Q&A: “Os Artifícios das Trevas”

Livros, Queen of Air and Darkness, The Dark Artifices

Cassie respondeu algumas perguntas em seu tumblr, todas falando sobre “Os Artificios das Trevas” e os personagens e o que pode acontecer em “Queen of Air and Darkness”. Confira:

Thedarkmarvels: Oi, Cassie! Nós vamos descobrir quem é a mãe de Kit em “Queen of Air and Darkness” ou vamos ter que esperar até “The Wicked Powers”?
Geniusherondale: Olá, Cassie. Você pode nos dar uma dica sobre a mãe de Kit?
uriecookie12: Oi, Cassie. 🙂 Eu realmente amo seus livros e me apaixonei por Ty e Kit. Nós vamos ver a mãe de Kit em QoAaD ou ela só vai aparecer em TWP? Muito amor.

Uma pergunta muito popular! Obviamente a identidade da mãe de Kit é um mistério agora e um bem significante. Kit só sabe a historia que o pai dele contou a ele, a qual não é verdade. Uma grande parte de detalhes desse mistério vai aparecer em Ghosts of the Shadow Market: nós vamos conhecer ela, como parte da busca de Jem e Tessa pelo Herondale Perdido. Se você não ler Ghosts, você vai ter a resposta da identidade da mãe de Kit em QoAaD e TWP.
É uma parte significante da historia de Kit, e parte da razão pela qual Jem e Tessa estavam tão interessados em encontrar ele.

history-maker-viktuuri: Olá, Cassie! Você pode nos falar mais sobre a dinâmica de amizade entre Ty e Kit em QoAaD? Eu mal posso esperar pra ler mais sobre eles.

Obviamente a dinâmica entre Kit e Ty vai ser significantemente afetada pela morte de Livvy. É uma experiência esmagadora para Ty, e o jeito que ele responde a isso vai afetar o futuro dele e seu relacionamento com Kit. Kit está desesperado para ter certeza que Ty está bem naquele momento, tanto que pode cegar ele para problemas a longo prazo.

Feyreismeiamfeyre: Oi, Cassie! Então, eu amo Julian demais, junto com muitos outros personagens, mas com ele, eu sinto algo mais em comum por ele ser praticamente um pai para seus irmãos mais novos e por tomar conta deles… Minha pergunta é: Julian vai ter algum momento feliz em QoAaD (ele realmente merece vários momentos)? Tipo um momento bem calmo e divertido, sem drama. Talvez um dia na praia ou um momento dele aproveitando seu sanduíche favorito com muito picles e maionese… Eu só quero ele feliz!

Em uma reviravolta, tem uma cena em que Julian come um sanduiche. MAS CONTEM O SANGUE DE TODOS INIMIGOS DELE.

Okay, não tem realmente. Mas tem alface.

Maggie Stiefvater tem um post bem interessante sobre momentos de tranquilidade para personagens, e porque nós queremos ver eles felizes e relaxados, porque é uma liberação de tensão, mas também como você compra esse relaxamento dentro da trama. Eu acho que é bem interessante como autores calibram a tensão e o nada cuidadosamente nos livros, já como muito de cada um arruína o ritmo. Ela chama essas cenas onde os personagens, digamos, comem um sanduíche de “cenas bolo de sorvete”, o que é engraçado de um jeito porque eu sempre chamei elas de cenas de cobertura – já como, cobertura de bolo é bom, mas um bolo feito apenas de cobertura é enjoativo. Então acho que posso dizer que, se você olhar nos meus livros, você pode ver que os personagens às vezes estão felizes e gracejando e fazendo coisas fofas em pequenos momentos entre grandes momentos, ou no final do livro, onde nós nos permitimos suspirar, se encostar bem e relaxar.

lilyherondale13: Oi, Cassie! Eu amo seu trabalho, você é uma ótima escritora! Posso perguntar algo? Você pode nos contar algo que nós não sabemos sobre Rayan Maduabuchi? Eu amei ele em “Senhor das Sombras”! Ps: Eu amo os Centuriões, mas apenas os legais, como Diego disse!

Obrigada! 🙂 Eu gosto do Rayan também – junto com Divya Joshi ele forma uma espécie de triangulo poderoso com Diego na Scholomance, nos termos de Centuriões que não são imbecis. Ele ajuda Diego a esconder Kieran e resgata Kieran de uma especifica e incomum tormenta armada pelo Cohort. Ele também corre léguas de Horace Dearborn…

alessandra-lightwood: Oi, Cassie! Eu estou muito ansiosa por QoAaD, e eu gostaria de saber se Jamie tem um papel maior nesse livro. E nós vamos conhecer outros Rosales, tipo a mãe da Cristina?

Talvez vocês conheçam a mãe da Cristina. 😉 Jaime tem um papel nesse livro, mas não tão grande – Diego tem um papel muito maior, porque Jaime é um dos personagens principais de TWP, então essa saga serve como uma introdução pra ele, não para contar a história dele. Essa é a hora de Cristina e Diego (como os Rosales) e a vez de Jaime é depois. Jaime é muito divertido, então eu estou bem animada para ver o lugar dele na dianteira.

helen-blackthorn: Oi, Cassie! Nós vamos ver Dru e Helen se conectando agora que ela voltou e Livvy se foi? Eu gostaria de ver laços de irmãs em TDA depois do que aconteceu em Senhor das Sombras!

