“Três Coisas Sobre Você”
Julie Buxbaum
Arqueiro – 2016 – 288 páginas

Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante…

“Três Coisas Sobre Você” é o típico romance jovem-adulto que você não vai conseguir parar de ler. Literalmente. Quero dizer, comecei em uma noite e na manhã do dia seguinte cheguei a me esconder no trabalho para conseguir terminar de ler. Porque eu simplesmente não conseguia parar.

Quando comecei o livro não tinha uma expectativa muito alta, pelo que li das primeiras páginas julguei que seria uma leitura mais infantil, e talvez em alguns aspectos seja, mas em outros não, esse livro realmente me surpreendeu de uma maneira maravilhosa.

Vamos lá: o livro gira em torno de Jessie, nossa personagem principal, e a história começa quando Jessie tem que se mudar de Chicago, onde viveu sua vida toda, para Los Angeles, abandonando seu colégio e sua melhor amiga, Scar. Em Los Angeles, Jessie vai viver com o pai, sua madrasta (Rachel) e seu “meio-irmão”, Theo. Além da mudança, Jessie tem que conviver com a morte recente da mãe, que morreu apenas dois anos atrás e deixou um vazio imensurável em seu peito.

Os desafios da mudança começam logo de cara, quando Jessie se encontra em um colégio particular novo e caríssimo onde todos são muito ricos, muito lindos e muito bronzeados e ser inteligente é ser descolado. Lá, nossa protagonista se sente sozinha, até que começa a receber e-mails anônimos de alguém que se intitula “Alguém Ninguém”. Essa pessoa se oferece para ser o guia de Jessie na escola nova e ajudá-la a sobreviver a selva que é o ensino médio. Conforme a troca de e-mails avança, entretanto, Jessie se vê envolvida por seu correspondente anônimo.

Ao mesmo tempo, na escola, Jessie é obrigada a fazer um trabalho em equipe com Ethan, um jovem de sua aula de literatura que veste a mesma camisa do Batman todos os dias e parece não querer interagir com ninguém ao seu redor, exceto ela (mas não de um jeito badboy, simplesmente de um jeito desinteressado). Ethan tem um passado tão difícil quanto o de Jessie, e toda a história e os motivos por trás do personagem mexeram muito com o meu emocional. Eu teria simplesmente AMADO se houvesse um ponto de vista dele na história.

“Ethan é Ethan é Ethan é Ethan”.

Contar além disso seria dar spoiler, o que eu não pretendo fazer, mas vamos dizer que a partir daí tudo se mistura e se entrelaça, e o resultado é uma narrativa em primeira pessoa absolutamente deliciosa de se ler. “Três Coisas Sobre Você” é recheado de poesia (várias referências a “Sacred Emily” de Gertrude Stein, que, aliás, li depois de terminar o livro e é realmente muito bom). Além disso, a autora parece ter uma habilidade extraordinária de falar sobre um assunto tão pesado como a morte, ainda mais de um parente tão próximo como a mãe, de uma maneira leve e limpa, mas que realmente nos faz sentir a dor da protagonista. Jessie sente falta de sua mãe absolutamente o tempo todo, e todas as referências em relação à ela que aparecem na história são emocionantes, principalmente a falta que ela sente de ter sua mãe ao seu lado, lhe aconselhando e simplesmente lhe dizendo o que fazer.

Sobre a personagem principal em si, entendi que Jessie é uma adolescente com diversas inseguranças em um ambiente novo e estranho, mas achei que ela poderia ter se imposto um pouco mais em alguns momentos, e por isso senti vontade de entrar no livro e gritar com ela algumas vezes. De qualquer maneira, não tem jeito de não se identificar com alguns dos pensamentos que ela tem, algumas de suas falhas e medos.

Ao longo da narrativa, o livro nos apresenta algumas opções (todas muito plausíveis) para a identidade de “Alguém Ninguém”, e devo dizer que apesar de não ter achado a revelação muito original e já ter adivinhado a identidade do correspondente de Jessie na metade da leitura (a autora dá dicas demais, ela podia ter aliviado um pouco nas dicas), simplesmente amei a revelação e saber quem Alguém Ninguém era não me fez ter menos vontade de ler o momento da descoberta, pelo contrário, fiquei extremamente ansiosa!!!

Não acredito que fui idiota de mandar uma mensagem enquanto etava bêbada. Preciso arrumar um bafômetro que bloqueie o telefone. Isso existe? Se não existir, vou inventar, esfacelar o setor e ganhar um trocilhão de dólares.

Os personagens secundários não deixam a desejar. A grande maioria deles é muito bem construída e contribui para tornar a história mais rica, leve e divertida. Meus preferidos, com certeza, são Alguém Ninguém (QUE SER HUMANO INCRÍVEL!!! EU ADORARIA TER UM PARA MIM), Ethan (tão fofo com seu jeito aéreo), Scar (a melhor amiga destemida de Jessie) e seu meio irmão Theo.

“Ethan está em outro lugar. Não como eu na maior parte do tempo – fora de mim mesma e olhando para dentro -, mas completamente fora de si. Reconheço essa expressão. Já me senti assim: permaneço fisicamente presente e reconhecível, mas depois, quando olho para trás, percebo que dias inteiros foram roubados. Um corpo sem alma. Na verdade, não é diferente da minha mãe: lá, em algum lugar – fisicamente localizável, enterrada -, mas nem um pouco lá. Ausente em todos os sentidos que importam.”

Para finalizar, só me resta dizer que é um livro ABSOLUTAMENTE FOFO. Não pode ser descrito de outra maneira. Cheio de poesia, sarcasmo, personagens inteligentes e engraçados e uma história que realmente nos prende e envolve. A única coisa que impede que ele seja perfeito, do meu ponto de vista, é o final curto, que realmente deixou a desejar no quesito desenvolver a história de certos personagens e dar um encerramento a eles. Tirando isso, não tenho nenhuma crítica a fazer. Me apaixonei pela história e tenho certeza que você vai se apaixonar também.

Para comprar o livro basta clicar na livraria:
Saraiva, por R$ 25,41 com o cupom LIVRO15.
Amazon, por R$ 22,89.
Submarino, por R$ 29,90.
Livraria Cultura, por R$ 39,90.