Cassie publicou um pequeno trecho de “Every Exquisite Thing” que saiu hoje, além de responder algumas perguntas sobre o conto (então tem alguns SPOILERS do conto para quem ainda não leu!) e ela também fala sobre os outros contos de “Ghosts of the Shadow Market”! Confira:

Feliz mês do Orgulho LGBT+! Aqui o trecho de hoje:

Os olhos do seu irmão são bem extraordinários”, observou Ariadne.
Anna Lightwood ouviu isso e achou um bom elogio. Os olhos de Christopher eram de cor lavanda.
Sim,” disse Anna. “Ele é o bonitão da família.
Eu discordo bastante!” Ariadne exclamou, parecendo surpresa. “Cavalheiros devem cumprimentá-la o tempo todo sobre a cor dos seus olhos.” Ela corou e olhou para baixo, e o coração de Anna pulou uma batida…

“Every Exquisite Thing”, 3º Conto de FANTASMAS DO MERCADO DAS SOMBRAS.

leighflagg: Oi, Cassie! Eu fiquei tão emocionada com “Cast Long Shadows”! Eu me choquei com a experiência devastadora de Matthew, onde ele aprende que nós às vezes interpretamos/reinterpretamos nosso mundo para nosso próprio perigo. Você capturou a eventual perda de inocência de todos com tanta ressonância e profundidade que foi de tirar o folego. Obrigada! E eu tenho uma pergunta também 😉 Nós vamos ver em alguma das próximas historias como Valentim Morgenstern descobriu alguns dos planos de Axel Mortmain que ele de algum jeito recria em “Os Instrumentos Mortais” para seus próprios valores?

Awn, obrigada querida. Eu estou feliz que você gostou de “CLS” e eu totalmente concordo com você. “The Last Hours” é de muitos jeitos sobre o fim da inocência. Meus personagens de “Os Instrumentos Mortais”, “As Peças Infernais” e “Os Artifícios das Trevas” já sofreram de muitas maneiras antes da história começar, a infância deles sendo tirada antes do fim; os personagens de TLH foram amados e protegidos por seus pais, e para James, Lucie, Christopher e Thomas, um tempo obscuro está vindo, assim como para Matthew. É uma geração chegando a maioridade e se parece pra mim de muitas formas com a geração mundana, que cresceu na inocência, apenas para entrar na boca de inferno que era a Primeira Guerra Mundial. (Então… Nada para se preocupar!)

Vocês vão ver muito de Valentim Morgenstern e como ele operou para criar o Ciclo em meu conto com Robin Wasserman “The Wicked Ones”, mas nós não vemos o ponto de vista dele, e bem, Jem e Celine não sabem tudo que ele está aprontando…

the-elegant-universe: Oi, Cassie! “Every Exquisite Thing” tocou meu coração (e também o apertou/rasgou várias vezes), assim como Cecily, Gabriel e Christopher. Muito obrigado por Anna Lightwood; ela é uma bênção para todos nós e estou mais feliz do que posso expressar em palavras que conseguimos ler uma história em seu ponto de vista, sem mencionar sua própria história. Estou tão empolgado para ver mais dela em “The Last Hours”! Uma coisa – os olhos de Anna são verdes, certo? Eu li algo na história que parecia implicar que eles eram azuis.

Peço desculpas por qualquer confusão sobre a cor dos olhos de Anna. Eles são, na verdade, azuis como os da mãe dela.

claraml12: Oi, Cassie! Eu não posso te dizer o quanto eu amei “Every Exquisite Thing”. Anna definitivamente já se tornou minha personagem favorita!! Eu tenho uma pergunta sobre o trecho de “Learn About Loss”. Desde que a história se passa em 1936, um ano antes da morte de Will, vamos ver alguns dos últimos momentos de Will? E sua morte será mencionada na história? Amor do Uruguai!!!

