Cassie respondeu várias perguntas em seu tumblr, onde ela fala um pouco mais sobre “Cast Long Shadows”, também sobre Anna Lightwood e a identidade de gênero dela, e também sobre o relacionamento de Thomas e Alastair. Lembrando que CONTEM SPOILERS DE “CAST LONG SHADOWS”, leia por sua conta e risco! Confira:

bookwormdazzle: Boa tarde! Eu amei “Cast Long Shadows”, mesmo que tenha feito meu coração se partir por Matthew. Pequena pergunta! No inicio, no Shadow Market, quando Jem foi falar com Ragnor Fell, o que eles estavam conversando e investigando? É algo que nós devíamos saber ou vai ser revelado logo? Obrigada!

Boa observação! Tessa, em perigo, pediu a Jem para fazer algo por ela. Nós vamos descobrir o que em “Every Exquisite Thing”, e o que Jem descobre vai afetar “The Last Hours”, e o resto de “Ghosts of the Shadow Market” – é o inicio do mistério que vai passar pelo livro, durar mais de um século e que vai, eventualmente, guiar Jem e Tessa para Kit em “Os Artifícios das Trevas”. Tudo vai se juntar!

pompeypompeii: Oi, Cassie! Eu esperei toda a noite para poder ler “Cast Long Shadows”. Eu não fiquei desapontada, era ótimo. Então, eu estava me perguntando se tem algo que você pode nos falar sobre Thomas. “Cast Long Shadows” me deixou muito curiosa sobre o personagem. (Honestamente, porque eu costumava ser o Thomas do meu grupo de amigos).

Aw, minha querida, espero que não esteja muito cansada. Eu estou feliz que você gostou! E estou feliz que você está curiosa sobre Thomas. Como o menor (mas talvez não por muito tempo) e quieto do Quarteto Shadowhunter, eu estou feliz que não estão deixando ele de lado. Thomas é um garoto doce, e algumas vezes as pessoas cometem o serio erro de confundir doçura com submissão. Eu já mencionei que ele secretamente escreve canções em sua cabeça, e ele fez uma tatuagem na Espanha. Ele também adquiriu uma nova arma na Espanha que ele gosta, a boleadeira – uma engenhoca de pesos e cordas que ele pode usar para arremessar nos demônios. Thomas acabou de voltar da Espanha quando “The Last Hours” começa, e seus amigos estão todos surpresos com a mudança nele. E então, é claro, todo o grupo se transforma para sempre com a chegada de Grace e Jesse Blackthorn, e Cordelia e Alastair Carstairs em Londres. (James está animado com a chegada de Grace, Lucie e Thomas com os Carstairs, e Matthew com nenhum…)

ashmorgensternss: Eu estou tão animada para saber mais sobre o primeiro amor de Anna 🙂 minha pergunta é: nós vamos ver Anna discutir a identidade de gênero dela em “Every Exquisite Thing” ou ela vai falar sobre isso em “The Last Hours”? Tenha um bom dia!

A sexualidade de Anna e a expressão dela do seu gênero de identidade são partes chave de “Every Exquisite Thing” e a história da Anna daqui para frente. O que significa para ela amar mulheres, e porque ela se sente desconfortável com algumas das típicas expressões da época sobre feminilidade é discutido, assim como o que ela pensa sobre ela gostar de vestir roupas masculinas, o que ela pensa sobre gêneros não serem especificadamente binários, o que significa passar (algumas vezes) como homem na sociedade onde os homens tem todo o poder e privilegio – em algum ponto, Ariadne diz a ela que se vestir com roupas de homem é como “roubar fogo dos deuses” – e o que significa, em certa medida, ter um gênero e brincar com os estereótipos de gênero é discutido. De todo jeito, é realmente necessário manter em mente que enquanto tudo isso é conversado, Anna não vai usar palavras e conceitos que ainda não foram inventados em 1903 – ela não pode! Isso não é dizer que essas ideias não estavam em discussão na época; elas estavam, e Anna é em parte baseada na artista Romaine Brooks:

“Ela é mais conhecida por suas imagens de mulheres em trajes andróginos ou masculinos, incluindo seu autorretrato em 1923, que é seu trabalho mais amplamente reproduzido… críticos descreveram seus retratos em 1920 como uma “astuta celebração da flexão de gênero e um tipo de ato heroico” e criação como “as primeiras estrelas lésbicas na historia do modernismo”.

