Em um universo paralelo, Kimberly (Emmy Rossum) e Dell (Justin Long) têm um encontro ao acaso enquanto estão assistindo a uma chuva de meteoros. Os dois viajam no tempo ao longo de seis anos de sua história de amor, revivendo uma relação apaixonada e complicada.

Se você gosta de romance se prepare: você está prestes a assistir um dos bons.
Eu Estava Justamente Pensando em Você (Comet), é um filme estreado em outubro de 2015, estrelando Justin Long (amo demais) e Emmy Rossum (nunca tinha ouvido falar até assistir o filme, mas adorei). É um pouco difícil falar desse filme sem dar spoilers, mas resolvi tentar porque acho que ele realmente vale a pena.
Como a própria sinopse diz, o filme conta a história de um casal que se conhece de uma maneira super inusitada durante uma chuva de meteoros, em um romance lindo e ácido. A partir desse momento, acompanhamos o casal, Dell (super sarcástico inseguro e esperto) e Kimberly (extremamente afiada e inteligente), ao longo de todo o seu relacionamento até o presente momento, passando pelas partes boas e ruins da vida deles. O filme supostamente se passa em um universo paralelo (mas isso é algo sobre o que você só vai poder opinar quando terminar de assistir) e vai nos dando o suficiente de histórias específicas do casal para que julguemos os lados de cada um e sejamos capazes de interpretar o final da história. Esse também é um daqueles filmes que te faz desejar desesperadamente que existisse um livro.

“Eu sinto como se estivesse no planeta errado. Porque eu não pertenço a um mundo onde nós não ficamos juntos no final. Não pertenço. Há universos paralelos onde isso não aconteceu. Onde eu estou com você e você está comigo. E qualquer que seja esse universo, é lá que meu coração vive.”

O apelo que o filme teve para mim, na verdade, é muito simples: ele retrata a realidade de relacionamentos atualmente, sem o “tudo-é-mágico-todo-o-tempo” e o “felizes para sempre” com os quais estamos acostumados em tantos filmes, séries e livros. O longa abrange relacionamentos de uma maneira muito crua e realista, mostrando todas as nuances que os casais podem vir a encontrar, e faz isso sem perder de forma alguma o encanto de um romance, nos deixando presos à tela até o último minuto de filme.

O relacionamento de Dell e Kimberly é absolutamente único e, ao mesmo tempo, extremamente parecido com muitos dos relacionamentos que vemos por aí. Lá nós vemos tudo: o início, o momento em que existe paixão, o momento em que ela se vai. Quando há confiança e quando é difícil confiar, a diferença entre um relacionamento novo e um de muitos anos, traições, falta de demonstração de afeto, etc. A dinâmica entre eles é mágica (e a química entre os atores também), e eu não consegui escolher nenhum preferido entre eles. Houveram momentos em que eu absolutamente amava e concordava com as atitudes de Dell, e momentos em que eu queria matá-lo. Com Kimberly aconteceu o mesmo.

O filme se foca basicamente nos dois personagens, e o único momento em que aparecem outros além do casal protagonista é no começo. Entretanto, apesar do que pode parecer, isso só torna a trama mais interessante. A maneira como o filme foi escrito realmente permite que consigamos enxergar os dois lados da história, e, como os momentos do relacionamento não aparecem em ordem cronológica, a história pode parecer um pouco confusa no começo, mas é fácil de juntar as peças do quebra-cabeças.

A grande sacada de quem escreveu o filme, na verdade, foi o final. Queria muito poder falar sobre, mas é impossível fazer isso sem dar spoilers. Posso dizer a quem for assistir: prestem MUITA ATENÇÃO na primeira cena do filme. Eu absolutamente detesto finais curtos, mas esse filme tem um final curto que é simplesmente incrível, e o diretor disse em uma entrevista que esse é um daqueles finais em que cabe ao telespectador interpretar o que teria acontecido quando o filme termina. A atuação dos atores é impecável. Os cenários e a fotografia também. Eu Estava Justamente Pensando Em Você me surpreendeu em todos os sentidos que se pode esperar, e só de falar sobre o filme já fico ansiosa para assisti-lo novamente.

“Eu nunca achei que o amor fosse real, agora não acho que a vida é real sem ele.”

Você pode assistir ao trailer legendado clicando aqui. Espero de todo o coração que você absolutamente ame esse filme tanto quanto eu, e que se assistir, volte aqui para compartilhar sua teoria sobre o final comigo!

Eu Estava Justamente Pensando Em Você está disponível na Netflix e no Telecine Play.