Will está doente e velho em “Learn About Loss”. Nós não vemos seus últimos momentos – o que vemos é Jem lutando com a mortalidade de Will, porque essas histórias são sobre Jem (enquanto “The Last Hours” nos dá muito mais de Will). O conhecimento do que está vindo é um peso para ele, e o fim de a história nos dá um momento agridoce da união de Jem e Will que destaca seu vínculo.

ivmarz: Em que ano “Every Exquisite Thing” se passa?

1901.

fair-but-wilde-child: Olá novamente, Cassie ❤ Pensando melhor, eu realmente tenho uma pergunta. O que, em nome do Anjo, foi aquele lugar que Matthew levou Anna? Eles pareciam conhecê-lo (porque eles o deixaram entrar e sabiam seu nome, enquanto eles não queriam que Anna e Ariadne entrassem sem ele), mas parecia um… tipo de culto? Foi um culto? 😈 Uma sociedade de artistas/poetas? 🎭 Um clube de cavalheiros? 🎩 Uma combinação dos três? 😖 É que Matthew, meu amorzinho favorito, merece o melhor, ok?

Olá! Não é um culto. 🙂 Na verdade, nós vamos e voltamos um pouco sobre se Matthew era o suficiente no submundo de Londres para levar Anna até lá, mas nós decidimos que ele tem estado um pouco desleixado desde os eventos de “Cast Long Shadows”. Em “Chain of Gold”, Anna tem seu próprio ser do submundo/salões artísticos que ela gosta, e (Matthew de carona) leva Cordelia em um salão literário comandado por feiticeiros. No caso da “Every Exquisite Thing”, é um clube clandestino (que existia nessa época – eles estavam sendo constantemente invadidos pela polícia e prendendo pessoas por nudez e servindo álcool sem licenças!), o que atrai muitos poetas, artistas e festeiros. Neste caso, também acontece de atrair Leopolda Stain e sua espécie – as pessoas envolvidas na Golden Dawn, uma organização verdadeira, teriam tudo a ver com esse tipo de lugar!

Este é apenas o começo de Matthew e Anna procurando lugares artísticos e undergrounds juntos. Eu acho que Matthew claramente não está bem, a proposito!

archerondale: Olá! Eu preciso perguntar – Matthew ficando bêbado, Anna quase se preocupando com ele – é tudo por causa do que aconteceu em “Cast Long Shadows”?

De fato, embora um homem jovem bebendo não tenha sido um sinal de alerta naquela época, como acontece na nossa. O entendimento sobre o alcoolismo não era o mesmo, e um cara que bebia muito, especialmente se jovem, era um “bebedor” e um festeiro e completamente “normal”. Não teria sido considerado um sinal de perigo da maneira como consideramos.

wiresting: Hey, Cassie! Eu estava pensando, já como o pai de Tessa é um demônio poderoso, os filhos de James e Lucie podem herdar seu sangue de feiticeiro, assim como eles herdaram de Tessa e tem poderes mágicos? Eu realmente amei “Every Exquisite Thing”, Anna é de longe minha personagem favorita de “The Last Hours” <3

É possível. Nós não sabemos quanto tempo leva para o sangue de demônio desaparecer de uma linhagem de sangue. Fico feliz que gostou da Anna!

virginiadre: Olá, senhora Clare! “Every Exquisite Thing” é muito bom, mas eu estou confusa com algo: a história de Anna e Ariadne acabou? Ou Anna realmente seguiu em frente de seu coração partido em “The Last Hours”?
Chrliecobalt: Nós vamos ver mais de Anna e Ariadne juntas em “The Last Hours”? Tem alguma possibilidade delas serem endgame?

