Nesse dia das bruxas, fizemos uma listinha pra vocês aproveitarem o clima e se assustarem bastante – mas calma, temos filmes, séries e livros mais leves e outros beeeem mais assustadores, seja com um filme de 2 horas pra terminar hoje mesmo, seja começar um livro bem arrepiante ou começar a ver uma série, vem com a gente pela lista conferir tudo e saber de dicas cavernosas pra aproveitar essa noite!

Filmes:

Jovens Bruxas
Estados Unidos – 1996

Uma jovem se muda de São Francisco para Los Angeles para começar uma nova vida. No colégio em que se matricula, ela acaba conhecendo três alunas que têm uma atividade um tanto quanto incomum: elas se dedicam ao ocultismo e à magia. E isso não é um segredo, tanto que elas até mesmo têm a fama de bruxas entre os colegas. O problema é que, quando as quatro garotas fazem amizade e começam a praticar magia juntas, acabam desencadeando um poder que foge do controle e gera consequências avassaladoras.

Virna: Sinceramente, se você não viu esse filme até hoje, o que você está fazendo da sua vida? Repense seus conceitos enquanto vai assistir esse clássico da bruxaria com a mensagem do “CUIDADO COM O QUE VOCÊ DESEJA” bem grandão.

Julia: Jovens Bruxas é um filme que eu encaixaria muito fácil na categoria de “clássicos de bruxas”, é um filme MUITO, MUITO bom mesmo, um dos melhores que eu vi sobre o assunto e que, realmente como a Virna falou, vem com um aviso gigantesco para se ter cuidado com o que deseja (principalmente aos outros).

O Pacto
Estados Unidos – 2006

No século 17, cinco famílias com poderes sobrenaturais fazem um pacto de silêncio. Eventualmente, uma família querendo todo o poder é banida. Os descendentes daquelas quatro famílias são herdeiros de um tremendo poder. Conhecido como os Filhos de Ipswich, os meninos atendem à academia de elite Spencer. Quando um aluno é encontrado morto após uma festa, segredos ameaçam quebrar o pacto que tem protegido as famílias dos meninos ao longo dos séculos.

Virna: Olha outro filme clássico de bruxaria, mas, nesse caso, são os meninos que são. E ah, tem o bônus do Sebastian Stan em seu inicio de carreira. Corre pra ver!

Julia: Eu gosto desse filme porque me atrai muito a ideia dessas coisas de covens em famílias, poderes herdados, é tudo muito fascinante pra mim. E, assim como Sebastian Stan, não podemos esquecer também que vemos nesse filme Chace Crawford antes dele se tornar Nate Archibald em Gossip Girl!

O Exorcismo de Emily Rose
Estados Unidos – 2005

O reverendo Moore é processado por homicídio culposo de uma menina que pensavam estar possuída por demônios. O promotor público Ethan Thomas afirma que a jovem mulher, Emily, sofria de esquizofrenia e deveria ter sido clinicamente diagnosticada. Enquanto isso, a advogada de defesa Erin Bruner argumenta que a condição de Emily não pode ser explicada somente pela ciência.

Virna: Só aconselho ver esse daqui acompanhada ou se você for muito, muito descrente de tudo. Pra valer. É baseado em um caso real e as cenas são fortes e gráficas.

Julia: O que mais me pega nesse filme é ele ser baseado em fatos reais. Já me faz ficar com um arrepio no corpo só de pensar que aquilo realmente aconteceu na vida real.

Veronica
Espanha – 2017

Jovem tenta, sem sucesso, entrar em contato com seu pai falecido. Depois de jogar Ouija com seus amigos, ela passa a ser assediada por terríveis presenças sobrenaturais que ameaçam toda sua família.

Virna: Filme espanhol Original Netflix, bem ali pra você assistir. E morrer de medo, porque é baseado em uma história real que é capaz de te fazer chorar de medo. Pra valer, a dica está aqui, mas esse daqui é só pra quem tem REALMENTE coragem.

Julia: Mais uma vez o que me mete medo de verdade nesse caso é a história real por trás do filme de terror. Veronica é um filme muito bom e com muitos, muitos sustos.

