebeu? Não é como Will olha para Tessa, ou vice-versa, seja a forma como as pessoas que são “apenas amigos” olham para o outro. E, Jem é parabatai / irmão / melhor amigo de Will. Jem passou os últimos cinco anos sendo o melhor amigo de Will, o único que foi permitido amá-lo. Além disso, por que Will não notou o amor do Jem? Eu sei que Jem estava ocupado com a proposta, e Will com a sua maldição, mas …

Estou respondendo isso aqui com uma republicação das respostas anteriores que dei a esta pergunta, porque 1) a maior parte das perguntas que respondi foi logo depois que Príncipe Mecânico saiu, e assim um monte de pessoas ignoraram, porque eles ainda não tinham lido os livros ainda e 2) no momento estavam todos sob marcas de corte. Então, sobre as pessoas não notando coisas, alguns de vocês podem ter lido isso antes:

Por que Jem não notou como Will se sentia sobre Tessa? Que traidor ele é.

Eu acho que, quando se apresenta uma situação muito dolorosa como a no final de Príncipe Mecânico, há uma espécie de desejo natural de atribuir a culpa. Que torna menos doloroso imaginar que o que está acontecendo é culpa de alguém – Tessa egoísta! Will tem o direito! Jem é cego! – Do que pensar que são pessoas decentes, basicamente, tentando serem boas, e que eles se ferraram de qualquer maneira. Porque um é uma lição de moral (sempre um pouco reconfortante, que oferece a ilusão de controle) e o outro diz que a vida é uma loteria agonizante da tragédia e do acaso (nem um pouco reconfortante.)

Um monte de pessoas comentaram que Jem deveria ter notado que Will amava a Tessa porque em Anjo Mecânico, ele diz que percebeu que Will achava ela bonita. Mas Jem notar que Will achou uma garota bonita é dificilmente equivalente a Jem notar que Will estar num amor imortal. Will nota meninas bonitas o tempo todo. Libertinagem é, na verdade, parte de sua falsa personalidade. Jem observando que Will achava Tessa bonita no CA não é sobre ele comentando sobre os sentimentos de Will, muito menos dele confirmando para si próprio. [Às vezes, meu marido oferece, quando você acha que uma menina é um bebê, você quer a confirmação de seu amigo que ela é, de fato, como babelicious como você acredita.]

Jem é um garoto observador. Mas ele não tem ilusões de que ele sabe tudo sobre Will e ele é franco sobre isso. Em Anjo Mecânico, quando ele conta para Tessa que ele não tem idéia do porque que Will não fala sobre sua família:

“E você nunca o perguntou por quê?”
“Se ele quisesse que eu soubesse, ele teria me contado,” Jem disse. “Você perguntou por que eu acho que ele me trata melhor do que trata as outras pessoas. Eu imagino que é precisamente porque nunca perguntei a ele porquê.”

Nem Will acha que Jem sabe tudo sobre ele.

“Eu não sei,” Tessa disse. “Eu não tenho certeza que alguém lhe entenda, exceto provavelmente Jem.”
“Jem não me entende,” disse Will. “Ele se importa comigo, como um irmão talvez. Não é a mesma coisa.”

O que Jem oferece a Will, o que faz o relacionamento deles único e viável é precisamente isso: amor incondicional sem exigir, confiança perfeita sem entendimento perfeito. A declaração de Will que Jem não o entende não é uma crítica ao Jem. Ele não quer que Jem o entenda, porque ele não quer o entendimento da sua maldição. Ele deliberadamente mente e esconde coisas do Jem e Jem sabe e aceita porque ele o ama, mas é uma extensão muito longe de “Jem ter o dever de poder ler a mente de Will.”

Apenas Professor X pode ler mentes.

Certamente Jem é possível dizer quando Will não está com bom humor mas Will está frequentemente de mau humor, e a maior parte do aborrecimento do Will durante Príncipe Mecânico pode ser atribuída ao seu terrível encontro de perto com sua família e seu pânico sobre o seu bem-estar. Porque muito disso é sobre isso, e Jem não seria incorreto em assumir. Parece haver uma premissa aqui que Jem e Tessa deveriam ser capazes de ver através do vidro de Will, embora Will diz repetidamente que ele não está interessado em Tessa. Se Jem e Will são realmente tão próximo assim, a hipótese parece ser que certamente Jem seria capaz de ler a mente de Will e ver que ele ama Tessa? Mas o outro lado dessa premissa é: já que Jem e Will realmente conhecem bem um ao outro, Will também sabe exatamente como mentir para Jem e fazê-lo acreditar. Quanto à pobre Tessa, nós já passamos por isso: não há razão para supor que um cara que repetidamente diz que não está interessado em você ou comprometido não seja sério. Tessa fez a escolha que ela fez com a informação que tinha à mão: você não pode fazer escolhas com base em coisas que você não conhece.

