Lançamentos Gringos: Fevereiro/18

Blog, Livros

Como já falado no post do mês passado, vamos a mais um post com os principais lançamentos gringos do mês de Fevereiro que nos mais nos chamaram atenção.

Heart of Iron
de Ashley Poston
(27 de Fevereiro)

Anna, de dezessete anos, é uma malandra por criação e uma fora da lei por natureza. Encontrada como uma criança a caminho do espaço com um android inteligente chamado D09, Ana foi salva por um temível capitão do espaço e a equipe mal humorada que ela agora chama de família. Mas o D09 – um dos últimos metais ilegais remanescentes – estragou, e Ana não vai parar por nada para encontrar uma maneira de consertá-lo. O esforço desesperado de Ana para salvar o D09 a levou em uma missão para roubar as coordenadas de um navio perdido que poderia oferecer todas as respostas. Mas no último momento, um garoto mimado Ironblood derrota Ana na busca do prêmio. Ele tem suas próprias razões para pegar as coordenadas, e ele não se importa com o que ele vai sacrificar para conseguir. Quando tudo dá errado, ela e o Ironblood acabam como fugitivos na corrida. Agora, todo o seu reino está atrás deles – e das coordenadas – e nem todos os querem capturados vivos.

Raíssa: Primeiro motivo do livro me despertar interesse foi por saber que era da mesma autora de Geekerela, que é um dos livros que mais amei em 2017. A escrita da Ashely é super envolvente e não posso deixar de ter certeza que Heart of Iron não será diferente. O livro tem uma pegada distópica e envolve androids, ou seja, já necessito ler! E alow, piratas!

Immortal Reign (Falling Kingdoms #6)
de Morgan Rhodes
(6 de Fevereiro)

(Essa sinopse pode conter spoilers para quem não leu os livros anteriores)
Quando dois deuses elementares letais se juntam para destruir Mytica, inimigos de longa data devem se tornar aliados na luta final para salvar os reinos.
Jonas continua desafiando voluntariamente seu destino, mas as consequências de traçar seu próprio curso são drásticas. À medida que a luta por Mytica se agita, ele deve decidir o quanto mais ele está disposto a sacrificar.
Lucia sabe que há algo especial sobre sua filha e fará qualquer coisa para protegê-la, mesmo que isso signifique enfrentar Kyan sozinho.
Amara é chamada de volta para Kraeshia. Vovó Cortas tem seus próprios planos para o futuro de Mytica. Ela promete a Amara poder, vingança e o domínio em Mytica se ela concordar em fazer parte de seu esquema.
O amor de Magnus e Cleo será posto ao teste final. Magia negra está causando destruição generalizada em todo o reino. Inimigos estão avançando através do mar. E a agitação está se movendo por toda a terra. O amor deles é forte o suficiente para resistir às forças externas que os destroem?

Mari: A série Falling Kingdoms foi uma imensa surpresa para mim no ano de 2017. Uma série que sempre passou despercebida por mim por tanto anos, até eu embarcar nela e não conseguir largar enquanto não terminasse os 5 livros lançados. Immortal Reign é um dos livros mais esperados por mim para esse ano, é o livro que vai finalizar essa série YA violenta, surpreendente e, porque não, madura. Finalmente saberemos quais próximas mortes estão por vir (em Falling Kindoms ninguém tá salvo mesmo) e qual será o destino dos quatro protagonistas e do tão bem desenvolvido e conturbado romance de Magnus e Cleo. Mais alguém nessa ansiedade comigo?

Tempests and Slaughter (The Numair Chronicles #1)
de Tamora Pierce
(6 de Fevereiro)

Arram. Varice. Ozorne. No primeiro livro das Crônicas Numair, três jovens magos estão ligados pelo destino… Predestinados a problemas.

Arram Draper é um menino no caminho para se tornar um dos magos mais poderosos do reino. O estudante mais jovem da sua classe na Universidade Imperial de Carthak, ele tem um dom com potencial ilimitado de grandeza – e para atrair o perigo. Ao seu lado estão seus dois melhores amigos: Varice, uma garota inteligente com um talento muitas vezes esquecido, e Ozorne, o “príncipe restante” com ambições secretas. Juntos, esses três amigos forjam um vínculo que um dia moldará os reinos. E quando Ozorne se aproxima do trono e Varice se aproxima do coração de Arram, Arram começa a perceber que um dia em breve ele terá que decidir onde estão suas verdadeiras lealdades.