Abracadabra
Estados Unidos – 1993

Após se mudar para Salem, Massachusetts, o adolescente Max Dennison explora uma casa abandonada com sua irmã Dani e sua nova amiga Allison. Depois de não acreditar em uma história que Allison conta, Max acidentalmente liberta um grupo de bruxas más que morava na casa. Agora, com a ajuda de um gato mágico, as crianças devem roubar o livro de magias das bruxas para impedi-las de se tornarem imortais.

Virna: CLÁSSICO! Como assim existe alguém no mundo que não viu esse filme da Disney que embalou o dia das bruxas da TV globo por anos a fio? Nota 10/10 e se prepare pra ficar cantando a música por semanas a fio.

Julia: Mas é claro que uma lista sobre coisas para o Halloween teria que ter o clássico dos clássicos do Halloween! Não importa quantas vezes eu já tenha visto esse filme, eu sempre quero ver ele de novo e de novo e de novo.

Seriados:

Buffy
Estados Unidos – 1997-2003

Buffy Summers (Sarah Michelle Gellar), uma adolescente de 15 anos, descobre logo cedo que não é uma garota comum. Ela é uma Caça-Vampiros, uma das escolhidas para lutar contra o mal e proteger o mundo de monstros. Com os amigos Willow (Alyson Hannigan) e Xander (Nicholas Brendon), e seu Guardião Giles (Anthony Head), ela vai enfrentar os perigos dos vampiros e demônios enquanto tenta sobreviver ao Ensino Médio.

Virna: Buffy é o tipo de série que teve impacto real e grande sobre toda uma geração: Trouxe a 1º personagem central feminina que era a chave para salvar o mundo, poderosa, mas, ainda assim, uma adolescente com todos os dramas e problemas (muito de Buffy se passa justamente em uma metáfora para tudo que passamos na adolescência). Tem um dos mais lindos relacionamentos lésbicos de todas as séries de todos os tempos, tudo recheado com MUITA, MUITA, mas MUITA (em caps) dor. Se você embarca em Buffy, você embarca pela história e pelos personagens, se entregando de um jeito que você nem imaginava que era capaz. E ah, Buffy influencia basicamente tudo que você pode imaginar: livros, filmes e série (The Vampire Diaries estou olhando pra você) de uma forma bastante intensa, até os dias atuais, então… só assistam. Tem 7 temporadas e a 1º pode parecer “velha” (e é), mas tudo melhora. Prometo. E a 2º temporada ainda é a melhor temporada de todos os tempos de todas as séries já produzidas.

Julia: Buffy… Como posso começar a explicar Buffy? Eu não tenho palavras. Buffy é definitivamente uma das melhores séries da vida, é impossível assistir e não gostar, de verdade. A maior tristeza em Buffy, é ela ter acabado, apenas isso, porque ela inteirinha é maravilhosa.

A Maldição da Residência Hill
Estados Unidos – 2018-?

Shirley (Elizabeth Reaser/Lulu Wilson), Theo (Kate Siegel/Mckenna Grace), Nell (Victoria Pedretti/Violet McGraw), Luke (Oliver Jackson-Cohen/Julian Hilliard) e Steven (Michiel Huisman/Paxton Singleton) são cinco irmãos que cresceram na mansão Hill, a casa mal-assombrada mais famosa dos Estados Unidos. Agora adultos, eles retornam ao antigo lar e são forçados a confrontar os fantasmas do passado, após o suicídio da irmã mais nova.

Virna: Me surpreendi bastante com o seriado e me apeguei bastante aos personagens, algo que é difícil com a temática terror/assombrações.

Julia: A Maldição da Residencia Hill é uma série que funcionou muito pra mim pela forma do desenvolvimento dos personagens, eu achei isso muito mais presente do que o terror em si. Mas eu falei mais sobre isso na minha resenha da série, que vocês podem ver AQUI.