[Além disso, se a sugestão é que parabatai deve ser capaz de ler a mente um do outro: por que Will é tão denso como para sair e drogar a si mesmo em um antro de ópio e não ter idéia do que isso iria fazer com Jem? Por que Will não nota que Jem ama Tessa, dado que Will está inclinando cada último átomo de sua vontade de esconder seu amor por Tessa, mas Jem não está incomodando? Mais sobre isso abaixo.]

E, finalmente, não é como se Jem não tivesse suas próprias coisas acontecendo. Ele está morrendo, e dependente de uma droga cuja continuidade de disponibilidade é limitada. Ele está apaixonado por uma garota, mas sabe que como um homem moribundo, ele não tem muito a oferecer. Quando ela aceita sua proposta de forma inesperada, ele fica alegre. Enquanto isso, a última vez que viu Will, Will estava com um humor fantástico (como ele tinha acabado de ter a maldição arrancada dele.) Então Jem está sentado lá, basicamente esmagadoramente feliz por provavelmente pela primeira vez na sua vida desde que seus pais morreram, e quando Will vem, ele deveria desligar como um interruptor e de repente se preocupar com nada, mas a possibilidade de que Will poder estar infeliz apesar do fato de ele não mencionou isso e estava muito bem uma hora atrás?

Vamos, deixe o garoto ter seu momento de felicidade. Depois de tudo que nós sabemos, vida é uma loteria sem sentido de tragédia e chance.

Por que Will não notou como Jem se sente pela Tessa? Que traidor ele é.

Isso é um pouco mais difícil de explicar (em minha mente) do porquê Jem não notar que Will amava Tessa (embora eu que tenha perguntado essa a mais!) – não porque não há uma razão válida, mas porque não é tão concreta quanto “Will estava escondendo.” Jem não estava escondendo. E ainda, Will genuinamente não se deu conta. Então, por quê?

Eu não quero dizer “Will não pensa em Jem como uma ameaça” porque isso implica um monte de tipos de coisas – aquelas pessoas que não veem Jem tão masculino (não é verdade) ou que Jem é algo como beta ou parceiro para Will, que não é verdade também. De qualquer forma, o que é verdade é que por cinco anos Jem tem sido uma fonte para Will de apenas boas coisas – de algum modo, sua única fonte de boas coisas. Jem o protegeu. Jem o amou. Jem tinha fé nele quando ninguém mais tinha.

De várias maneiras, Will não era capaz de imaginar que Jem poderia ser uma causa de dor para ele (de outro modo do que Jem em pessoa estar morrendo.) Em sua mente, Jem é parte dele. Isso seria como ele imaginando que sua própria mão esquerda poderia de repente começasse socar seu rosto. Por isso quando ele descobre que Jem pediu Tessa em casamento, sua primeira reação foi desacreditar: “Jem? *Meu* Jem?” Jem é seu, seu parabatai, sua outra mão, seu irmão de sangue. Jem não é separado o suficiente dele, na mente do Will, para agir de forma independente que seria chocante ou surpreendente para o Will.

Will também é completamente pego e destráido por suas próprias circunstâncias – desesperadamente tentando tirar a maldição de si mesmo, protegendo sua família, protegendo Tessa (dele mesmo), protegendo Jem (de ficar sem a droga.) Ele é esticado sobre tão fino quanto você poderia ser. Sob circunstâncias normais, ele provavelmente também notaria que Jessamine estava esgueirando-se, mas era muita coisa acontecendo: ele apenas não teve a capacidade para isso.

Isso não o torna uma pessoa má ou egoísta. Suas circunstâncias eram desesperadas e extremas. Elas requeriam toda a sua atenção. Mas ele mesmo pensou isso, no final do livro: “Will nunca considerou [felicidade romântica de Jem]. Ele se certificava se Jem estava a salvo, em se ele estava sobrevivendo, mas não se ele estava feliz.”

Sendo também apanhado em saber se o seu amigo está morrendo em vez de considerar que eles estavam afim da mesma garota que você não o faz uma má pessoa, no caso, as fragilidades humanas de Will são de longe da proporção do nível que ele é punido por elas. Mas então, isso não é uma estória de moral: é uma estória confusa de três pessoas tentando fazer o certo, sendo pegos numa situação impossível. O desejo de culpar um deles é razoável, mas penso que a coisa sobre isso que o torna perturbador é justamente que ninguém realmente é a culpa.

Meu .02, de qualquer maneira!

FONTE