Eu acho que é natural olhar para a situação de Dru (e de Helen) e pensar que elas duas acabaram de perder uma irmã, então tem outra que elas acabaram de recuperar e claramente elas estariam bem felizes. E elas estão, mas pessoas são mais complexas que isso. Dru se preocupa que Helen tenha ficado longe tanto tempo que elas não se entendam, e se ressente de Helen por estar fazendo as coisas que Julian faz, porque parece pra ela que ele está sendo substituído. Helen se preocupa que Dru não ame e aceite ela, e se preocupa porque ela não tem ideia de como lidar com crianças ou criar elas. Aline faz uma fritata. Não é como se elas não criassem um laço, mas é um caminho complicado!

Ailecstuff: Kieran está bem? Eles tomam conta dele na Scholomance? Estão alimentando ele bem?

Diego é quem toma conta de Kieran na Scholomance (junto com Divya e Rayan) e é tudo do ponto de vista dele. A experiência na Scholomance muda Kieran na forma que ele olha para o mundo, para os Shadowhunters e até para as próprias responsabilidades dele com o povo dele. Nesse meio tempo, ele incomoda Diego dormindo embaixo da cama dele, e Diego dá a ele suco, frutos, carne e qualquer coisa não processada. 😛

Carolinagain: Oi, Cassie. Eu absolutamente amo Kieran. Sua redenção, suas falhas, sua força, seu relacionamento com Cristina. Eu cometi alguns erros horríveis e ver personagens como Kieran que também cometeram, mas então ultrapassam isso é bem reconfortante e inspirador, de um jeito. Eu estou me perguntando se nós vamos ver mais de Kieran como um personagem, sendo ele mesmo. Não apenas o ex de Mark, mas como o príncipe exilado das fadas? Nós vimos pouco em “Dama da Meia-Noite” e eu amei isso demais. Obrigada por um maravilhoso e diverso mundo de personagens. Muito amor para você. <3 Eu fico feliz que você gostou de Kieran! Claro que os relacionamentos de Kieran com os outros personagens, incluindo Cristina e Mark, são bem significativos para ele – eles são uma grande parte de como ele mudou e superou seus erros. Todos os personagens são definidos em parte pelos relacionamentos com outros personagens, assim como o relacionamento de Emma e Julian é significante para eles, como o relacionamento de Emma com Malcolm a define, como o relacionamento de Julian com Ty muda ele, como o relacionamento de Mark com Kieran, Cristina e Julian o definem – nós todos somos uma rede conectada de amor, amizade, inimizade e perdão. Nenhum homem é uma ilha, etc. 😉

Dito isso, Kieran sendo um príncipe exilado, sempre foi significante, da habilidade dele de ganhar informações que puderam salvar Tavvy em “Dama da Meia-Noite”, a convocação de seu pai e encontrar com Adaon em “Senhor das Sombras”. É ainda mais significante em QoAaD, onde nós começamos a ver como a politica nas fadas está desfazendo e se criando de novo, e qual o papel de Kieran em tudo isso. Quem vai sentar no trono do reino Unseelie, se não for o Rei, nós sabemos que é uma grande parte do quebra cabeças de QoAaD, e Kieran é integral a isso – com Mark ou Cristina ou os dois ao lado dele. 😉

takemy-hxnd: Oi, Cassie. Eu queria saber se você pode nos falar mais sobre Helen e Aline em “The Eldest Curses” e “Os Artifícios das Trevas”. Obrigada.

Eu adoro o amor que existe por Helen e Aline! Helen e Aline estão de volta em QoAaD com um estrondo, e nós vamos ver como elas trabalham com a dinâmica já estabilizada no Instituto de Los Angeles. Todo mundo está feliz de ter elas de volta, mas também é uma estranha interrupção entrar na vida de alguém, mesmo que uma interrupção feliz. Aline está sempre apoiando a garota dela, e algumas vezes Helen realmente precisa.

E em TEC nós vemos Helen e Aline se apaixonando e antes delas ficarem juntas, elas estão se estranhando – Aline quer proteger Alec e Helen está investigando Magnus e Alec por crimes que eles podem ter cometido. Helen sente que ela precisa ser uma ótima Shadowhunter, para provar que o sangue de fada dela não faz ela ficar do lado dos membros do Submundo… E parte do porque ela quer isso, é porque ela não quer ser um obstáculo para nenhum dos irmãos e irmãs dela, que ela ama demais. Ela quer fazer seus pais orgulhosos dela, e honrar a memoria de Eleanor Blackthorn, a mãe humana que aceitou ela e Mark e criou eles como se fossem dela. Então a atração mutua de Helen e Aline é bem complicada. Particularmente porque Aline não se assumiu ainda.

Yourfavoritetumor: Nós vamos ver Jace e Clary em QoAaD, e se sim, nós vamos ver o ponto de vista deles?

Vocês vão ver eles. Ponto de vista é meio difícil, mas tem uma historia especial adicional sobre eles na primeira edição de QoAaD!

Fonte [x]

Assuntos