Hemlock Grove
Estados Unidos – 2013-2015

Hemlock Grove é um conto de mistério, assassinato e monstros que se passa em uma cidade da Pennsylvania. A série começa quando o corpo de uma jovem é encontrado em um velho moinho. Alguns moradores suspeitam de alguém que escapou da Torre Branca. Outros acreditam que o assassino pode ser Peter (Landon Liboiron), um adolescente de 17 anos que diz a seus colegas que é um lobisomem. Ou poderia ser Roman (Bill Skarsgard), um arrogante cheio de problemas. Enquanto o crime continua sem solução, os rumores se acumulam, e Peter e Roman decidem encontrar o assassino eles mesmos, confrontando as verdades indizíveis sobre eles mesmos e sobre Hemlock Grove.

Virna: Tem lobisomem. Tem monstros. Tem Demônios. Tem Vampiros. Tem muito sangue. Tem cena sexy. Tem só 3 temporadas e na Netflix, então corre pra ver e aproveitar pra maratonar o começo!

O Mundo Sombrio de Sabrina
Estados Unidos – 2018-?

A série imagina a origem e as aventuras de Sabrina como uma história sombria de amadurecimento que trafega entre o terror, o oculto e a bruxaria. A adaptação traz Sabrina lutando para reconciliar a sua natureza dualista — meio-bruxa, meio-mortal — enquanto enfrenta as forças do mal que ameaçam a ela, sua família e os humanos que habitam o mundo na luz do dia.

Virna: Tomei um susto quando comecei a assistir porque não lembra em nada a série Sabrina que conhecemos. Tive alguns problemas com me conectar com a história porque achei que ela não foi totalmente nem pro terror, nem ficou na sátira, mas todo empoderamento feminino e luta feminina me conquistaram.

Julia: Assim como a Virna, o que eu mais gostei foi o empoderamento feminino, porque eu gosto bastante de coisas assim. Mas esperava gostar bem mais do que gostei, pra ser sincera.

Scream
Estados Unidos – 2015-?

Depois de um incidente de cyber-bullying resultar em um assassinato brutal, a violência reacende a memória de uma série de assassinatos que ocorreram no passado em Lakewood, que intrigaram alguns e talvez tenham inspirado um novo serial killer. Um grupo de adolescentes, com dois velhos amigos tentando se reconectarem, se tornam amantes, inimigos, suspeitos, alvos e vítimas de um assassino que está à procura de sangue.

Virna: Sinceramente eu fiquei bem presa ao seriado e me apeguei bastante. Pena que está no limbo agora 🙁

Julia: Scream é uma das maiores tristezas da minha vida porque eu amei tanto, tanto, tanto a primeira e a segunda temporada e daí por pouco foi renovada para a terceira e então disseram que teria mudança no elenco e agora estamos aí, sem novidade nenhuma mais depois da estreia ter sido adiada. Mas vale muito a pena assistir a primeira e a segunda temporada ainda assim!

Menção honrosa:

Castle Rock
Estados Unidos – 2018-?

Castle Rock é uma cidade fictícia localizada em Maine, nos Estados Unidos. Lá, passado e presente se cruzam através das histórias de terror que não só se ouve falar, como é vivida e sentida por seus moradores. Nesta estranha cidade, todo o universo de Stephen King se encontra.

Virna: Bill Skargard dá um show nesse seriado que mistura e traz diversas referencias aos livros de Stephen King. É uma série que tem a vibe dos livros do autor: terror misturado com respostas não-convencionais e que te fazem se questionar bastante aonde que tudo vai terminar, mas, no final, todas as peças se encaixam.

Julia: Essa série é uma daquelas séries em que você assiste cada vez mais porque fica cada segundo mais curiosx para saber o que está acontecendo e quando chega no fim, você percebe que o tempo todo estava na sua cara, mas você não tinha notado.

Livros:

Graça e Maldição
Laura Eve, Galera Record (2017)

Como todos os outros na pequena cidade, River é obcecada pelos Grace. Fenrin, Thalia e Summer Grace são carismáticos, charmosos e ricos ― e há boatos de que sua influência se estende aos mais altos degraus da política mundial. Se você não ama um deles, quer ser exatamente como um deles. Especialmente River, a nova aluna da escola local… Que de repente é acolhida pela família que todos reverenciam e temem em igual medida. Ela é diferente. Mas o que os Grace não sabem é que a garota não está na cidade por acaso; ela sabe exatamente o que está fazendo. Ou não?