Eu posso apenas dizer que primeiro amor é difícil de superar. Eu não diria que acabou totalmente para Anna ou Ariadne. Certamente algo bem explosivo acontece entre elas em “Chain of Gold”.

bradipa: Oi, Cassie! Quando os fatos de “Every Exquisite Thing” acontecem, Charles não conheceu Alastair ainda, certo? Ele vai ir “sozinho” para Paris? Amo você. <3

Charles não conheceu Alastair ainda além de passar por ele; eles ficam amigos em Paris, que é pra onde ele está indo em EET.

cordeliacvrstairs: Oi, Cassie <3 Eu fiquei tão tocada pelo relacionamento entre Anna e Cecily/Gabriel, o fato de que eles aceitaram tão bem aqueceu meu coração e eu queria te agradecer por isso! Pergunta rápida: Charles ama Ariadne? Ou ele estava casando com ela pela mesma razão que ela está casando com ele?

Nós sabemos que Charles é ambicioso e casar com a filha do Inquisidor é um movimento politico esperto. Claro que não significa que ele não a ama – mas significa que ele tem muitas razoes para casar com ela. Tudo que nós sabemos agora é o que Anna sabe: em Chain of Gold, Charles e Ariadne estão oficialmente noivos e planejando seu casamento, mas quem sabe o que acontece!

nevergonnagiveyouuporletyoudown: Algum dos filhos de Gabriel e Cecily tem os olhos verdes de Gabriel?

Alexander.

book-owl02: Olá! Eu absolutamente adorei esse livro e Anna. Eu quero perguntar sobre Cecily sabendo sobre Anna. Ela estava esperando Anna se assumir? Também, os outros personagens vão aceitar Anna assim ou vai ter um drama?

Eu imagino que Cecily, assim como muitos pais, imaginavam – tem um motivo para ela perguntar a Anna sobre Ariadne na carruagem – mas ela não queria forçar, e queria deixar Anna vir até ela. Então quando ela vê Anna sofrendo, ela corre com as roupas e o colar para tentar curar o coração da filha: ela não pode voltar atrás nesse ponto.

Nem todos os personagens vão aceitar Anna do jeito que seus amigos próximos e família aceitam. A sociedade em 1903 era heteronormativa ao extremo, e enquanto sempre tinha pequenos grupos e subculturas onde ser gay era aceito e normalizado (especialmente entre artistas e outros “estranhos”) a cultura global ainda considerava uma atração pelo mesmo sexo uma falha a ser curada. Eu queria armar Anna com um sistema de suporte forte que daria ela a habilidade de desprezar todo mundo que pensasse que ela tinha uma falha – em contraste com Ariadne, que sem esse sistema de suporte, se sente pressionada a um casamento que ela não quer. :/

haaline: Oi, Cassie. Eu absolutamente AMEI “Every Exquisite Thing” e mal posso esperar para saber mais de Ariadne! Mas minha pergunta é: Anna gosta de arte? Como poesia ou pinturas ou coisas assim?

Anna gosta de VIVER! Em letras maiúsculas. Ela ama artes, experimentar ela e estar perto de artistas. Ela ama dançar, e ela ama viajar e ver o mundo. Ela quer ver tudo, fazer tudo, ser tudo! Anna acredita que a própria vida pode ser uma arte se ela viver do modo mais criativo e autentico. De um jeito, é porque ela se dá tão bem com Matthew; eles dois adoram as artes, a vida e a paixão pela criação. Você devia ver eles festejando em Paris!

emmarosales: Anna se transformando nela mesma nessa história foi lindo de ver. Não existe muito em YA meninas se apaixonando uma pela outra. Obrigada por nos dar tanto assim nesse mês do orgulho lgbt+.

Obrigada, amor! Mais coisas vão vir no Mês do Orgulho LGBT+, mas eu estou feliz de ver todos amando Anna. Ela é muito querida por mim.

nevergonnagiveyouuporletyoudown: Nós podemos, por favor, ganhar três fatos aleatórios sobre Cordelia? Eu sinto que nós não sabemos nada. Espero que tenha uma amizade entre ela e Anna. Eu acho que seria épico.