Mas enquanto isso está em discussão, eles não vão falar com nosso vocabulário (e Anna, como uma Shadowhunter, vai ter expressões mais limitadas do que, vamos dizer, um acadêmico de 1903 teria.). Então o que eu estou dizendo é que vocês vão ver Anna pensando sobre e expressando esses conceitos na sua própria linguagem e em um jeito que encaixa em seu próprio tempo, não no nosso tempo (por exemplo, ela não usaria o termo “mudança de sexo”). Eu espero que conhecer Anna será um vislumbre divertido da beleza e riqueza desse canto da história queer e especificadamente da experiência lesbica na Belle Époque. Anna está próxima do meu coração, então eu acho que o que estou dizendo é que eu espero que as pessoas entendam os termos dela no tempo dela, entendam que a linguagem dela é diferente da nossa, e tenham amor e empatia por ela!

anaguerramarin: Oi, Cassie! Eu amei “Cast Long Shadows”! Pergunta: de onde veio toda essa admiração de Thomas com Alastair? Eu perdi algo? Obrigada por escrever!

Oi, querida. Eu fico feliz que você gostou de “Cast Long Shadows”. Você não perdeu nada! A adoração de Thomas por Alastair era para vir como uma surpresa para os leitores de “Cast Long Shadows”.

Quanto de onde vem, assim como vamos ver em “The Last Hours”, Thomas viu outro, mais vulnerável lado de Alastair que seus amigos não viram, e ele se sente mal por Alastair. James não nota que Thomas é amigo de Alastair – ele acha que Thomas defende Alastair puramente porque Thomas é um cara muito legal, o que Thomas é – enquanto Matthew nota e fica horrorizado com isso, que é o que vemos enquanto estamos no ponto de vista de Matthew.

pompeypompeii: Oi, Cassie! Então eu não pude deixar de notar, e ficar surpresa, com a afiliação de Thomas a Alastair. Alastair fica incomodado com Thomas adorando ele, como Matthew faz parecer?

Você não está sozinha na sua surpresa. 😉 Na verdade, Alastair não se incomoda com Thomas: ele gosta de Thomas. (Sim, Thomas é o numero quatro na lista de pessoas que Alastair gosta, junto com Cordelia, Charles e a mãe de Alastair. Ele odeia todo mundo, incluindo todos os outros Lightwoods, talvez exceto por Anna, de quem ele pode ter medo.) Alastair gostar de Thomas é provavelmente por Alastair gostar de ser adorado. Como Matthew observa, “mesmo ele não poderia se opor a ser adorado.” Alastair descobre que ser abertamente admirado é uma ótima novidade, já como Alastair está tendo problemas em casa (Thomas nota seu pai não vindo até ele em “Nothing But Shadows”) e na Academia (por ser meio Persa). Alastair se abriu um pouco para Thomas, mesmo que não muito: a maior parte do que Thomas sabe, ele observou, porque Thomas silencioso é um observador afiado.

É difícil não ter um carinho por alguém que sempre te dá respostas positivas, e de seu próprio e terrivelmente jeito, Alastair trata Thomas melhor do que os outros: quando Alastair está insultando os Herondales, Thomas diz “não”, e Alastair ouve e para, e como nós vimos em “Nothing But Shadows” e “Cast Long Shadows” nada mais cala a boca de Alastair. Desse mesmo jeito, Alastair não fala mal do pai de Thomas na frente dele (é o minimo!). Basicamente, Alastair pensa que Thomas é uma criança boa que anda com um pessoal ruim.

queenlilychen: Hey, Cassie! Só queria te informar que você quebrou minha alma com “Cast Long Shadows”. Obrigada por isso 🙂 mas sério, porque James e Matthew nunca contaram para Thomas e Christopher que foi culpa de Alastair e dos amigos dele que o demônio se soltou? Por mais que eu ame Thomas, me fez encolher um pouco ver ele defendendo as ações de Alastair, não importa o quão trágica a vida dele possa ser. Não teria como ele saber, sendo tão próximos como eles são?