Julia: Graça e Maldição é um livro daquele tipo de livro que parece o mais clichê possível e quando tudo vai acontecendo e passando, você para e pensa: opa, não é bem assim. Eu fiz uma resenha dele que vocês podem ler AQUI.

Um Sombra ardente e brilhante
Jessica Cluess, Galera Record (2017)

Henrietta Howel tem o poder de explodir em chamas. Quando é obrigada a expor suas habilidades ela tem certeza de que será executada. Apenas os feiticeiros podem usar magia, e nenhum deles é mulher. Ela se surpreende quando não só é poupada da guilhotina, mas também nomeada a primeira feiticeira em séculos. Ela é a garota profetizada, aquela que derrotará os Ancestrais – seres sanguinários que aterrorizam a humanidade. Henrietta então passa a treinar dia e noite com um grupo de feiticeiros ansiosos para testar as habilidades – e o coração – da garota da profecia. Mas será que Henrietta é mesmo a garota da profecia?

Virna: Esse livro não é de terror, mas fala sobre bruxas, então pra quem tem um pouquinho de medo a mais, tá aqui pra vocês uma dica de um livro com uma mitologia maravilhosa (e muito pouco reconhecido aqui no Brasil, merecia ser mais falado!) que se passa na Inglaterra, na Era Vitoriana, Henrietta Howel pode ser a escolhida de uma antiga profecia – mas talvez a trama não seja exatamente o que ela pensa. Ou o leitor. A trilogia foi encerada esse mês lá fora e as notas estão altíssimas! Aqui no Brasil já foram publicados os livros 1 e 2 (e o livro 1 está baratinho na Amazon: clique AQUI).

Homem de Giz
C. J. Tudor, Intrínseca (2018)

Em 1986, Eddie e os amigos passam a maior parte dos dias andando de bicicleta pela pacata vizinhança em busca de aventuras. Os desenhos a giz são seu código secreto: homenzinhos rabiscados no asfalto; mensagens que só eles entendem. Mas um desenho misterioso leva o grupo de crianças até um corpo desmembrado e espalhado em um bosque. Depois disso, nada mais é como antes.
Em 2016, Eddie se esforça para superar o passado, até que um dia ele e os amigos de infância recebem um mesmo aviso: o desenho de um homem de giz enforcado. Quando um dos amigos aparece morto, Eddie tem certeza de que precisa descobrir o que de fato aconteceu trinta anos atrás.
Alternando habilidosamente entre presente e passado, O Homem de Giz traz o melhor do suspense: personagens maravilhosamente construídos, mistérios de prender o fôlego e reviravoltas que vão impressionar até os leitores mais escaldados.

Virna: Acho que meu livro temático favorito dessa lista, justamente pelo clima tenso e pelo final, que eu não esperava mesmo. O autor claramente se inspirou em Stephen King e por diversas passagens me lembrei de “It”, mas não chega a ser algo tão mirabolante quando a trama de King – aqui o monstro é bem, bem real. Mesmo.

A Incendiária
Stephen King, Suma (2018)

No livro, Andy e Vicky eram apenas universitários precisando de uma grana extra quando se voluntariaram para um experimento científico comandado por uma organização governamental clandestina conhecida como “a Oficina”. As consequências foram o surgimento de estranhos poderes psíquicos ― que assumiram efeitos ainda mais perigosos quando os dois se apaixonaram e tiveram uma filha.
Desde pequena, Charlie demonstra ter herdado um poder absoluto e incontrolável. Pirocinética, a garota é capaz de criar fogo com a mente. Agora o governo está à caça da garotinha, tentando capturá-la e utilizar seu poder como arma militar. Impotentes e cada vez mais acuados, pai e filha percorrem o país em uma fuga desesperada, e percebem que o poder de Charlie pode ser sua única chance de escapar.

Virna: Meu livro favorito do Stephen King é justamente o menos aterrorizante e mais voltado para seres com super poderes, porque é Halloween, mas a gente ama poderes, né? Indico pra quem tem vontade de ler o mostre do terror e tem medo de se assustar demais com suas obras. Já resenhei ele e para ler, basta vir AQUI.