É verdade que eu estou segurando um pouco as coisas sobre Cordelia, já como ela é nossa menina principal com maior tempo de ponto de vista em “Chain of Gold”, nossa entrada para a vida no Enclave de Londres, e um dos lados da nossa primeira dupla de parabatai meninas.

Para uma estrutura de narrativa, nós introduzimos todos (nós temos muitos personagens em “The Last Hours”!) através dela, a novata, e nós entendemos todos pelos olhos dela, e vemos como eles respondem a chegada dela. Vocês vão notar que até agora ela é mencionada, mas nunca aparece, porque eu desejo que ela brilhe na cena como uma personagem nova para nós assim como ela é para o Enclave.

Nós já sabemos que ela foi escolhida pela legendaria espada Cortana para ser a guerreira que empunha a lamina, que ela adora Lucie e tem uma paixão por James, que ela ama, mas tem um relacionamento tenso com sua mãe e irmão, que ela tem orgulho da sua herança Persa, que ela coleciona flores para fazer seus próprios perfumes. Mas Cordelia é uma bela flor com muitas pétalas, e eu amo que estejam curiosos sobre ela, então fico feliz em dar alguns fatos sobre Cordelia!

– Ela não se veste de um jeito que combina com ela: ela usa vestidos de debutante de tons pastel para se encaixar com as outras garotas mais aceitáveis: com sua cor marcante, ela ficaria muito mais bonita vestida de forma diferente, mas ela não sabe muito sobre moda também!

– Ela é amiga de Anna sim! Anna oferece amizade a ela logo que Cordelia chega em Londres: Anna sente que gostaria de ter mais amigas meninas em seus braços. Cordelia, que cresceu sozinha no campo, e tem pouca experiência com amizades e nenhuma com romance, então ela fica um pouco intimidada, mas profundamente admirada com a confiança de Anna na vida e no amor. Ela fica ansiosa para ajudar Anna e para ir com Anna em caçadas no submundo e em visitar Anna para tomar chá, e a porta de Anna está sempre aberta. Cordelia vê a popularidade de Anna com as moças, e a popularidade de Grace com os rapazes, e deseja saber como fazer as pessoas a amarem com um sorriso como elas fazem.

– Pelo menos duas pessoas desenvolvem uma paixão arrasadora em Cordelia, então talvez ela saiba fazer as pessoas a amarem mais do que ela pensa. 😉

lxstparabatai: Olá, Cassie! Eu amei “Every Exquisite Thing”, eu não acho que eu amaria tanto a Anna, e, Deus, ela e Ariadne apenas partiram meu coração. Eu estava pensando, Anna se dá bem com Barbara e Eugenia? Eu senti que ela prefere estar com Matthew, James e o resto deles.

Estou tão feliz que você ama Anna!

Anna se dá bem com Barbara e Eugenia na época da “Every Exquisite Thing”, da mesma forma que dá com Charles. “Não há nada de errado com ele”, como ela mesma é “Every Exquisite Thing”. Ela pensa nelas como (no caso de Charles, não biológica) primas mais velhas, e ela gosta deles, mas ela não sente que tem muito em comum com eles e nem que as vidas deles se cruzam com frequência. Eles são mais conservadoras – sem sangue de demônios, sem parabatais não convencionais, sem comportamento não civilizado ou tendências artísticas notáveis. Eles querem as coisas que a sociedade diz que elss supostamente devem querem: no caso de Charles, alcançar uma alta posição dentro da Clave, e nos casos de Barbara e Eugenia, casar bem com alguém da sociedade dos Caçadores de Sombras e serem damas em vez de guerreiras, Todos desejos para se apresentarem socialmente aceitáveis na superfícies, para o mundo, enquanto Anna não quer isso. É por isso que você vê Charles indo fazer um estagio no Instituto de Paris, uma promoção para ele, e por isso que você vê Barbara em seu divã e Eugenia fazendo bordado (Um pouco recalcitrante… Eugenia pode ser muito severa com seus bordados, assim como as pessoas). Eles estão perseguindo seus interesses, enquanto Anna persegue os dela.