Matthew e James estavam muito ocupados com expulsão e explosões. 😉 Mas Christopher e Thomas na verdade sabem dos fatos. Matthew, Thomas e Christopher ficaram furiosos e 100% cansados da Academia assim que aconteceu – Christopher ficou feliz de ser expulso, e Thomas ficou fora naquele ano, e então saiu também (já como ele estava lá sem seus amigos, ele acabou passando um tempo com Alastair, o que é em partes o porquê ele o conhece melhor que os outros). Thomas pensa o que a maior parte das pessoas na Academia Shadowhunter pensa: Alastair e seus amigos soltaram um demônio como uma estupida pegadinha, e saiu completamente de controle quando um garoto morreu.

A academia usou isso como uma desculpa para expulsar James porque eles já queriam James e seus “poderes demoníacos” fora de todo jeito. Thomas ficou indignado com as ações da Academia, e horrorizado com Alastair e seus amigos, mas Thomas, que conhece Alastair melhor e também seus amigos (mesmo que não goste deles), tem uma ideia melhor deles como pessoas. Ele sabe que Alastair fez algo ruim, mas ele imagina que ele já foi punido o bastante, porque um dos amigos dele morreu. Qual punição poderia ser pior? Thomas ficaria destruído se um de seus amigos morresse. Ele está dando uma folga a Alastair porque ele está se colocando no lugar de Alastair, mesmo que não fique claro se Alastair se sentiria do jeito que Thomas sentiria.

Thomas tem um coração bondoso e uma imaginação ativa, e ele está cheio de pena pela alma torturada de Alastair (que ele definitivamente idealizou de uma forma não realista!). Ele simpatiza, mesmo que ele não aprove.

crimzielightwood: Oi! Eu ameeei “Cast Long Shadows” e estou ansiosa para “Every Exquisite Thing”! Por mais que eu ame Will, Jem, Charlotte, Tessa e Henry, eu fico em êxtase todas as vezes que os Lightwoods estão envolvidos ou mencionados. Eu estava me perguntando se Thomas vai ter um papel ativo (não principal, pelo que eu sei) em “The Last Hours”? Também, eu não sei se isso foi confirmado, mas tem alguma chance de Gideon ter ensinado espanhol para seus filhos?

Thomas é um personagem bem ativo sim! Todo o Quarteto Shadowhunter é importante em “The Last Hours” – James e seus três amigos se amam, ficam juntos como cola, e como vocês sabem, tem um clube em uma sala secreta! Então você vai ter bastante conteúdo dos Lightwoods. Gideon ensinou espanhol para seus filhos, e agora que Thomas passou seu ano de viagem na Espanha, ele está totalmente fluente. Ele já sabia bastante antes de viajar, na verdade. Como acontece às vezes, Thomas sendo musical e bom com línguas se unem, e ele estuda linguagens sozinho e com Lucie. Thomas pode falar várias línguas e é interessado em viagens e outras culturas, assim como arte, assim como em ser um ótimo Shadowhunter (aguas profundas correm por dentro dele). O Enclave de Londres fica tipo “esses garotos são selvagens, mas são ótimos caçadores de demônios!” James cria as estratégias, eles vão caçar em grupo, e eles tem sucesso, mesmo que eles façam disso um jogo, porque eles não tiveram que lidar com um grande mal.

Não ainda.

iserenademefan: Eu amo muito seus livros! Eles têm sido uma luz na escuridão pra mim por quase uma década. Obrigada! Minha pergunta é: Thomas tem uma paixãozinha pelo Alastair? Eu estava pegando uma vibe Lightwood esmagadora! De novo, amo você e seu trabalho!

Obrigada por ficar comigo! Sobre isso…

biablackthorn: Oi, Cassie! Eu amei “Cast Long Shadows” e mal posso esperar para ler “Every Exquisite Thing”! Estava me perguntando, Thomas tem uma paixão por Alastair? Eu tive a impressão que Thomas gosta dele. Amor do Brasil.

… eu estou sentindo um padrão aqui …

fallenkitty123: Então em “Cast Long Shadows” Thomas tem uma paixão por Alastair, já como ele continua o defendendo, não importa o que ele faça?