Nas Crônicas Numair, os leitores serão recompensados ​​com a história nunca antes contada de como Numair Salmalín chegou a Tortall. Os recém-chegados descobrirão uma aventura de fantasia inesquecível, onde o futuro de um reino repousa sobre os ombros de um jovem talentoso com uma habilidade para fazer inimigos viciosos.

Raíssa: Preciso total admitir que o principal motivo de eu ter me interessado por esse livro foi porque a autora, Sarah J. Maas, indicou. Porém, não me julguem, pois os melhores livros que já li, incluindo os da Cassandra Clare, foram porque autoras que gosto muito indicaram. O livro conta a história de três magos que lutam para encontrar seu próprio caminho e claramente, vão ter bastante problemas pela frente. Problemas, magia e romance, poderia não atrair atenção?

The Traitor’s Game (The Traitor’s Game #1)
de Jennifer A. Nielsen
(27 de Fevereiro)

Nada é o que parece no reino de Antora. Kestra Dallisor passou três anos em exílio no Campos de Lava, mas isso não impedirá que ela seja atraída de volta para a política do palácio de seu pai. Ele é a mão direita do cruel rei, Lorde Endrick, o que faz de Kestra uma valiosa moeda de troca. Um grupo de rebeldes sabe disso muito bem – e sequestram Kestra de sua carruagem enquanto ela relutantemente viaja para casa. Os sequestradores querem que ela recupere a Olden Blade, o único objeto que pode destruir o rei imortal, mas Kestra não é a refém obediente que eles esperavam. Simon, um de seus sequestradores, terá muito trabalho enquanto Kestra tenta frustrar seu plano, pela força, astúcia ou qualquer meio necessário. À medida que os propósitos mudam e os segredos emergem, ambos terão que decidir o que – e quem – é que eles estão lutando.

Mari: Há uns anos atrás li uma trilogia da Jennifer A Nielsen chamada “Trilogia do Reino”, ou O Falso Príncipe. E foi uma leitura tão maravilhosa, com uma narrativa que me surpreendeu bastante. Foram aqueles livros medievais que há guerras e personagens inteligentes manipulando e criando planos mirabolantes que te deixam roendo as unhas. Apesar de nem ao menos se passarem no mesmo “universo”, sinto que The Traitor’s Game terá a mesma vibe e estou preparada para investir nessa nova aventura da Jennifer.

When My Heart Joins the Thousand
de A.J. Steiger
(6 de Fevereiro)

Alvie Fitz não se encaixa, e ela não se importa. Passou anos engolindo medicamentos e maus conselhos de médicos e assistentes sociais. Ajustar, adaptar. Imagine ser normal. Parece tão fácil.
Se ela pode chegar a seu décimo oitavo aniversário sem nenhum contratempo grande, ela será legalmente emancipada. Livre. Mas se ela falhar, ela ficará sob a guarda do estado estado e será enviada de volta ao abrigo.
Tudo o que ela quer é ficar sozinha para passar o tempo com o amigo, Chance, o falcão de uma asa no zoológico onde ela trabalha. Ela pode passar seu tempo com ele até sua emancipação. Os seres humanos estão supervalorizados de qualquer maneira.
Então ela conhece Stanley, um menino que pode ser ainda mais estranho do que ela – um menino que caminha com uma bengala, que aparece todos os dias com uma nova ferida, cujo corpo parece tão frágil quanto o vidro. Sem sequer querer, ela se aproxima dele. Mas Alvie lembra o que aconteceu com a última pessoa com quem realmente se importava.
Seu passado a persegue a cada passo, e tem dentes afiados. Mas se ela pode encontrar a força para enfrentar o inimigo dentro dela, talvez ela tenha chance de felicidade depois de tudo.

Raíssa: Esse livro está sendo falado bastante pelos blogs gringos prometendo ser aquela leitura que vai nos fazer chorar, encher o coração de amor e nos marcar. Alvie é autista e assim como indiquei Atypical para vocês, não poderia deixar de falar desse livro. Há uns anos, autismo nem era falado tanto pela mídia ou livros e estou adorando que é um tema que está aparecendo mais e tenta uma inclusão maior. De qualquer forma, por mais que eu queira ler, estou com medo também pela maioria das resenhas terem falado que é um livro de cortar o coração.

E vocês, qual os livros que despertaram o interesse de vocês? Conta pra gente!

Assuntos