Anna está mais próxima do grupo jovem, especialmente porque seu irmão Christopher está lá. Ela e Christopher se adoram, e Christopher é inseparável de seus amigos. E ela está mais próxima deles, porque eles são todos não convencionais como ela, embora sejam um pouco mais afastados de Anna por ela ser um pouco mais velha e, portanto, a prima bastante magnífica a ser admirada, e pelo fato de serem todos mais ligados a livros do que Anna é, e ela nota. Ela nem sempre sai com eles, já que ela tem suas próprias coisas acontecendo. Ela tem uma quedinha por James, porque ele é visivelmente diferente das outras pessoas – ele não tem escolha sobre mostrar sua diferença ou não. E ela e Matthew particularmente têm muito em comum, de qualquer maneira, têm interesse em moda, visitas aos seres do submundo e o estilo de vida boêmio. É natural gravitar em direção àqueles com os mesmos interesses que você: diz-me com quem tu andas, que te direi quem és!

Como vemos na “Every Exquisite Thing”, Charles se sente da mesma forma que Anna – ele é legal com Anna, mas ele zomba de Matthew, descrevendo Matthew enquanto possivelmente pensa em aspirações políticas como burgueses (não estou dizendo que Charles está errado, Matthew definitivamente não é o tipo político!). E Barbara e Eugenia também – elas não estão super interessadas em se associar com Anna quando ela aparece: todo mundo diz “Oi”, e é isso. Anna ainda não se vestiu como prefere ou namorou abertamente mulheres na frente de Charles, Barbara e Eugenia, mas ela irá em “The Last Hours”, e vamos ver o que cada um deles acha disso – embora, para ser clara, todos eles ainda saem com Anna em TLH. E enquanto TLH continua, todos os personagens de TLH estarão pensando nos exteriores que eles apresentam ao mundo e como querem viver.

ringed-rose-of-lesbos: Você poderia nos contar sobre o relacionamento entre Anna e seus primos, especialmente Lucie e James?

Eu espero que tenhamos visto muito da relação entre Anna e seus primos em “Every Exquisite Thing”! Ela ama todos eles e é mais próxima dos mais jovens – James, Lucie e Thomas. Ela tem uma carinho especial por James, porque ele sofreu bullying por ser diferente, e ela acha engraçado que ele agora é acidentalmente um lindo conquistador e não percebe (Como podemos ver Jem ter confundido Anna com Will, Anna e James também se parecem mais com os outros da geração mais jovem: Cordelia também nota isso. Ambos os conquistadores tem o cabelo negro como carvão e olhos marcantes, mas Anna está trabalhando nisso e James está… lendo um livro). Ela ama Lucie, embora sejam as mais afastadas em idade e Lucie sendo minúscula e alegre, foi tratada como o bebê do grupo até que Alexander chegou. Anna apoia Lucie e Cordelia sendo parabatai, e essa é parte da razão pela qual Anna recebe Cordelia de braços abertos quando Cordelia chega a Londres. Como Anna diz: “As mulheres devem valorizar outras mulheres, mesmo que a sociedade muitas vezes não o faça.”

Para comprar “Every Exquisite Thing”, que está a venda na Amazon por R$ 10,76 você pode comprar clicando AQUI. Os contos foram publicados pela própria Cassandra e comprando pela Amazon, você pode ler em qualquer dispositivo (celular, notebook, tablet) baixando o aplicativo gratuito do kindle – para baixar, basta vir AQUI. O livro foi comprado pela Galera Record no Brasil, que anunciou ontem o inicio da venda do 1º conto (leia AQUI já traduzido em português: “Filho do Amanhecer” está por R$ 7,11 na Amazon e para comprar, basta clicar AQUI.

Para saber tudo sobre “Ghosts of the Shadow Market”, clique AQUI.

Fonte [x], [x], [x], [x], [x], [x], [x], [x], [x], [x], [x].