Thomas defende muito Alastair, é verdade! Eu não diria que “não importa o que ele faça”, mas eu concordo que é muito mais do que Alastair merece, porque enquanto Alastair tem motivos pra se comportar desse jeito, isso não é realmente uma desculpa. Tem duas coisas que eu quero dizer sobre a defesa de Thomas com Alastair.

a) Ele não o defende cegamente: Thomas sabe diferenciar certo do errado e tem ideias bem firmes sobre isso. Ele não diz “Alastair tem razão em algumas coisas”, ele diz “Não escutem Alastair, ele só fala besteira às vezes.” Ele não diz “Alastair é perfeito e faz comerciais de sobrancelhas na Pérsia”, ele diz “Alastair não é tão ruim assim.” Ele tem razoes genuínas para simpatizar com Alastair e acredita que tem mais nele do que os outros estão vendo.
Mas por outro lado…

b) Thomas dá muita folga a Alastair? Sim, ele dá! Parte da história de Thomas é notar que ninguém deve ser tão adorado assim – e definitivamente não Alastair! Tem lados de Alastair que Thomas ainda não viu – Alastair não fala mal do pai de Thomas na frente dele. Mesmo que Thomas entenda que Alastair tem o péssimo habito de falar mais do que deve, Alastair foi longe demais: Thomas ama seu pai e ficaria furioso se soubesse o que Alastair falou.

anarosalers: Oi, Cassie! Eu amei “Cast Long Shadows”. Você e Sarah criaram uma história maravilhosa, parabéns! Bom, também estou aqui para perguntar sobre Thomas e Alastair. A admiração que Thomas tem por Alastair é só amizade ou pode ser algo mais profundo? Se for a segunda opção, pobre Thomas! Obrigada, Cassie. Eu amo você.

Aw, obrigada! Sarah e eu estamos em um retiro de escrita juntas, comendo bolinhos (Deus, nós amamos bolinhos) e estamos felizes que vocês gostaram de “Cast Long Shadows”.

A admiração que Thomas tem por Alastair em “Cast Long Shadows” é obvia, mas o que essa admiração significa está totalmente aberta para especulação. Talvez Thomas queira ser mais como Alastair: Thomas é envergonhado e cuidadoso com as palavras, e Alastair não tem problema em falar tudo que ele quer bem alto. Talvez Thomas esteja apaixonado. Talvez Thomas queira ser parabatai de Alastair. Talvez Alastair mostrou uma foto de Cordelia e Thomas mal pode esperar para atrevida raposa chegar em Londres, e Alastair falar bem dele. Talvez Thomas tenha uma paixão por Christopher e quer sábios conselhos de Alastair (Não seria sábio para Thomas pedir conselhos de interação humana para Alastair, mas as pessoas cometem erros.).

Ser jogado em ambiente de internato é sempre um choque. Matthew quer sair da Academia para voltar para Henry. James quer encontrar amigos, e ele tem sucesso nisso, mas também encontra confusão. Thomas foi retido um ano porque sua família se preocupou que ele estava doente, então ele começou um ano mais tarde, com seus amigos que ele é um ano mais velho – um dos quais persistentemente tenta cuidar dele. Alastair é um garoto mais velho que é destemido e orgulhoso e desafiador – muito natural para o pequeno Thomas olhar para ele e minimizar suas qualidades menos dignas.

Adoração de herói, porem, não dura muito, já como tende a ser sobre ver pessoas como você quer ver elas e não como elas são realmente. Thomas tem 16 anos em “Cast Long Shadows” e tem 14 anos no flashback. Em “The Last Hours”, Thomas tem 18 anos e Alastair tem 19 anos. Faz um tempo! Como eles se sentem um pelo outro pode ter mudado drasticamente, ou pode mudar no meio dos livros. Certamente Thomas está velho demais pra se comportar como ele se comportava quando era novinho.

valfirediamondback: Oi, Cassie! Eu acabei de ler “Cast Long Shadows” e fiquei impressionada com o laço que Thomas tem com Alastair. Pode me dizer se tem algo a mais sobre isso? Também, nós vamos ver algo sobre Thomas e Alastair em “The Last Hours”? O que o resto do “Quarteto Shadowhunter” pensa sobre eles? Beijos da Itália <3