Hex
Thomas Olde Heuvelt, Darkside (2018)

Um jovem escritor vive em uma pacata cidade da Holanda, cercado por uma densa floresta. Os caminhos que ele precisa percorrer entre as folhas, moinhos e lagos o inspiraram a criar uma história macabra que, com sua originalidade e solidez, conseguiu tocar os corações assombrados dos mestres Stephen King, Joe Hill e George R.R. Martin. O terror holandês chega ao Brasil com Thomas Olde Heuvelt. Toda cidade pequena tem segredos. Mas nenhuma delas é como Black Spring, o pacato vilarejo que esconde uma bruxa de verdade do resto do mundo. Os moradores sabem que não se deve mexer com ela. Assim como aconteceu com as bruxas de Salem, Katherine Van Wyler foi condenada à fogueira. Mas a feiticeira sobreviveu e continua rondando a cidade, mais de trezentos anos depois. Com costuras em seus olhos e correntes nos braços, Katherine aparece nos lugares mais improváveis quando bem entende, sussurrando a morte para quem chega perto o suficiente para ouvir. Assim como a Morte Vermelha, de Edgar Allan Poe, ela enfeitiçou a alma da cidade de forma que escapar não é uma opção: quem se afasta demais tem a mente invadida por pensamentos suicidas, e muitos não retornam para contar a história. Os habitantes de Black Spring controlam os passos da bruxa 24 horas por dia através de um aplicativo de celular desenvolvido especialmente para garantir que a bruxa não seja revelada para os Forasteiros. A vigilância constante aumenta o clima de paranoia na cidade, enquanto um grupo de adolescentes desafia as regras e resolve provocar a bruxa para ver se ela é tão perigosa quanto dizem.

Julia: No momento que eu comecei a ler Hex, eu notei que a cidade de Blackspring é um personagem tão importante pro livro quanto a própria bruxa, Katherine Van Wyler. Eu amei esse livro demais, do inicio ao fim e o final me deixou completamente sem palavras. Eu fiz um resenha desse livro que vocês podem ler AQUI.

Menção honrosa:

Coração Satânico
William Hjortsberg, Darkside (2017)

Coração Satânico se passa em Nova York, em 1959. Harry Angel é um detetive particular contratado para encontrar Johnny Favorite, um músico famoso que desaparecera após a Segunda Guerra Mundial. Psicologicamente transtornado com os campos de batalha, Johnny retornaria aos Estados Unidos em estado catatônico. Dias depois, ele some do hospital de veteranos, sem deixar rastros. O caso leva Harry Angel a se envolver com seguidores de magia negra, assassinos e um cliente que não ousa perdoar velhas dívidas. A história seria consagrada mais uma vez em 1987, quando Coração Satânico ganhou uma adaptação cinematográfica dirigida por Alan Parker, com Mickey Rourke e Robert De Niro nos papéis principais. Coração Satânico se passa em Nova York, em 1959. Harry Angel é um detetive particular contratado para encontrar Johnny Favorite, um músico famoso que desaparecera após a Segunda Guerra Mundial. Psicologicamente transtornado com os campos de batalha, Johnny retornaria aos Estados Unidos em estado catatônico. Dias depois, ele some do hospital de veteranos, sem deixar rastros. O caso leva Harry Angel a se envolver com seguidores de magia negra, assassinos e um cliente que não ousa perdoar velhas dívidas. A história seria consagrada mais uma vez em 1987, quando Coração Satânico ganhou uma adaptação cinematográfica dirigida por Alan Parker, com Mickey Rourke e Robert De Niro nos papéis principais.

Virna: Aqui são duas dicas em uma: O filme é bom e o livro é maravilhoso. Não tem erro em você assistir o filme (se você não se importar em assistir um filme de 1987 e que envelheceu tanto em atuações quanto em ambientação e direção) ou ler o livro. Tem cenas gore, tem muito sangue, tem incesto, tem cena de sexo desnecessária no filme, tem clímax maravilhoso: tá tudo no pacote e eu e a Ju já resenhamos o livro e o filme AQUI.

Esperamos que vocês aproveitem alguma das dicas acima e que venham comentar com a gente, seja em nosso twitter @idrisBR ou em nosso email [email protected]

Feliz Halloween pra todxs!