Cassie tinha prometido algum tempo atrás uma cena extra em que mostraria o dia e a noite do casamento entre Will e Tessa, quando ela até mesmo postou um pequeno pedaço como trecho não identificado, que inclusive postamos AQUI no site. Confira agora a primeira parte da cena:

Eu decidi um tempo atrás escrever um pequeno conto do casamento de Will e Tessa. Se tornou meio que uma releitura de “A Bela Adormecida” e me levou um tempo (já como eu estou escrevendo… quatro… livros ao mesmo tempo), mas eu achei que podia compartilhar com vocês o inicio e postar o resto em prestações. Avisos para coisas bem românticas e não saber o quão cedo eu vou atualizar.

Parte um:

Hoje vai ser o dia mais feliz que vocês dois vão ter juntos.

Will Herondale sentou na janela de seu novo quarto e olhou para uma Londres congelada embaixo do céu do inverno. A neve cobria os topos das casas, seguindo assim na direção da faixa pálida do Tâmisa, dando a sensação de um conto de fadas.

Mesmo que naquele momento, Will não estivesse se sentindo muito amigável quanto aos contos de fadas.

Ele deveria estar feliz, ele sabia disso – afinal de contas, era o dia de casamento dele. E ele estava feliz, desde o momento em que ele acordou, mesmo tendo Henry, Gabriel e Gideon invadindo o quarto dele e incomodando ele com conselhos e brincadeiras enquanto ele se vestia, todo o caminho até o final da cerimonia. Foi lá que isso aconteceu. Era por isso que ele estava sentado em uma janela olhando para o inverno de Londres ao invés de estar lá embaixo perto da lareira beijando sua esposa. Sua nova esposa.
Tessa.

Tudo começou perfeitamente bem. Não era estritamente um casamento Shadowhunter, porque Tessa não era estritamente uma Shadowhunter. Mas Will decidiu vestir o uniforme de casamento de todo jeito, porque ele ia ser o chefe do Instituto de Londres, e seus filhos seriam Shadowhunters, e Tessa cuidaria do Instituto ao lado dele e seria parte de sua vida Shadowhunter e eles deviam começar do modo certo, na opinião dele.

Henry, manejando sua estela na cadeira de banho, ajudou Will com as runas de amor e sorte que ele decorou suas mãos e braços antes de colocar sua camisa e a jaqueta do uniforme. Gideon e Gabriel brincaram sobre o terrível negocio que Tessa estava entrando com Will e como eles adorariam tomar o lugar dele, mesmo que os irmãos Lightwood estivessem os dois noivos, e Henry estava felizmente casado e com um pequeno e barulhento filho, Charles Buford, que tomava muito do tempo e atenção de seus pais.

E Will sorriu e riu, e olhou no espelho para ter certeza que o cabelo dele não estava horrível e ele pensou em Jem e seu coração doeu.

(…)

CONTINUE LENDO, CLICANDO AQUI

Lembrando que cada vez que Cassie postar mais um pedaço, iremos atualizar na página onde a cena extra vai ficar, mesmo que façamos um novo para avisar quando ela postou!

Para ler todas as cenas deletadas e conteúdos extras dos livros, basta clicar AQUI.

Fonte [x]