Vocês vão ver Thomas e Alastair juntos e separados em “The Last Hours”! Vocês agora podem ver que o Quarteto Shadowhunter é dividido no que diz respeito a Alastair! Christopher se refere a Alastair como Algernon e sabe que eles não gostam de Algernon. Matthew é quem sabe da adoração de Thomas porque ele conhece seus amigos há muito tempo, e ele tem o habito de perseguir eles e tentar fazer eles pararem de se misturar com coisas que podem fazer mal pra ele – no caso de Christopher, químicos corrosivos, no caso de Thomas, Alastair.

Quando James foi para a Academia Shadowhunter, tem muitas surpresas pra ele, mas também tem surpresas para Matthew, Christopher e Thomas, amigos desde criança jogados em um novo meio. Antes de James se juntar ao grupo deles, eu imagino Matthew falando dramaticamente “porque, porque, porque James Herondale me odeia?” e Christopher tagarelando alegremente que ele encontrou explosivos interessantes, e Thomas ficou tipo: “Ele vai se aproximar, Matthew. Não exploda coisas, Christopher, eu imploro. De todo jeito… Eu conheci uma pessoa maravilhosa… vocês já ouviram… sobre ghazals…” Matthew e James ficaram amigos, e então Matthew notou toda a situação de Alastair e ficou chocado, mas era tarde demais.

Como eu mencionei, James não notou a atitude de Thomas, parcialmente porque James é a) como seus amigos notam, um pouco distante, b) sempre lendo, e parcialmente porque Thomas é quieto, sabe que James não gosta de Alastair com um bom motivo, e não machucaria os sentimentos de James falando sobre Alastair ao menos que precisasse, como ele faz em “Cast Long Shadows”, quando ele sente que Alastair está sendo difamado sem ninguém para defender ele. Não é apenas com Alastair: Thomas faria isso com todo mundo que ele sente que precisa. Em “Nothing But Shadows”, ele fala para James que Matthew é ótimo e James gostaria dele (ele está certo nesse caso!). James, de fato, ainda não notou que Thomas é pró-Alastair no inicio de “The Last Hours”, levando a vários incidentes com essas frases:

James: Eu sinto muito, Tom, você pode lidar com Alastair?
Thomas: Claro! Com prazer!
James: Você é tão bom e paciente, é um príncipe entre os homens. Sinto muito que tenha que lidar com essa bagunça.
Alastair: Eu estou parado bem aqui.

Lealdades divididas são sempre interessantes: Thomas e Cordelia querem confiar em Alastair, e isso pode ser perigoso.

Uma coisa sobre crescer e ter mais amigos é que pode ser tão difícil quanto bom: você vê os pontos de vistas diferentes de outras pessoas, você aprende a apreciar pessoas diferentes, mas você também vai ter um período de querer que todos seus amigos se deem bem, e pensando que vocês tem que gostar das mesmas pessoas. Você tem amizades intensas que dão errado! Você trabalha maneiras diferentes de ser amigo! Os livros de “The Last Hours” são cheios, eu espero, de conflitos e corações quebrados e laços fortes, e a conexão de Thomas com Alastair é mais uma linha disso, junto com os relacionamentos de irmãos entre todos, e a forte amizade dos quatro garotos que vai ser testada de todos os jeitos.

Para saber tudo sobre “Ghosts of the Shadow Market”, clique AQUI.
Para saber tudo sobre “The Last Hours”, clique AQUI.

Para comprar “Cast Long Shadows”, que já a venda na Amazon por R$ 9,68 e você pode comprar clicando AQUI. Os contos foram publicados pela própria Cassandra e comprando pela Amazon, você pode ler em qualquer dispositivo (celular, notebook, tablet) baixando o aplicativo gratuito do kindle – para baixar, basta vir AQUI. O livro foi comprado pela Galera Record no Brasil, mas ainda não há data de publicação para a versão física e nem a publicação dos e-books em português.

Para comprar o próximo conto “Every Exquisite Thing”, que vai ser lançado dia 12 de junho e está em pré-venda na Amazon por R$ 11,86, é só clicar AQUI.

Fonte [x], [x], [x], [x]